Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for diagnóstico and 627 records were found.

Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Enfermagem Veterinária apresentado na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Enfermagem Veterinária. Obteve a classificação de 17 valores.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso em Enfermagem Veterinária. Obteve a classificação de 15 valores.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Licenciado em Engenharia Biológica e Alimentar, do qual só está disponível o resumo.
Relatório do trabalho de fim de curso de Nutrição Humana e Qualidade Alimentar apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Engenharia das Ciências Agrárias – Ramo Agrícola.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Engenharia das Ciências Agrárias – Ramo Animal.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Engenharia das Ciências Agrárias – Ramo Animal.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Engenharia das Ciências Agrárias – Ramo Agrícola.
Relatório do trabalho de fim de curso de Enfermagem Veterinária apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Licenciado em Enfermagem Veterinária.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Licenciado em Enfermagem Veterinária.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Licenciado em Enfermagem Veterinária.
Trabalho de Projeto apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial domínio cognitivo e motor.
Dissertação apresentada à Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, para obtenção do Grau de Mestre em Ordenamento do Território e Planeamento Ambiental.
Abstract - The presented article presents the results of an investigation centered on a young bearer of special educational needs (SEN), which is institutionalized in a Portuguese institution with the diagnosis of Rett syndrome (RS). After characterization of the young and their respective contexts, we set off for an intervention based on a dynamic planning, action, evaluation and reflection, driving educational practices and differentiated inciters the use of Information and Communication Technologies (ICT) through the use of software Magickeyboard. With this action we intend to create a dynamic work based on technological innovation, which potentiates communication as an essential element in improving the quality of life of the young. The results achieved are indicators that the young along the workshops was expanding its communication level, so the software Magickeyboard proved a means of communication enlarger and promoter of this young woman in your daily routine.
A evolução da sociedade movida pela industrialização e mecanização das tarefas associado ao desenvolvimento tecnológico e ao fenómeno crescente da urbanização, provocou profundas alterações nos padrões de vida das sociedades contemporâneas, “empurrando-as” para uma brusca sedentarização, motivada pela diminuição das exigências físicas no trabalho manual, hábitos não activos de lazer (televisão, computador…), crescente trabalho intelectual, uso do automóvel e do elevador, entre muitos outros. As potencialidades de movimento de que está dotado o corpo humano viram-se desta forma reduzidas, fazendo despoletar um interesse crescente por parte de diferentes autores, pertencentes a diferentes quadrantes científicos e a vários países, procurando respostas que permitam contrariar os efeitos negativos provocados pelo sedentarismo crescente, valorizando as perspectivas biológicas e sociais da actividade física no desenvolvimento humano (Prista, 2000). As atitudes predominantemente sedentárias das populações adultas depressa se reflectiram no mundo das crianças, traduzindo-se aqui invariavelmente como um desvio à normalidade. Esta constatação fez com que a partir da década de 60, os investigadores se preocupassem com a actividade física durante a infância e adolescência. Desde então, muitos progressos tem havido, reflectindo-se este facto na literatura publicada e sua divulgação em diferentes eventos. Lima (1991) refere mesmo que a importância atribuída à actividade física durante a infância foi tal, que fez despertar um interesse especial a nível clínico, procurando servir como meio de diagnóstico, prevenção e terapêutica para diferentes doenças pediátricas. Nesta apresentação vamos fazer uma reflexão sobre a importância da actividade física nos estilos de vida das pessoas, e abordar a problemática do sedentarismo na infância e seus reflexos na qualidade de vida e saúde.
Objectivos: Avaliar o desenvolvimento cognitivo, a melhoria do desempenho físico e interacção em grupo e, o desenvolvimento comportamental e de comunicação, em indivíduos com distúrbios mentais submetidos a classes de estimulação. Metodologia: Antecedendo o início das sessões procedeu-se a uma avaliação inicial de 6 indivíduos adultos institucionalizados, com Deficiência Intelectual, de moderada a severa, recorrendo a três instrumentos de avaliação, incluindo o Mini Mental State (MMS), Teste de Desempenho Físico Modificado (TDFM) e o Protocolo de Observação Comportamental (PROC). Esta avaliação permitiu uma consciencialização das principais necessidades a suprir nas 20 classes de estimulação realizadas e foi posteriormente comparada com uma avaliação final. Resultados: A análise dos resultados revelou uma maior evolução no campo comportamental, com uma média de elevação na pontuação do PROC de 26,33, seguido de um aumento médio da pontuação do TDFM de 3,83 e de 2,83 no MMS. Discussão/Conclusões: As singularidades de cada indivíduo com transtornos do foro mental geram um desafio à sua intervenção em grupo, no entanto esta pode ser a resposta a um desenvolvimento do comportamento adaptativo e social. A nível cognitivo a evolução centrou-se na orientação, memória e nomeação. Os valores alcançados pelo TDFM referem-se, não ao alcance de novas capacidades físicas, mas à rapidez de execução das tarefas. Contudo, as melhorias mais significativas representaram-se principalmente na capacidade de comunicação e compreensão, reflectidas na interacção dos indivíduos em diferentes situações, com diferentes objectos e pessoas. Apesar da amostra deste estudo incluir um grupo restrito de indivíduos, a ênfase deve ser dada às necessidades e problemas encontrados na avaliação, e não ao diagnóstico. Desta forma, podemos pressupor que esta intervenção pode ser aplicada a indivíduos com características cognitivas, comportamentais, sociais e físicas semelhantes.
This work was performed under the Social Schools Intervention Master. It consists of a study on the relationship between the Protection of Children and Youth Committees and Schools. For this work a field study was necessary for a diagnosis proceeded on these two entities. The sample of this study has two local CPCJ and two groups and also technical in CPCJ and teachers. The aim is to identify if these two entities have common goals, if there is a team work and cooperation between the two. The project work aims to answer some more problematic situations that may be relevant to this joint work Children and youth at Risk; Disruptive Behaviors; Institutionalization.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Engenharia das Ciências Agrárias – Ramo Animal.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso em Design de Comunicação e Produção Audiovisual apresentado à Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Disponível na Biblioteca da ESACB na cota C30-19390TFCPF.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso em Enfermagem Veterinária apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Licenciado em Enfermagem Veterinária.
Relatório do trabalho de fim de curso de Enfermagem Veterinária apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Engenharia das Ciências Agrárias – Ramo Animal.
Disponível na Biblioteca da ESACB na cota C30-24845TFCRNA.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco e Faculdade da Universidade Técnica de Lisboa para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Design Gráfico.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco e Faculdade da Universidade Técnica de Lisboa para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Design Gráfico.
Dissertação apresentada ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.
Trabalho original apresentado à Universidade de Aveiro (Departamento de Didáctica e Tecnologia Educativa, para a obtenção do grau de Doutor em Didáctica.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Artes Aplicadas, do Instituto Politécnico de Castelo Branco, em associação com a Faculdade de Arquitectura, da Universidade Técnica de Lisboa para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Design Gráfico.
Dissertação apresentada à Universidade de Aveiro para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Doutor em Ciências Aplicadas ao Ambiente, realizada sob a orientação científica do Prof. Doutor Artur Rosa Pires, Professor Catedrático do Departamento de Ambiente e Ordenamento da Universidade de Aveiro e do Prof. Doutor João Ferrão, Investigador Principal do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.
Introdução: O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma das principais causas de morbilidade e mortalidade em todo o mundo, tendo sido apontado pela Direcção Geral de Saúde como a principal causa de incapacidade para idosos em Portugal. A (in)capacidade funcional é um dos outcomes mais importantes após um AVC. A fisioterapia tem um papel fundamental no processo de reabilitação, sendo que a Fisioterapia domiciliária deve dar uma resposta útil perante o aumento significativo de solicitações por parte dos utentes, o aumento da esperança média de vida, o aumento de utentes com patologias crónicas e a necessidade de diminuição dos dias de internamento hospitalar. O objectivo desta investigação correspondeu à avaliação da capacidade funcional, dos utentes com diagnóstico de AVC submetidos a um programa de fisioterapia domiciliária através da sua integração em Equipas de Cuidados Continuados Integrados. Materiais e Métodos: A amostra foi constituída por 46 idosos a quem foi diagnosticado um AVC, que se encontravam integrados nas ECCIs da ULS Guarda. Cada utente foi submetido a dois momentos de avaliação, com intervalo de dois meses e meio, e correspondente a um total de 20 sessões de fisioterapia domiciliária, com periodicidade de 2 sessões por semana. Em cada momento de avaliação foi avaliada a capacidade funcional dos utentes através da aplicação do Índice de Barthel (IB) e da Motor Assessment Scale (MAS), e na primeira avaliação foi ainda aplicado um questionário de caracterização. Resultados: Dos 46 utentes incluídos no estudo 28 eram do sexo masculino e 18 do feminino, e 41,3% apresentavam idades entre 75-84anos. O tipo de AVC mais frequente foi o Isquémico (60,9%), sendo a lesão do hemisfério esquerdo a predominante (56,5%). Na maioria dos casos o cuidador é o cônjuge (60,9%) com idade média de 62,98. Relativamente à avaliação da capacidade funcional, os resultados apontam para um aumento de 10,17 pontos na média da MAS (média em t0 = 15,24 e em t1 = 25,41) e de 21,41 pontos na média do IB (média em t0 = 40,11 e em t1=61,52), sugerindo uma melhoria na funcionalidade, que se evidenciou significativa após a realização de 20 sessões de fisioterapia domiciliária (p=0,001 para a MAS e p=0,001 para a IB). Conclusão: A realização de um programa de 20 sessões de fisioterapia domiciliária evidenciou uma melhoria significativa na capacidade funcional em idosos vítimas de AVC, quando medida pelo Índice de Barthel (p=0,001) e pela Motor Assessment Scale (p=0,001).
Dissertação apresentada ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Design Gráfico pela Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco em associação com a Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa.
Na qualidade de profissionais da área da psicologia educacional, temos identificado, ao longo da última década, uma progressiva insegurança e, por vezes, preocupante angústia na vivência e na assunção da função parental. Essa situação reflete-se na preocupação crescente manifestada por parte dos educadores de infância que lidam com crianças que revelam um comprometimento no desenvolvimento social e emocional. De acordo com este cenário, alguns profissionais da educação começaram a utilizar o conceito de indisciplina para traduzir os comportamentos desadequados de crianças entre os 3 e 5 anos, associando muitas vezes esse “rótulo” à utilização indiscriminada do diagnóstico de hiperatividade. No âmbito da intervenção do Centro de Aprendizagem e Desenvolvimento da Infância (CeADIn) da Escola Superior de Educação de Castelo Branco, propomo-nos implementar um programa de inspiração sistémica e ecológica junto de pais de crianças ditas normais e de crianças com necessidades educativas especiais, intitulado Assumir o Desafio de uma Parentalidade Positiva. De acordo com o enunciado, o estudo de caso que pretendemos realizar é norteado pelas seguintes questões de investigação: - A implementação de um programa de Educação Parental de natureza sistémica/ecológica promoverá competências parentais eficazes para o desenvolvimento socio-emocional dos filhos? - Haverá diferenças entre os resultados obtidos junto dos pais de crianças “normais” e os resultados obtidos junto de pais de crianças com NEE antes e após a implementação do programa?
Disponível na Biblioteca da ESACB na cota C30-27425TFCEV.
Disponível na Biblioteca da ESACB na cota C30-18515TFCPF.
Abordamos o escolanovista Faria de Vasconcelos, no âmbito da pedagogia moderna, da experiência na escola de Biérges (Bélgica) e da educação especial, com crianças anormais escolares. Com uma análise hermenêutica e histórico-descritiva, sobre o seu pensamento e ação pedagógica, pretendemos como objetivos: aprofundar a sua experiência em Biérges, integrada na Escola Nova, que envolvia os alunos para a inclusão, o poder de iniciativa, a observação, a experimentação e a cultura integral, ligando pensamento-ação; analisar os contributos dados à educação das crianças ‘anormais pedagógicas’ e às escolas, desde a reeducação mental e pedagógica. O marco teórico de análise assenta nas obras de Vasconcelos. O ensino partia sempre da aplicação prática, da aprendizagem por indagação, resolução de problemas e no trabalhar ‘fazendo’, desenvolvendo as dimensões básicas da criança: física, intelectual, moral e a cooperação cívica. A atenção especial dedicada aos ‘anormais’ que, na época não tinham escolas especiais, foi um contributo enorme à educação especial, realizando exames psicopedagógicos, diagnósticos e intervenções, que davam uma orientação útil às escolas e professores. Muito do que fez o nosso escolano vista estimulou escolas na época e a formação de cidadãos livres, produtivos, com uma cultura geral e formação profissional. As propostas de Vasconcelos enquadram-se em algumas diretrizes da educação especial e apoio psicopedagógico
A Perturbação do Espetro do Autismo (PEA) assenta num conjunto de teorias explicativas, apresentando-se como uma perturbação global do desenvolvimento. Caracteriza-se pela presença de um desenvolvimento atípico na interação social, através de um acentuado défice no uso de comportamentos não-verbais, défices ao nível da comunicação, dos comportamentos, dos interesses e das atividades, que apresentam restrições, repetições e estereotipias. As perturbações do espetro do autismo constituem uma síndroma e, por essa razão, os indivíduos com PEA podem evidenciar uma sintomatologia diversificada, associada a um diagnóstico de deficiência mental que pode ser moderada ou severa, daí apresentarem capacidades e funcionamentos distintos, pelo que se torna imperioso a realização de um diagnóstico diferenciado. De natureza qualitativa, a investigação realizada foi desenvolvida de forma a permitir uma melhor compreensão acerca da comunicação e da interação de uma criança autista, face à inclusão da mesma numa turma do ensino regular. A criança que integra o estudo frequenta o segundo ciclo do ensino básico, embora tenha um horário adaptado e repartido entre a frequência da sala de ensino estruturado e algumas áreas curriculares do segundo ciclo. Os dados foram obtidos a partir da realização de quatro momentos distintos de observação direta, onde foram preenchidas grelhas de observação e o registo do nível de envolvimento da criança, através da Escala de Envolvimento da criança e também a partir das entrevistas realizadas. Pudemos constatar que a comunicação da criança pode ser estabelecida através do recurso a sistemas alternativos de comunicação, que lhe permitiram expressar-se a vários níveis e em contextos diferenciados. Verificou-se que a criança estabeleceu interação nos diferentes espaços e locais de aprendizagem. Os dados analisados foram ao encontro da questão principal e objetivos definidos neste trabalho. A realização deste estudo vem reforçar a importância do contacto direto com a criança com PEA, de forma a permitir uma melhor compreensão e deteção das suas principais limitações, assegurando a sua inclusão, que será uma condição essencial para a operacionalização de uma prática pedagógica promotora de um desenvolvimento cognitivo e social.
A Perturbação do Espetro do Autismo (PEA) assenta num conjunto de teorias explicativas, apresentando-se como uma perturbação global do desenvolvimento. Caracteriza-se pela presença de um desenvolvimento atípico na interação social, através de um acentuado défice no uso de comportamentos não-verbais, défices ao nível da comunicação, dos comportamentos, dos interesses e das atividades, que apresentam restrições, repetições e estereotipias. As perturbações do espetro do autismo constituem uma síndroma e, por essa razão, os indivíduos com PEA podem evidenciar uma sintomatologia diversificada, associada a um diagnóstico de deficiência mental que pode ser moderada ou severa, daí apresentarem capacidades e funcionamentos distintos, pelo que se torna imperioso a realização de um diagnóstico diferenciado. De natureza qualitativa, a investigação realizada foi desenvolvida de forma a permitir uma melhor compreensão acerca da comunicação e da interação de uma criança autista, face à inclusão da mesma numa turma do ensino regular. A criança que integra o estudo frequenta o segundo ciclo do ensino básico, embora tenha um horário adaptado e repartido entre a frequência da sala de ensino estruturado e algumas áreas curriculares do segundo ciclo. Os dados foram obtidos a partir da realização de quatro momentos distintos de observação direta, onde foram preenchidas grelhas de observação e o registo do nível de envolvimento da criança, através da Escala de Envolvimento da criança e também a partir das entrevistas realizadas. Pudemos constatar que a comunicação da criança pode ser estabelecida através do recurso a sistemas alternativos de comunicação, que lhe permitiram expressar-se a vários níveis e em contextos diferenciados. Verificou-se que a criança estabeleceu interação nos diferentes espaços e locais de aprendizagem. Os dados analisados foram ao encontro da questão principal e objetivos definidos neste trabalho. A realização deste estudo vem reforçar a importância do contacto direto com a criança com PEA, de forma a permitir uma melhor compreensão e deteção das suas principais limitações, assegurando a sua inclusão, que será uma condição essencial para a operacionalização de uma prática pedagógica promotora de um desenvolvimento cognitivo e social.
Introdução: Atualmente existe um elevado número de pessoas com diagnóstico de demência. No âmbito dos cuidados Paliativos as intervenções de reabilitação são muitas vezes minoradas. Desta forma è importante o estudo de medidas não farmacológicas com vista a melhorar o estado funcional e qualidade de vida destes doentes. Problemática: Qual a intervenção do fisioterapeuta no doente com demência em cuidados paliativos? Objetivos: Nesta revisão sistemática da literatura pretendemos identificar quais as intervenções que os fisioterapeutas utilizam com doentes com demência em cuidados paliativos e quais os benefícios dessas técnicas. Métodos: Desenho do Estudo - Revisão Sistemática da Literatura; Foram incluídos 12 estudos com um intervalo temporal de 2003 a 2015, em que são abordadas técnicas que possam ser utilizadas por fisioterapeutas no tratamento ou alívio do sofrimento e na melhoria de qualidade de vida destes doentes. Os artigos científicos foram encontrados em diversas bases de dados online e de texto integral tais como: Biblioteca do conhecimento Online, Pubmed e PEdro. Resultados: Nesta revisão sistemática da literatura foram encontradas diversas técnicas não farmacológicas que contribuem para o aumento da qualidade de vida dos doentes com demência. Dentro destas técnicas encontradas são referidas o exercício aeróbico, manutenção da força muscular, treino de equilíbrio, o toque, treino cognitivo, intervenções comportamentais, estimulação cognitiva, estimulação elétrica transcutânea, musicoterapia, reminiscência, treino de atividades da vida diária (AVD´s), massagem, terapia de recreação, sala snoezelen, estimulação multissensorial, apoio e psicoterapia, e relaxamento muscular. Conclusões: Dentro dos programas multidisciplinares analisados nesta revisão o Fisioterapeuta faz todo o sentido, sendo este o profissional que utiliza o maior número de técnicas não farmacológicas abordadas. Estes programas podem ser bastante benéficos para que a diminuição da cognição ocorra de forma mais lenta e consequentemente permita a manutenção das faculdades físicas e o aumento da qualidade de vida do doente e dos seus cuidadores. O exercício é a técnica mais estudada, com resultados positivos na qualidade de vida. Constatamos que existe pouca evidência da intervenção do fisioterapeuta na fase terminal do doente com demência.
Dissertação de Mestrado en tratamiento de soporte y cuidados paliativos en el enfermo oncológico apresentada à Universidade de Salamanca.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Projeto Aplicado apresentado à Escola Superior de Gestão do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gestão de Empresas.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Gestão do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gestão de Empresas.
O presente trabalho apresenta um estudo exploratório e descritivo da situação familiar do doente terminal hospitalizado, durante o período de internamento. Centra-se na descrição e análise da realidade encontrada pela família e doente terminal, dentro do hospital e na comunidade onde se inserem. Tem como objectivos: caracterizar o perfil clínico e social do doente terminal hospitalizado no HAL1; caracterizar a assistência recebida pela família do doente terminal internado no HAL; Identificar algumas das atitudes da família face ao doente terminal hospitalizado no HAL: face à doença, à revelação da verdade do diagnóstico e do prognóstico e face à alta. A estratégia metodológica assenta no modelo qualitativo, a qual fornece a perspectiva do indivíduo em análise, designadamente no método de análise intensiva ou estudo de caso. A população estudada é constituída por familiares de doentes terminais internados em quatro serviços de internamento, no período de Abril a Junho de 1996. No total, foram entrevistados 54 familiares. Os doentes situavam-se, na maioria, na faixa etária dos 60 e mais anos; as patologias mais observadas foram os tumores malignos, as doenças cerebrovasculares e a diabetes mellitus, que determinaram pela sua evolução e complicações elevados graus de dependência; a sua situação perante o trabalho era, na maioria, de reformados e provinham do meio rural. Na sua relação com o doente, os familiares evidenciaram limitações e dificuldades de natureza diversa. Condicionados pelo conhecimento, nem sempre completo, da situação clínica do doente, os familiares pareciam inteirados da gravidade do caso, essencialmente pela observação que faziam e pela degradação progressiva a que assistiam. Dos 54 casos em análise, 42 (77,5%) dos familiares elegeram o hospital como o lugar ideal para o doente, apresentando múltiplas justificações: porque necessita cuidados permanentes; por não terem apoio técnico e sanitário no domicílio; por considerarem essa a única forma de garantir qualidade de vida e menor sofrimento na morte. A maior dificuldade reside em aceitar a alta hospitalar, a qual é independente do sexo e idade do doente, assim como da sua patologia e grau de dependência. Concluiu-se também que é dependente das habilitações literárias do inquirido (cumulativamente ligada às melhores condições de vida e às diferentes condições socio-económicas), dos recursos e disponibilidade da família que cuida do doente (condições económicas, habitacionais, profissionais, de saúde e de tempo), dos recursos e apoio da comunidade que os envolve (familiares mais chegados e vizinhos) e fortemente dependente do apoio e recursos do sistema de saúde com que podem contar no domicílio. Dos resultados deste estudo, da realidade encontrada pela família e doente terminal na instituição hospitalar, é possível identificar necessidades de mudança prioritárias, quer ao nível da assistência prestada à família, quer na criação de novas alternativas de apoio e assistência no domicílio, designadamente a necessidade de informação detalhada da situação clínica do doente como um direito seu; para dinamizar a humanização dos cuidados e a assistência ao doente terminal é necessário promover a presença de uma pessoa da família junto dele; alargamento do período de visitas para estes doentes; a alta destes doentes deve ser planeada e preparada minuciosamente, por uma equipa mutidisciplinar; repensar os curricula e a formação conferida pelas Escolas de Medicina, de Enfermagem e outras, sobre a problemática da morte, visando o alargamento das habilidades e competências em lidar com este delicado acontecimento. 1HAL - sigla utilizada ao longo de todo o trabalho e que se refere ao hospital em estudo.
Provas públicas apresentadas à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para o cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do título de Especialista em Serviço Social.
Trabalho de projeto apresentado à Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de mestre em Construção Sustentável.
Trabalho de projeto apresentado à Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de mestre em Construção Sustentável.
Dissertação de Mestrado em Ciências Biomédicas, especialidade de Biologia Molecular em Medicina Tropical e Internacional apresentada ao Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa.
Dissertação de Mestrado em Ciências Biomédicas, especialidade de Biologia Molecular em Medicina Tropical e Internacional apresentada ao Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa.
Dissertação apresentada na Escola Superior de Gestão do Instituto Politécnico de Castelo Branco em cumprimento dos requisitos exigidos para obtenção do grau de Mestre em Gestão de Empresas.
Dissertação apresentada à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Sistemas de Informação Geográfica em Recursos Agro-Florestais e Ambientais.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ensino de Inglês e de Espanhol no Ensino Básico.
Dissertação apresentada à Escola Superior Agrária de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Inovação e Qualidade na Produção Alimentar.
Dissertação apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial domínio Cognitivo e Motor.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do Primeiro Ciclo do Ensino Básico.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Disponível na Biblioteca da ESACB na cota C30-26495TFCEV.
Relatório de Projeto Final de Curso de Licenciatura em Design Comunicação e Produção Audiovisual apresentado à Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Se presenta un proyecto de evaluación cooperativa internacional de temas CTS entre investigadores de diversos países iberoamericanos, basado en un instrumento y unos métodos de evaluación contrastados por la investigación previa. El trabajo práctico se centra en el conocimiento de la metodología del PIEARCTS, que puede ser útil y aplicable a otras investigaciones CTS. Esto comprende una profundización en la metodología del proyecto las muestras planificadas, los instrumentos aplicados (modelo de respuesta múltiple y clasificación en categorías) y los procedimientos de cuantificación y estandarización a través de una métrica que genera índices actitudinales invariantes.
We approach the escolanovista Faria de Vasconcelos, in the context of modern pedagogy, the experience - School of Biérges (Belgium) and the special education with school abnormal children. Using hermeneutic and historical-descriptive analysis on his pedagogical thought and action, the goals of this study are: deepen the experience with Biérges, integrated into the ideals of the new school, which involved students for inclusion, the power of initiative, the observation, experimentation and integral culture, associating thought-action; analyze of the contributions to the education of abnormal pedagogical children and to schools, from mental and pedagogical reeducation. The theoretical framework of analysis is based on the works of Vasconcelos. Teaching always included the practical application, the learning by inquiry, problem solving and the working doing, developing the basic dimensions of the child: physical, intellectual, moral and civic cooperation. The special attention given to abnormal, which at the time had no special school, was a huge contribution to special education, conducting psych pedagogical examinations, diagnostics and interventions, which provided a useful guidance to schools and teachers. Much of what the escolanovista made has encouraged schools at that time and formed free, productive, citizens with a general culture and professional formation. The proposals of Vasconcelos fit some guidelines of special education and psychological support
O artigo faz uma reflexão sobre a possibilidade de os diagramas facilitarem a construção e análise de sistemas de identidade Visual e está enquadrado numa investigação em doutoramento sobre a temática. Sintetiza uma combinação da crítica da literatura especializada e dos casos de estudos realizados, na observação da prática profissional, que serviram para a construção de um modelo, apoiado nas linguagens de síntese, que pretende clarificar os constituintes dos sistemas referidos, aumentando o poder de decisão sobre o projecto de design nesse contexto. Apresenta também, um resumo de alguns dos resultados da aplicação prática desse modelo, mostrando a capacidade que os diagramas podem ter na simplificação do processo de design da Linguagem Visual das Marcas.
A cocriação tem sido vista como fator crítico de sucesso para a criação e posicionamento de marcas e uma variedade de benefícios são-lhe atribuídos. Este artigo concentra-se na apresentação das características da aplicação de métodos cocriativos na fase inicial dos processos de branding territorial da Vila Alvito, tendo o intuito de fornecer parâmetros para a aplicação destes métodos nas fases de trabalho de campo da gestão de marcas de territórios e ajudar na articulação mais precisa e realista de quais benefícios esperar de futuras aplicações destes métodos na construção destas. Trata-se de uma pesquisa descritiva fundamentada em abordagens emergentes sobre cocriação, branding, branding territorial e nos dados científicos e conceituais coletados a respeito do caso Alvito. Como resultado, é apresentado o processo de aplicação de métodos cocriativos para os processos de branding da Vila Alvito, além de um relato dos resultados obtidos para a identificação do DNA, construção e gestão de marca.
O concelho do Fundão é fortemente marcado pela da Serra Gardunha. A sua importância regional a nível climático e hídrico é notória e o património natural e histórico que encerra, bem como o valor das actividades económicas que se desenvolvem nas suas encostas, particularmente as agro-florestais, fazem desta formação montanhosa um dos recursos concelhios da maior importância. O território da Serra inclui terrenos de titularidade, vocação e aproveitamentos diversos. Mantendo alguns dos usos uma certa vitalidade que infelizmente não se reflecte a nível demográfico. Os distintos aproveitamentos que actualmente se fazem da serra não estão articulados nem submetidos a nenhum sistema integrado de gestão territorial, pelo que se torna urgente promover a articulação dos modelos de gestão de usos existentes com as necessidades suscitadas pelos usos emergentes deste território. Uma das vias a privilegiar será a implantação de processos de gestão do território que incluam, se necessário, a criação de uma estrutura institucional integradora, que permita atingir múltiplos objectivos de produção de bens e serviços e de desenvolvimento local, com base na participação e expectativas dos agentes e populações envolvidas. No âmbito da Acção 8 – Dinamização do Desenvolvimento Agro-florestal e Rural, inserida na Medida AGRIS, a Câmara Municipal do Fundão, a Direcção Regional de Agricultura da Beira Interior e a Escola Superior Agrária de Castelo Branco constituíram uma parceria, no sentido de unirem esforços para o desenvolvimento do projecto “Dinamização da Gestão dos Baldios da Serra da Gardunha”.
A avaliação da Qualidade de Vida em pacientes oncológicos vem assumindo um grau de importância crescente tanto na prática clínica como no âmbito da investigação relacionada com os cuidados de saúde. O presente estudo consistiu na avaliação longitudinal da Qualidade de Vida de um grupo de41 pacientes em quimioterapia a ser seguidos no Hospital de Dia de Oncologia da Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, desde o início do tratamento até 2 meses após o final dos tratamentos. O instrumento utilizado foi a tradução validada em português do Rotterdam Symptom Check List (RSCL) que é um instrumento especificamente destinado a pacientes oncológicos. O estudo evidenciou um agravamento dos sintomas ao nível físico ao longo do tratamento, o que não se reflecte contudo numa diminuição ao nível da qualidade de vida global percebida por estes pacientes.
Estudo de caso de metodologia qualitativa, realizado em 2014 numa criança com Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção (ADHD) e Deficiência Mental (DM), sendo-lhe aplicado o Programa Cognitivo Comportamental - Villar e Llorente, para comparar os resultados com os de uma criança dita “normal” do ensino básico. Analisámos os dossiers individuais e outra documentação necessária à caraterização e descrição dos sujeitos e do seu contexto escolar. Objetivos orientadores: conhecer os serviços de apoio para os alunos com essas necessidades especiais; aprofundar a temática da DM e propor estratégias de intervenção para os professores. Utilizamos as técnicas da observação participante, Escala de Conners, entrevistas semiestruturadas a professores e pais, notas de campo e a triangulação. Verificamos resultados positivos com o programa, que corroboram outros estudos idênticos. Propusemos estratégias de orientação aos professores do ensino regular e apoio aos pais, de modo a melhorar aprendizagem e comportamento desses alunos
Trabalho de Projecto apresentado na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.
Problema de investigação: Inexistência do registo dos componentes de saúde, de forma a identificar ganhos em saúde na população portadora de doenças crónicas. Questão orientadora: Classificação Internacional de funcionalidade e Saúde (CIF) no Sistema de Saúde para identificar ganhos em saúde na população portadora de doenças crónicas. Objectivo geral: Definir orientações estratégicas para o desenho da estratégia de implementação da CIF. Objectivos específicos do estudo: 1.º Identificar barreiras à implementação desta Classificação no Sistema de Saúde; 2.º Identificar critérios relevantes para o planeamento de uma acção educacional que facilite a implementação da CIF e 3.º Identificar as oportunidades e ameaças, pontos fortes e os pontos fracos da implementação da CIF. Tipo de estudo: Qualitativo com metodologia descritiva transversal, recorrendo a grupo focal, questionário e painel de Delphi. Amostra: Profissionais de saúde, com experiência profissional em doenças crónicas e conhecimento das classificações da Organização Mundial de Saúde. Conclusões: As barreiras ao processo de implementação são: ausência de um modelo educacional; incompatibilidade com os sistemas de registo existentes e desconhecimento do modelo de aplicação da CIF. A acção educacional para a implementação da CIF contempla formação presencial e em exercício para grupos multiprofissionais, com o objectivo de facilitar o processo de mudança e aumento da qualidade dos serviços prestados, recorrendo ao trabalho de equipa e às Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). As orientações estratégicas identificadas para a implementação da CIF no Sistema de Saúde centram-se no desenvolvimento de modelos de operacionalização da CIF para o Serviço Nacional de Saúde. ABSTRACT Research problem: No existence of health components registration in order to identify gains in health in the population with chronic diseases. Guiding question: International Classification of Functionality and Health (ICF) in the National Health System to identify gains in health in people with physical or chronic diseases. General objective: Define the strategic guidelines for the design of the strategy for ICF´s implementation. Study specific objectives: 1st – Identify barriers when implementing this classification in the National Health System; 2nd – Identify relevant criteria when planning an educational action to facilitate ICF´s implementation; 3rd – Identify opportunities, threats, strengths and weaknesses of ICF´s implementation. Type of study: Qualitative methodology with descriptive transverse, using focus group, questionnaire and Delphi panel. Sample: Health professionals with experience in and knowledge of chronic diseases classifications of the World Health Organization. Conclusions: The barriers to the implementation process are: absence of an educational model, incompatibility with the existing registration systems and lack of a model for implementing the ICF. The educational action for ICF´s implementation comprises presential training for multidisciplinary groups to help with the process of change and increase the quality of services provided, resorting to teamwork and Information and Communication Technologies. The strategic guidelines identified for ICF´s implementation in the Health System are focused on ICF`s development for the operationalization of the National Health Service.
O presente artigo expõe os resultados de uma investigação centrada na validação de «Jogos Educativos Digitais», recorrendo ao programa PowerPoint da Microsoft, os quais visam o desenvolvimento da consciência fonológica, em crianças em idade pré-escolar com necessidades educativas especiais. A investigação é de caráter qualitativo exploratório, constituindo um estudo de casos múltiplos, numa perspetiva de investigação-ação. Durante o processo investigativo realizaram-se sessões práticas de implementação dos «Jogos Educativos Digitais» com duas crianças, efetuando-se a recolha de dados através de duas grelhas de observação. Paralelamente entrevistaram-se dois especialistas em Tecnologias de Informação e Comunicação e um especialista em Educação Especial, que analisaram e avaliaram os jogos. Na recolha, tratamento e análise dos dados aferiu-se que as crianças obtiveram bons resultados na aquisição das competências de consciência fonológica, registando se uma acentuada melhoria ao nível da aprendizagem, participação, envolvimento, interesse, colaboração e persistência, o que conduziu a uma melhoria gradual no seu desempenho. Os resultados obtidos foram ao encontro das expectativas dos especialistas, tal como se tornou evidente na análise de conteúdo das respetivas entrevistas, tendo estes apreciado positivamente a construção global dos jogos, considerando-os uma mais-valia no processo de ensino/aprendizagem
O Bioempreendedorismo é associado às biotecnologias ou ciências da saúde sendo uma das unidades curriculares normalmente lecionada em cursos de Escola Superiores de Saúde do Ensino Superior Politécnico em Portugal. Estes cursos, têm em regra, quatro anos de duração, sendo lecionada a unidade curricular no 3º ou 4º ano, encontrando-se alguns dos alunos a frequentar os seus estágios curriculares. Neste artigo é efetuado um estudo exploratório onde são comparados os resultados da aprendizagem no curso de Ciências Biomédicas Laboratoriais da Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias do Instituto Politécnico de C. Branco, em duas situações distintas: ensino dentro da sala de aula, na sua forma presencial tradicional e o ensino fora da sala de aula, sob a forma de ensino à distância. São utilizados como critérios de comparação as ideias de negócio desenvolvidas pelos alunos assim como também os resultados da avaliação. Neste artigo são apresentados os conteúdos programáticos, a metodologia de ensino e os meios utilizados em ambas as situações. No final são discutidos os resultados obtidos neste estudo exploratório que decorreu nos anos letivo de 2015/16 e 2016/17.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco, para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Intervenção Social Escolar – Especialização em Crianças e Jovens em Risco.
O pensamento médico europeu acerca das epidemias – desde a oposição limpo/sujo, à poluição, à malaria, aos seminariae pestíferos até à microbiologia do séc. XIX – esteve sempre dominado pelas figuras do miasma, do asqueroso, do excremento, do imundo, do corrupto, do contágio. Adoptando genericamente o quadro teórico foucaultiano, investigamos aspectos da epistemologia histórica e da ética da Saúde Pública. Focamos, sucintamente, o Sanatório como paradigma da história recente da gestão pública da tuberculose (TB) em Portugal e (ainda mais esquematicamente), discutimos, em paralelo, os problemas epistémicos, técnicos e éticos suscitados pelos perigos de uma pandemia de gripe. Abordamos o estatuto da disjunção contágio/transmissão, os sistemas de inclusão e de exclusão, as diferenças entre incerteza, risco, perigo, precaução e prevenção. Tematizamos o poder disciplinar, a reificação, a indiferenciação, a biopolítica. Propomo-nos dar um contributo para o debate público em torno de uma Ética da precaução, mostrando que a pragmática da Saúde Pública não deixa de convocar, a vários níveis, as velhas categorias doethos médico, entre elas, a catarse, a crise e o kairos.