Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

128 records were found.

Doença celíaca
Imobilidade
Saccharomyces boulardii
Gripe A(H1N1)
Amamentação
The present legislation concerning Professional Qualifications for Teaching (Law n.437, 2007) was created in the context of the Higher Education reorganization according to the Bologna Process. By situating the professional qualification of preschool teachers and primary school teachers at the second cycle level (Master’s), this law may contribute to reinforce the recognition of these actors‟ importance in the promotion of quality development, which is so necessary in the Portuguese society, and necessarily refers to the need of a demanding, qualitative initial teacher education. Having this context as background, the present communication intends to present and analyse some of the foundations of the curriculum organization for the Master’s Cycle in Pre-School and Primary School Education from the Castelo Branco School of Education, giving special attention to the integration of educational research methodologies in supervised teaching practice. Whereas the “voice” of the master’s is a fundamental tool for the analysis we want to achieve, we conclude with the presentation and analysis of results obtained with the administration of the experimental version of the questionnaire “Conceptions of Research Process and Teaching Practice” and the “Reflective Report” asked students in the final phase of the curricular component of the course.
Numerosas pesquisas têm demostrado que as concepções implícitas do professor influenciam a forma como ensina e as suas opções metodológicas, interagindo de uma forma dinâmica com os contextos em que está envolvido. Tendo como base conceptual alguns dos pressupostos do “paradigma do pensamento do professor”, este artigo pretende reflectir sobre as condições e as estratégias de mudança conceptual, no âmbito da formação inicial de professores. A esse propósito apresentam-se os resultados de algumas investigações que, identificando alguns limites e dificuldades nos processos de mudança, apontam, de uma forma evidente, para uma relação dinâmica e, por vezes, conflitual, entre as concepções implícitas do professor sobre os processos de ensino-aprendizagem e os seus comportamentos pedagógicos.
Neste artigo reflectimos sobre os modelos de formação de professores, destacando os modelos construtivistas e desenvolvimentistas que consideramos mais adequados a uma formação que pretende responder aos desafios que se colocam ao actual desempenho profissional dos professores. Identificamos alguns dos factores que podem funcionar como inibidores num processo de formação assente nesses paradigmas, centrando a nossa análise nas concepções implícitas dos alunos/futuros professores sobre os processos de ensino e aprendizagem. Apresentam-se e analisam-se essas concepções num grupo de 135 sujeitos, alunos dos cursos de Educação de Infância e Professores do 1º ciclo em três Escolas Superiores de Educação da Região Centro, no início do seu processo de formação. Os resultados, obtidos a partir da aplicação do Questionário sobre Concepções Implícitas dos Professores Acerca de Factores e Processos de Ensino e Aprendizagem- Forma B, construído por Abreu (1998), evidenciam uma disponibilidade conceptual a processos de formação que concretizem estratégias metodológicas assentes em modelos construtivistas.
A formação de educadores e professores surge como um vector estratégico indispensável para operar mudanças de diversa natureza no domínio da educação e, por extensão, no domínio das concepções de profissão e de profissionalismo docente. O actual Regime Jurídico de Habilitação Profissional para a Docência (Decreto-Lei nº 43/2007) surgiu no contexto de reorganização do Ensino Superior ao Processo de Bolonha. Este documento, ao situar a formação profissional dos Educadores de Infância e dos Professores do 1º Ciclo do Ensino Básico ao nível do 2º Ciclo de Formação (Mestrado), pode contribuir para um reforço no reconhecimento da importância destes actores na promoção de um desenvolvimento de qualidade, tão necessário à sociedade portuguesa, mas remete, essencialmente, para a necessidade de uma formação inicial exigente e de qualidade. Outro aspecto a merecer destaque neste Decreto-Lei relaciona-se com a possibilidade do desempenho profissional se estender a dois ciclos de ensino. Esta maior abrangência, para além de tornar possível a mobilidade dos docentes entre os níveis e ciclos de ensino, permitirá, entre outros aspectos, o acompanhamento dos alunos pelos mesmos docentes por um período de tempo mais alargado, favorecendo uma dinâmica de articulação das aprendizagens entre os diferentes ciclos de ensino. Tendo como pano de fundo este contexto, a presente comunicação propõe-se apresentar e analisar alguns dos fundamentos que estiveram na base da organização curricular do Ciclo de Estudos de Mestrado em Educação Pré-Escolar e em 1º Ciclo do Ensino Básico na Escola Superior de Educação de Castelo Branco (ESECB), merecendo-nos uma análise mais detalhada a integração da componente de formação em investigação educacional na área de iniciação à prática profissional. Esta opção teve como objectivo primordial formar especialistas interventivos, conscientes do valor e das potencialidades da sua área de formação e com potencial para fundamentar as suas opções no contacto com a realidade pedagógica. Valoriza-se, deste modo, o desenvolvimento de projectos de intervenção numa linha de investigação-acção, no contexto da prática de ensino supervisionada.
Teachers and pre-school teachers’ education appears as a vital strategic issue to operate changes of different kinds in education and, consequently, on concepts about the profession and teachers’ professionalism. The present legislation concerning Professional Qualifications for Teaching (Law n.4372007) was created in the context of the Higher Education reorganization according to the Bologna Process. By situating the professional qualification of pre-school teachers and primary school teachers at the second cycle level (Master’s), this law may contribute to reinforce the recognition of these actors’ importance in the promotion of quality development, which is so necessary in the Portuguese society, and necessarily refers to the need of a demanding, qualitative initial teacher education. Another crucial aspect in this law relates to the possibility of extending teachers’ practice into two basic education cycles. Having this context as background, the present communication intends to present and analyse some of the foundations of the curriculum organization for the Master’s Cycle in Pre-School and Primary School Education from the Castelo Branco School of Education, giving special attention to the integration of educational research methodologies in supervised teaching practice. We conclude with the presentation and analysis of the results obtained in the experimental version of questionnaire “Concepções sobre Processos Investigativos e Prática Docente” (Concepts on Research Processes and Teaching Practice) to the master’ students.
Este texto pretende descrever/apresentar um estudo de caso realizado no âmbito do projecto Desenvolvendo a Qualidade em Parcerias (DQP) num Agrupamento de Escolas. Um Agrupamento de Escolas é uma unidade organizacional, dotada de órgãos próprios de administração e gestão, constituída por estabelecimentos de educação pré-escolar e de um ou mais níveis e ciclos de ensino, a partir de um projecto pedagógico comum (Decreto-Lei nº 115-A/98, de 4 de Maio). Este conceito organizacional, relativamente recente no contexto educativo português, visa dar resposta a dificuldades identificadas, pretendendo, nomeadamente: - Dar resposta a situações de isolamento de estabelecimentos educativos; - Racionalizar os recursos humanos e materiais no sector educativo; - Criar dinâmicas de comunicação e de aprendizagem entre crianças de diferentes idades e ciclos de ensino; - Permitir aos alunos uma passagem mais integrada pelos diferentes ciclos de ensino; - Desenvolver um sentido de comunidade educativa; - Desenvolver projectos educativos mais vastos e integrados; - Desenvolver processos de conhecimento e partilha entre os profissionais dos diferentes níveis de ensino. Apesar de não termos tido acesso a nenhuma avaliação que, de uma forma sistemática e rigorosa, permita aferir a concretização de alguns destes objectivos, muitos dos relatos dos profissionais de diferentes níveis de ensino têm identificado dificuldades e entraves. Considerando que a promoção da qualidade educativa depende, em grande medida, da concretização das finalidades acima enunciadas, será importante reflectir o papel que a implementação de um projecto de avaliação e de promoção da qualidade num estabelecimento de educação de infância integrado num agrupamento de escolas poderá assumir na sua dinâmica organizacional. Tendo como pano de fundo algumas destas ideias, centramos as nossas preocupações na análise da seguinte questão: - A implementação de um projecto de avaliação e desenvolvimento da qualidade com os pressupostos do DQP (em que o conceito de parceria se organiza como o núcleo do processo) num contexto de jardim-de-infância poderá contribuir para uma melhor compreensão dos objectivos da educação pré-escolar, permitindo dar uma maior visibilidade às experiências de aprendizagem desenvolvidas num nível de educação que ainda carece de afirmação junto da sociedade em geral e dos diferentes parceiros educativos. Num primeiro momento do presente texto faremos uma descrição do contexto e da organização do estabelecimento educativo em análise. Em seguida, apresentaremos uma análise das suas práticas educativas, identificando os aspectos que poderão contribuir para a promoção da qualidade das suas experiências de aprendizagem. As reflexões finais incidirão sobre as questões que se organizaram como motivadoras deste trabalho.
A complexidade do mundo actual desafia constantemente os construtos que definem a nossa identidade pessoal e profissional e enquanto educadores/professores vivemos, de uma forma premente, a insegurança e incerteza de um processo atravessado por sucessivas reformas, num desafio profissional cada vez mais exigente. Neste contexto torna-se urgente a definição de um quadro conceptual para a educação, capaz de compreender a complexidade e o dinamismo das relações entre o sujeito e o mundo e que contribuía para operacionalizar uma metodologia construtivista e relacional. Tendo como pano de fundo as intensas e complexas relações entre a psicologia e a educação enfatizamos a necessidade do construtivismo se organizar como um marco psicológico de referência para a análise e a planificação do acto educativo, em geral, e dos processos de ensino-aprendizagem, em particular. Após a clarificação do paradigma psicológico que, na perspectiva de vários autores, permitirá conceptualizar uma prática pedagógica mais integrada, promotora do desenvolvimento global dos indivíduos, identificamos alguns princípios que devem estar presentes na estruturação do acto pedagógico.
A presente comunicação tem como principal objectivo a apresentação e análise dos resultados obtidos a partir da administração do instrumento “Documento de Reflexão Auto-Avaliativa” a uma amostra de 112 alunos finalistas dos Cursos de Educação de Infância e de Professores do 1º Ciclo do Ensino Básico, em três Escolas Superiores de Educação do centro do país. A construção e aplicação deste instrumento ocorreu no contexto de uma investigação acção que pretendeu implementar um programa de formação inicial de educadores/professores que na sua componente de formação em Psicologia visou o desenvolvimento de três dimensões que consideramos fundamentais a um desempenho pessoal e profissional adequado e flexível, a saber: a) Concepções Implícitas sobre os Processos de Ensino e de Aprendizagem b) Epistemologias Pessoais c) Desenvolvimento do Ego Esse projecto de investigação teve como quadro teórico de referência teorias de desenvolvimento humano e cognitivo-motivacionais que convergem com concepções construtivistas, perspectivando a formação inicial como um contexto privilegiado de desenvolvimento humano e de (re)construção de concepções no sentido de uma melhor adequação à profissionalidade docente. No sentido de operacionalizar o objectivo da pesquisa concebemos um programa de formação psicológica de educadores/professores que foi implementado ao longo de quatro anos junto dos alunos matriculados nos Cursos de Educação de Infância e de Professores do 1º Ciclo do Ensino Básico, na Escola Superior de Educação (E.S.E.) de Castelo Branco, no ano lectivo de 1998 (ano em que se iniciaram as licenciaturas desses cursos). Esse grupo de alunos integrou o grupo experimental da pesquisa. Para avaliar com maior rigor a pertinência do programa de formação para as mudanças desenvolvimentais pretendidas, considerámos fundamental a constituição de dois grupos de controlo constituídos por indivíduos com algumas características comuns às do grupo experimental (alunos matriculados no mesmo ano e nos mesmos cursos, na E.S.E. de Portalegre e na E.S.E. de Coimbra). Todos os alunos envolvidos na pesquisa foram avaliados relativamente às dimensões consideradas, no início (pré-teste) e no final (pós-teste) do processo formativo. Para esse efeito foram utilizados instrumentos padronizados que se tinham revelado adequados na “medição” das variáveis em análise.
Having as a basis the theoretical reference of Positive Psychology, namely the concepts of “satisfaction with life” and “subjective happiness” the purpose of this paper is to contribute to an analysis of variables which are included in this line of research with a sample of students who are attending higher education. The aim is to investigate the relationship between the variables mentioned and the variable “locus of control” in a sample of students attending a course in Social Services (1st Training Cycle) and the masters courses (2nd Training Cycle) in Social Gerontology and Educational Social Intervention. The instruments used in this study are SWLS – Satisfaction with life scale (Pavot & Diener (1993); SHS – Subjective Happiness Scale (Lyubomirsky & Lepper (1999) and Locus of Control Scale (Levenson, 1974). According to the results obtained, it was possible to identify a positive correlation between the Internal Locus of Control and higher levels of Satisfaction with Life, however, the same type of correlation with the variable Subjective happiness was not identified. This last result places the question, which we believe to be worthy of a more in depth analysis on the distinction between the concepts “satisfaction with life” and “subjective happiness”.
A Perturbação do Espetro do Autismo (PEA) assenta num conjunto de teorias explicativas, apresentando-se como uma perturbação global do desenvolvimento. Caracteriza-se pela presença de um desenvolvimento atípico na interação social, através de um acentuado défice no uso de comportamentos não-verbais, défices ao nível da comunicação, dos comportamentos, dos interesses e das atividades, que apresentam restrições, repetições e estereotipias. As perturbações do espetro do autismo constituem uma síndroma e, por essa razão, os indivíduos com PEA podem evidenciar uma sintomatologia diversificada, associada a um diagnóstico de deficiência mental que pode ser moderada ou severa, daí apresentarem capacidades e funcionamentos distintos, pelo que se torna imperioso a realização de um diagnóstico diferenciado. De natureza qualitativa, a investigação realizada foi desenvolvida de forma a permitir uma melhor compreensão acerca da comunicação e da interação de uma criança autista, face à inclusão da mesma numa turma do ensino regular. A criança que integra o estudo frequenta o segundo ciclo do ensino básico, embora tenha um horário adaptado e repartido entre a frequência da sala de ensino estruturado e algumas áreas curriculares do segundo ciclo. Os dados foram obtidos a partir da realização de quatro momentos distintos de observação direta, onde foram preenchidas grelhas de observação e o registo do nível de envolvimento da criança, através da Escala de Envolvimento da criança e também a partir das entrevistas realizadas. Pudemos constatar que a comunicação da criança pode ser estabelecida através do recurso a sistemas alternativos de comunicação, que lhe permitiram expressar-se a vários níveis e em contextos diferenciados. Verificou-se que a criança estabeleceu interação nos diferentes espaços e locais de aprendizagem. Os dados analisados foram ao encontro da questão principal e objetivos definidos neste trabalho. A realização deste estudo vem reforçar a importância do contacto direto com a criança com PEA, de forma a permitir uma melhor compreensão e deteção das suas principais limitações, assegurando a sua inclusão, que será uma condição essencial para a operacionalização de uma prática pedagógica promotora de um desenvolvimento cognitivo e social.
Cuidados paliativos
A Perturbação do Espetro do Autismo (PEA) assenta num conjunto de teorias explicativas, apresentando-se como uma perturbação global do desenvolvimento. Caracteriza-se pela presença de um desenvolvimento atípico na interação social, através de um acentuado défice no uso de comportamentos não-verbais, défices ao nível da comunicação, dos comportamentos, dos interesses e das atividades, que apresentam restrições, repetições e estereotipias. As perturbações do espetro do autismo constituem uma síndroma e, por essa razão, os indivíduos com PEA podem evidenciar uma sintomatologia diversificada, associada a um diagnóstico de deficiência mental que pode ser moderada ou severa, daí apresentarem capacidades e funcionamentos distintos, pelo que se torna imperioso a realização de um diagnóstico diferenciado. De natureza qualitativa, a investigação realizada foi desenvolvida de forma a permitir uma melhor compreensão acerca da comunicação e da interação de uma criança autista, face à inclusão da mesma numa turma do ensino regular. A criança que integra o estudo frequenta o segundo ciclo do ensino básico, embora tenha um horário adaptado e repartido entre a frequência da sala de ensino estruturado e algumas áreas curriculares do segundo ciclo. Os dados foram obtidos a partir da realização de quatro momentos distintos de observação direta, onde foram preenchidas grelhas de observação e o registo do nível de envolvimento da criança, através da Escala de Envolvimento da criança e também a partir das entrevistas realizadas. Pudemos constatar que a comunicação da criança pode ser estabelecida através do recurso a sistemas alternativos de comunicação, que lhe permitiram expressar-se a vários níveis e em contextos diferenciados. Verificou-se que a criança estabeleceu interação nos diferentes espaços e locais de aprendizagem. Os dados analisados foram ao encontro da questão principal e objetivos definidos neste trabalho. A realização deste estudo vem reforçar a importância do contacto direto com a criança com PEA, de forma a permitir uma melhor compreensão e deteção das suas principais limitações, assegurando a sua inclusão, que será uma condição essencial para a operacionalização de uma prática pedagógica promotora de um desenvolvimento cognitivo e social.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.
Dissertação de Mestrado apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré- Escolar e 1º Ciclo do Ensino Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Intervenção Social Escolar.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Trabalho de Projeto apresentado a Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários a obtenção de grau de Mestre em Educação Especial - Domínio Cognitivo Motor.
Trabalho de Projecto apresentado a Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.
Dissertação apresentada a Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.
Relatório de estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Trabalho de Projeto apresentado ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do Grau de de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Identidade sexual
Resoluçäo de problemas
Sindroma de Down
Motivaçäo dos alunos
Dissertaçäo de Mestrado
Dissertação de Doutoramento em Psicologia, na especialidade de Psicologia Pedagógica, apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Dissertação de Doutoramento em Psicologia, na especialidade de Psicologia Pedagógica, apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
O presente artigo descreve e analisa um estudo realizado no contexto da prática pedagógica em educação pré-escolar e ensino do 1º ciclo do ensino básico e que teve como base metodológica os princípios da investigação-ação. A problemática subjacente à realização do estudo relaciona-se com a contributo dos mapas conceptuais na organização e aprofundamento das aprendizagens das crianças, pretendendo identificar as vantagens e os constrangimentos na utilização desta ferramenta cognitiva. As evidências obtidas apontam para a importância da utilização dos mapas conceptuais junto das crianças da amostra pois a sua utilização permitiu que clarificassem e organizassem os seus conhecimentos, desenvolvendo estratégias de representação/visualização da organização estrutural dos conceitos, quer a nível individual, quer em grupo de pares. Por sua vez, através da metodologia de investigação-ação e das técnicas de recolha de dados utilizadas foi possível aferir, com algum rigor, os resultados obtidos, permitindo a implementação de um ciclo de planificações e reflexões promotoras de ajustamentos na intervenção pedagógica. Destacamos, ainda, o facto de, fora do contexto das intervenções investigativas, as crianças terem tido a iniciativa de construir mapas conceptuais como um recurso de sistematização e consolidação da informação, indiciando a interiorização e a generalização da sua utilização a outros conteúdos e situações.
Este trabalho teve o apoio do Instituto de Psicologia Cognitiva, Desenvolvimento Vocacional e Social da Universidade de Coimbra, Unidade I&D financiada pela FCT.
Tese de Doutoramento em Psicologia, na especialidade de Psicologia Pedagógica, apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, sob a orientação científica do Professore Doutor Manuel Viegas Abreu. No final da Tese de Doutoramento foram incluídos os anexos (p. 440-554).
Emotional development in children with intellectual disability, in a comparative perspective with “normal” children is a study that has emerged as a need to deepen the knowledge on this area. It has focused in a case study methodology with the use of three validated instruments to a sample of twenty children attending the same school, with ages between eleven and fourteen years old, ten of which presented a mild intellectual disability and the other ten were “normal” children. The research has been developed in order to give answers to questions related with the way that children with intellectual disability express, identify and regulate their emotions. The results suggest that children with intellectual disability identify emotions, in a general way, the same way that “normal” children do, being more difficult, however, the identification of fear and shame. Regarding to the expression of emotions the study suggests that there are no significant differences between the two groups, although the group of mentally disabled children refuges itself more in fantasy and less in reality, when compared with “normal” children.
Do you feel what I feel? Emotional development in children with ID is a study that has emerged as a need to deepen the knowledge on this area. It has focused in a case study methodology with the use of three validated instruments to a sample of thirty-four children, twenty attending the 1st cycle and fourteen attending the 2nd, in two school groupings of Castelo Branco city. Seventeen of them have mild intellectual disability and seventeen are “normal”, aged between 8 and 14. The research has been developed in order to give answers to questions related with the way that children with intellectual disability (ID) express, identify and regulate their emotions. The results suggest that children with intellectual disability identify emotions, in a general way, the same way that “normal” children do, nevertheless, there are some difficulties in the understanding and organization of coping strategies.
Na qualidade de profissionais da área da psicologia educacional, temos identificado, ao longo da última década, uma progressiva insegurança e, por vezes, preocupante angústia na vivência e na assunção da função parental. Essa situação reflete-se na preocupação crescente manifestada por parte dos educadores de infância que lidam com crianças que revelam um comprometimento no desenvolvimento social e emocional. De acordo com este cenário, alguns profissionais da educação começaram a utilizar o conceito de indisciplina para traduzir os comportamentos desadequados de crianças entre os 3 e 5 anos, associando muitas vezes esse “rótulo” à utilização indiscriminada do diagnóstico de hiperatividade. No âmbito da intervenção do Centro de Aprendizagem e Desenvolvimento da Infância (CeADIn) da Escola Superior de Educação de Castelo Branco, propomo-nos implementar um programa de inspiração sistémica e ecológica junto de pais de crianças ditas normais e de crianças com necessidades educativas especiais, intitulado Assumir o Desafio de uma Parentalidade Positiva. De acordo com o enunciado, o estudo de caso que pretendemos realizar é norteado pelas seguintes questões de investigação: - A implementação de um programa de Educação Parental de natureza sistémica/ecológica promoverá competências parentais eficazes para o desenvolvimento socio-emocional dos filhos? - Haverá diferenças entre os resultados obtidos junto dos pais de crianças “normais” e os resultados obtidos junto de pais de crianças com NEE antes e após a implementação do programa?
Dissertação de Doutoramento em Psicologia, na especialidade de Psicologia Pedagógica, apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Ensino superior
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco, para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Trabalho de Projeto apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial domínio cognitivo e motor.
El objetivo de este artículo es presentar los resultados del análisis de un conjunto de libros de texto con la finalidad de averiguar si las imágenes en ellos contenidas promueven los principios de igualdad y equidad de género. La muestra tomada para el estudio se compone de un total de seis manuales del curso escolar 2010/2011, tres de Michoacán, México, y tres de Castelo Branco, Portugal, correspondientes a las asignaturas de ciencias, lengua y geografía. Se utilizaron estratégias metodológicas mixtas, debido a que el empleo de métodos de corte cuantitativo y de corte cualitativo nos ofrece la posibilidad de elaborar un análisis que, además de contrastar los datos obtenidos, profundiza sobre la temática abordada. Los resultados obtenidos indican que los y las adolescentes no disponen, en los manuales examinados, de referentes suficientes que les permitan romper/ deconstruir los estereotipos de género tradicionalmente atribuidos a uno y otro sexo. Tanto las ilustraciones como el contenido de las mismas muestran mayoritariamente a mujeres desempeñando papeles psicosociales relacionados con el cuidado de los otros/as, mientras que los hombres aparecen casi siempre realizando trabajos remunerados y de prestigio (científicos, gobernantes). En las conclusiones de este artículo se cuestiona la presencia del sexismo en los libros de texto, con la intención de incorporar la perspectiva de género a los manuales didácticos, lo que permitiría transmitir al alumnado patrones de comportamiento y modelos que se ajusten a una realidad social regida por la igualdad y la justicia.
El objetivo de este artículo es presentar los resultados del análisis de un conjunto de libros de texto con la finalidad de averiguar si las imágenes en ellos contenidas promueven los principios de igualdad y equidad de género. La muestra tomada para el estudio se compone de un total de seis manuales del curso escolar 2010/2011, tres de Michoacán, México, y tres de Castelo Branco, Portugal, correspondientes a las asignaturas de ciencias, lengua y geografía. Se utilizaron estratégias metodológicas mixtas, debido a que el empleo de métodos de corte cuantitativo y de corte cualitativo nos ofrece la posibilidad de elaborar un análisis que, además de contrastar los datos obtenidos, profundiza sobre la temática abordada. Los resultados obtenidos indican que los y las adolescentes no disponen, en los manuales examinados, de referentes suficientes que les permitan romper/ deconstruir los estereotipos de género tradicionalmente atribuidos a uno y otro sexo. Tanto las ilustraciones como el contenido de las mismas muestran mayoritariamente a mujeres desempeñando papeles psicosociales relacionados con el cuidado de los otros/as, mientras que los hombres aparecen casi siempre realizando trabajos remunerados y de prestigio (científicos, gobernantes). En las conclusiones de este artículo se cuestiona la presencia del sexismo en los libros de texto, con la intención de incorporar la perspectiva de género a los manuales didácticos, lo que permitiría transmitir al alumnado patrones de comportamiento y modelos que se ajusten a una realidad social regida por la igualdad y la justicia.
El concepto de espíritu emprendedor se entiende actualmente como una competencia transversal, fundamental para el desarrollo humano, social y económico. Sin embargo, tradicionalmente se há asociado solo a las áreas económicas y de negocios, a pesar de que venimos observando un cambio gradual en esta concepción. Así, en la última década, se ha producido un verdadero incremento en el papel de la educación para el desarrollo de las competencias relacionadas con el espíritu emprendedor, puesto que pueden y deben ser aprendidas y desarrolladas desde muy pronto. Este reconocimiento de la importancia de la educación en el desarrollo del espíritu emprendedor otorga una nueva responsabilidad a las instituciones educativas, en particular a la educación superior. Es precisamente sobre la educación del espíritu emprendedor en la educación superior que este artículo habla. El artículo presenta el ejemplo de dos centros (Centro de Aprendizaje y Desarrollo de la Infancia-CeADIn y el Centro de Ciencia, Tradición & Cultura-CT&C) de la misma institución de educación superior que, aunque con una estructura de organización, objetivos, estrategias y formas de trabajo diversas, tienen algunos puntos en común, como el hecho de que pretenden educar para el espíritu emprendedor tanto a niños, como a jóvenes y adultos, involucrando en este proceso a los alumnos de los cursos de formación del profesorado.
Dissertação apresentada ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Trabalho de Projeto apresentado ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial - domínio Cognitivo-Motor.
Dissertação apresentada ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Trabalho de Projeto apresentado ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial - domínio Cognitivo-Motor.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Intervenção Social Escolar.
Projeto do Ensino Artístico apresentado à Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ensino de Música.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Intervenção Social Escolar – Área de especialização em Crianças e jovens em risco.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ensino de Música - Instrumento e Música de Conjunto.