Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for cuidados and 4,472 records were found.

Cuidados de enfermagem
Cuidados de enfermagem
Cuidados de saúde
Qualidade cuidados de saúde
Cuidados de enfermagem
Cuidados de saúde primários
Cuidados de enfermagem
Cuidados de enfermagem
Cuidados de enfermagem
Sistema de cuidados
Cuidados de enfermagem
Cuidados de saúde primários
Cuidados de enfermagem
Cuidados de saúde primários
Cuidados de saúde
Cuidados de saúde
Cuidados de enfermagem
Cuidados de saúde primários
Níveis de cuidados
Cuidados de enfermagem
Prestador de cuidados
Cuidados intensivos pediátricos
Cuidados de saúde primários
Cuidados de saúde primários
Cuidados de saúde
Cuidados de saúde primários
Cuidados de enfermagem
Relatório de prática clínica apresentado à Escola Superior Dr. Lopes Dias do Instituto politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessário à obtenção do grau de mestre em Cuidados Paliativos
Os cuidados paliativos pretendem ajudar os doentes terminais a viver tão activamente quanto possível até à sua morte, através de uma abordagem multidisciplinar, incluindo as componentes física, psicológica, social, espiritual, etc., sendo o grande objectivo promover a qualidade de vida e aliviar o sofrimento. Este objectivo estende-se à actuação do psicólogo, porém a intervenção psicológica neste contexto não está claramente definido. Assim, o objectivo deste estudo é averiguar as competências do psicólogo, em cuidados paliativos, na intervenção tanto com o doente, como com a família. Para responder à questão de partida, realizou-se uma revisão sistemática da literatura, com um horizonte temporal entre 2005 e 2014. Como forma de seleccionar a informação importante foram definidos critérios de inclusão e exclusão assim como, descritores de pesquisa, complementando-se com o método PICOD, para a selecção dos artigos. Como resultados apuraram-se os seguintes: na intervenção psicológica com os doentes e os familiares (gestão de sintomas; questões espirituais, de significado e sentido da vida; psicopatologias; no processo de luto/de perda; ajuste de expectativas; resolução de problemas/preocupações); claudicação familiar. Concluiu-se então que existe benefício na existência de, pelo menos um psicólogo, na equipa de cuidados paliativos, as intervenções deverão seguir maioritariamente uma abordagem cognitivo- comportamentais e a necessidade de um investimento na formação dos psicólogos em cuidados paliativos.
Cuidados parentais
Cuidados paliativos
Cuidados paliativos
Cuidados de enfermagem
Cuidados de saúde primários