Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

15 records were found.

Esquizofrenia
A presente comunicação pretende evidenciar a necessidade de se criar um «Currículo Digital de 3ª Geração» para que inclua os idosos na sociedade da Informação e do Conhecimento. Para o efeito, serão apresentadas as principais iniciativas da União Europeia e de Portugal, em particular, relacionadas com a promoção da utilização das TIC pelos cidadãos mais idosos. Tendo em consideração o incremento do envelhecimento no seio da União Europeia e também a realidade de Portugal, torna-se urgente discutir e reflectir acerca de quais as medidas que se devem implementar para que os idosos deixem de ser um grupo de cidadãos info-excluídos. Neste sentido, a criação de condições para o envolvimento dos idosos na utilização de meios tecnológico/digitais deverão construir uma prioridade como forma de proporcionar um adequado envelhecimento activo.
This paper aims to promote a reflection and a discussion about the use of ICT (Information and Communication Technologies) by the elderly people because this group of citizens has the serious risk of being «e-Excluded». Some initiatives of the European Union and of Portugal are presented and explained to make clear the efforts that were done and some that are still being done to promote and allow the participation of elderly people in order in the use of ICT in their daily activities: «e-Inclusion». Because elderly people constitutes and heterogeneous group this paper tries to put in evidence some of the main barriers and constraints when elderly people use ICT. However the paper also aims to present some trends for the future that may overcome the present difficulties to promote an active ageing with the help and support of technologies/ICT.
A presente comunicação insere-se no âmbito de uma revisão de literatura que está a ser realizada numa investigação de Pós-Doutoramento relacionada com a importância das TIC para os cidadãos idosos com 65 e mais anos de idade. Neste momento, pretende-se despoletar uma discussão para que se encontrem pistas e propostas para que este grupo de cidadãos possam vir a ser, de facto, «info-incluidos». Para o efeito, apresenta-se uma contextualização da problemática que relaciona as TIC e os idosos passando-se, posteriormente, para uma reflexão crítica com propostas e sugestões que permitam que seja efectuada uma formação adequada para este grupo específico de cidadãos com 65 e mais anos de idade.
This paper discusses the importance of the info-exclusion/info-inclusion of elderly people. Recently several initiatives taken from the EU encourage the info-inclusion of all the European citizens in special women, unemployed, and the elderly people. A problem related to the participation of older people in learning activities is that learning is traditionally often designed for younger people’s learning needs and skills. As our societies become older, a shift needs to be made towards older audiences in older to integrate them with younger generations. But the problem is that educational solutions rarely address the interests and specific needs of older people. Our conviction is that ICT can help elderly people to improve quality of life, stay healthier and live independently for longer. Portugal also launched several initiatives regarding the info-inclusion but as like the other countries some obstacles must be overcome and some proposals for the future will be presented.
This paper aims to collect and discuss data about the role of ICT (Information and Communication Technologies) for the old people and active ageing. Because there is not known any kind of this research in Portugal about active ageing and ICT it is important to start with a literature review, present and reflect on the good examples and the recommendations gathered and published worldwide. The paper also aims to provoke within the Portuguese society a deep discussion towards the assumption of political decisions in order to include old people as a part of the «Knowledge Society». The Portuguese society is getting older so there is an obligation to provide conditions and policies for active ageing for the old people by the inclusion of ICT and/or Assistive Technologies.
This paper aims to reflect and discuss the main problems concerning the use of ICT (Information and Communication) and AT (Assistive Technologies) by old people. Some obstacles and constraints were identified as well as some proposals to overcome those difficulties the old people faced when they tried to use ICT/AT. Taking in account that Portugal is a country with a high rate of old people this paper also aims to become a reference for the implementation of policies towards the increased use of ICT/AT by the Portuguese old citizens. This paper it is only a part of the literature review of a post-doc project that will include old citizens (+65) from Lisbon and from Castelo Branco (a rural and middle town of Portugal) in order to research the literacy, the use, the obstacles and the positive opinions of this population.
O problema da infoexclusão tem que constituir uma preocupação que envolva t odos os cidadãos sem exceção. A presente comunicação tem como principal objetivo alertar para a necessidade de se desenvolverem medidas práticas para que os cidadãos mais idosos com 65 e mais anos de idade passem a constituir o grupo dos infoincluídos uma vez que os dados estatísticos os enquadram no grupo dos infoexcluídos. Para o efeito, serão apresentadas as principais iniciativas da União Europeia, assim como, as principais iniciativas nacionais para que este grupo de cidadãos possa desenvolver a litera cia e as competências digitais que lhes permitam utilizarem as Tecnologias/TIC no sentido de poderem incrementar a sua qualidade de vida.
As zonas rurais de Portugal, onde se situa o distrito de Castelo Branco, são zonas onde se evidenciam factores relacionados com a desertificação e com um progressivo envelhecimento da população que aí ainda reside. Como consequência da migração para as cidades, muitos dos serviços de apoio às populações rurais estão a ser extintos. Para qualquer cidadão a disponibilização e o acesso aos cuidados de saúde constituem uma prioridade para a manutenção da sua qualidade de vida, mas para os idosos esta questão é ainda mais prioritária. Neste momento está a ser iniciada uma investigação (revisão de literatura e recolha de dados), ao nível de um Pós-Doutoramento, com o objectivo de averiguar a importância e as principais potencialidades da e-Health para a população mais idosa numa zona rural de Portugal – Castelo Branco. Com esta investigação, após a averiguação e investigação do «estado da arte» pretende-se propor e operacionalizar um conjunto de medidas que promovam a e-Health junto da população idosa de Portugal para que esta possa promover um adequado envelhecimento activo. Para o efeito, serão apresentadas as principais iniciativas da União Europeia e de Portugal no âmbito da e-Health.
Este artigo relata um estudo sobre os efeitos dos exercícios físicos realizados de forma tradicional e com jogos digitais interativos na capacidade funcional dos idosos. O estudo incluiu a ingestão de Spirulina platensis, como um acessório de exercício físico. O estudo foi um ensaio clínico randomizado duplo cego, realizado em dois meses. A amostra foi composta por 20 mulheres e 15 homens idosos, divididos em três grupos: G1 (n= 12, 71,2 ± 7,5 anos) realizaram atividades físicas tradicionais, tais como levantamento de peso e de dança; G2 (n= 13,69 ± 5,8 anos) fez atividades interativas usando o Xbox Kinect (com o jogo ‘Body and Brain Connection’) e fez uso de Spirulina platensis; e G3 (n =10, 70,7 ± 4,8 anos) realizou as mesmas atividades interativas e usou um placebo. Os resultados mostram que as atividades físicas tradicionais e interativos melhorar três parâmetros de capacidade funcional, ou seja, a resistência aeróbia, agilidade e equilíbrio (p ≤ 0,05). No entanto, encontramos efeitos diferentes em dois parâmetros da capacidade funcional: não houve ganho de flexibilidade nos três grupos e havia apenas os ganhos em termos de velocidade do G1 e G2. A ingestão de Spirulina platensis em G2 pode estar aumentando a velocidade aeróbica. As conclusões gerais sugerem que atividades tradicionais e atividades físicas interativos são equivalentes na melhoria da capacidade funcional.