Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

15 records were found.

Neste trabalho descrevem-se as técnicas e metodologias vulgarmente utilizadas no planeamento de observações GPS.
Comunicação apresentada no Seminário Sistemas Informáticos no Ordenamento do Território e dos Recursos Naturais, que decorreu na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco m 3 de Julho de 1998.
Laboratório de SIG e CAD, Unidade Técnico Científica - Recursos Naturais e Desenvolvimento Sustentável.
Aplicação SIG em incêndios florestais - FIMT (fire incident mapping tool). Caso de estudo em Portugal.
A modelação e a padronização dos incêndios com recurso aos sistemas de informação geográfica, constituem uma ferramenta de apoio à decisão no planeamento e localização de acções de prevenção e supressão de incêndios. A metodologia utilizada assenta num estudo do histórico de incêndios, no diagnóstico de condicionantes na definição de soluções e identificação de oportunidades de supressão.
Comunicação apresentada no Congresso Ibérico de Fogos Florestais que decorreu de 17 a 19 de Dezembro de 2000, em Castelo Branco, na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico.
Os grandes incêndios florestais têm sido o fenómeno com mais impacte na perturbação dos espaços florestais. A modelação do comportamento e desenvolvimento espacial de uma frente de fogo contribui para melhorar as decisões de localização de infra-estruturas de apoio à supressão de incêndios florestais.
Portuguese forest area has a great expression being around 39%. Since the last centuries the Quercus suber L.(cork oak) areas have increased, reaching to 715 922 ha (23%) according to the last National forest inventory. Afforestation programmes financed by the European Union and the existing protection laws for the species are one of the main reasons for this increase. These efforts are important to promote for these stands a distribution by age class that ensure cork oak forest sustainability (only 14% of the existing even-aged stands are young stands with less than 10 years). In this study, the programme – Afforestation of Agricultural Land – in the region of Beira Interior Sul was analysed, to assess afforestation success during the period of 2001 to 2011.
Esta publicação reúne os resumos das comunicações apresentadas no IV Encontro de Sistemas de Informação Geográfica, sob a forma de comunicações orais e pósteres e inclui, ainda, o programa científico do encontro.
A publicação contém os resumos das comunicações e dos pósteres apresentados no III Encontro de Sistemas de Informação Geográfica.
Poster apresentado no II Encontro de Sistemas de Informação Geográfica que decorreu de 19 a 20 de Maio de 2011 na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
O Plano de Desenvolvimento Integrado do Município de Vila Velha de Ródão foi elaborado com o intuito de servir de suporte ao planeamento de acções de intervenção no território, conforme as indicações da Portaria n.º 1037/2009 de 11 de Setembro. Em territórios com as características biofísicas e socioeconómicas como as do Concelho em apreço, as orientações aceites para desenvolvimento e promoção da competitividade, passam por uma actuação conducente ao reforço da capacidade de competição do sector agrícola. Neste contexto, as infra-estruturas disponíveis assumem um papel crucial. Como tal, e com base no diagnóstico efectuado, as acessibilidades emergiram como área crítica a que urge atender no sentido de corrigir a situação. Por isso a proposta de intervenção que apresentamos é essencialmente focada na melhoria das acessibilidades às explorações agrícolas. Com esta infra-estruturação pretende-se potenciar a pequena e média empresarialidade agro-industrial, que constitui um sector preponderante na economia local, promovendo a sua modernização, diversificação e viabilização das actividades produtivas, com vista à melhoria do seu rendimento e prestação ambiental. Em função do diagnóstico formulado pela equipa técnica envolvida no estudo, com base em observação directa, auscultação de interlocutores de referência e análise de dados documentais e estatísticos, o desenho global da intervenção consubstancia-se num conjunto de beneficiações de caminhos que ao verificarem-se em muito potenciarão o desenvolvimento do território, assegurando as condições básicas necessárias à viabilização de investimentos relevantes do ponto de vista económico.
O Plano de Desenvolvimento Integrado do Município de Idanha-a-Nova foi elaborado com o intuito de servir de suporte ao planeamento de acções de intervenção no território, conforme as indicações da Portaria n.º 1037/2009 de 11 de Setembro. Em territórios com as características biofísicas e socioeconómicas como as do Concelho em apreço, as orientações aceites para desenvolvimento e promoção da competitividade, passam por uma actuação conducente ao reforço da capacidade de competição do sector agrícola. Neste contexto, as infra-estruturas disponíveis assumem um papel crucial. Como tal, e com base no diagnóstico efectuado, as acessibilidades emergiram como área crítica a que urge atender no sentido de corrigir a situação. Por isso a proposta de intervenção que apresentamos é essencialmente focada na melhoria das acessibilidades às explorações agrícolas, ampliação da rede eléctrica, construção de saneamento básico e de pontões. Com esta infra-estruturação pretende-se potenciar a pequena e média empresarialidade agroindustrial, que constitui um sector preponderante na economia local, promovendo a sua modernização, diversificação e viabilização das actividades produtivas, com vista à melhoria do seu rendimento e prestação ambiental.