Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for estruturas and 835 records were found.

Tese de Doutoramento em Engenharia Informática, Universidade da Beira Interior, 2005
Estudo das relações entre as características da estrutura vertical da vegetação e a composição das comunidades de passeriformes nidificantes, recorrendo a técnicas de estatística multivariada. Definição de tipologias de vegetação representativas em termos avifaunísticos, elaboradas a partir dos diferentes parâmetros da vegetação identificados como significativos. Contribuir para o desenvolvimento de uma metodologia de classificação das estruturas de vegetação que permita prever a distribuição das comunidades de ayes. Fornecer aos agentes responsáveis pela gestão de sistemas agro-silvo-pastoris um conjunto de indicações para uma gestão racional, numa perspectiva de conservação da biodiversidade.
The main objective of this study is to identify the structure/landscape measures having a greater influence on the presence of avian species in two types of agrossystems located in the South of Portugal. Four line transects were defined. Two were located in holm oak and cork oak “Montado" near Évora and the other in a pineyard located in the Setúbal Peninsula (Apostiça). Several variables were measured to describe the vegetation as a habitat. The linear transect technique was used in the bird sampling. Multivariate statistics were used to analyse the relation between the presence/absence of avian communities and the different vegetation cover measures. These include vegetation vertical structure and percentage of vegetation cover types. The relation between avian diversity and vegetation structure descriptors, as well as the vegetation diversity, was analysed using simple regression methods. The bird communities seem to respond to the above mentioned structural differences. Moreover, the diversity of these communities is related to the percent cover of shrub and tree layers.
A modelação e a padronização dos incêndios com recurso aos sistemas de informação geográfica, constituem uma ferramenta de apoio à decisão no planeamento e localização de acções de prevenção e supressão de incêndios. A metodologia utilizada assenta num estudo do histórico de incêndios, no diagnóstico de condicionantes na definição de soluções e identificação de oportunidades de supressão.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso em Engenharia das Ciências Agrárias – Ramo Agrícola apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco, do qual só está disponível o resumo.
Em Ecologia das Comunidades sempre existiu um interesse em estudar as relações entre a abundância das espécies de aves e os atributos estruturais da vegetação. No entanto, existem poucos estudos que abordem explicitamente a possibilidade de aperfeiçoamento dos métodos de classificação da vegetação com base na sua utilização como habitat por parte da fauna. O objetivo principal do estudo foi a identificação das métricas da vegetação com maior influência na presença de aves em agrossistemas no sul de Portugal. Foram definidos quatro transectos lineares localizados na área envolvente de Évora e na Península de Setúbal, ao longo dos quais se procedeu à inventariação da vegetação e da comunidade de passeriformes. Posteriormente, recorreu-se à utilização de técnicas de análise estatística multivariada de modo a relacionar a presença-ausência de espécies de aves com os diferentes atributos estruturais da vegetação. Verificou-se que as aves respondem às diferenças dos gradientes de cobertura dos estratos arbóreos e arbustivo.
Tese de Doutoramento em Letras apresentada à Universidade da Beira Interior Covilhã
Tese de mestrado em Engenharia Civil, Universidade de Coimbra, 1998
Tese apresentada para a obtenção do Grau de Doutor, em Engenharia Civil, Universidade de Coimbra, 2005
Estamos numa sociedade que avança a traços largos para o conhecimento, a aprendizagem pelas imagens, para as novas tecnologias e para uma nova forma de comunicação e de relações (sociais). Neste contexto a ‘informação’ é uma finalidade. Será que as instituições de ensino superior se adaptam a este novo contexto? Conservamos a cultura e criticamos a sociedade? A universidade vem desde o séc. XII e progressivamente se colocou mais a favor da ‘razão’ do que do dogma, mais a favor do saber (es) científico (s) (conhecimento empírico) do que do saber vulgar, mais a favor da liberdade do que da exclusão e dos estigmas sociais. Esta tendência democrática, que se gerou no ambiente universitário é uma das suas características fundamentais, tendo promovido, em algumas épocas, situações, movimentos de contra-corrente, conflitos, etc. O âmbito das instituições superiores é supra-nacional, retendo o passado, mas projectando o futuro, de tal modo que muitas vezes criticamos o seu conservadorismo ao nível estrutural e burocrático, incluindo o de pensamento. A responsabilidade actual das instituições de ensino superior é tripla. Uma responsabilidade regional, nacional e internacional, que pressupõe políticas (sociais, democráticas e culturais) de interesse para a educação ao longo da vida. Vários estudos apontam para que as universidades e as instituições de ensino superior sigam políticas adequadas aos problemas políticos, financeiros e de organização que atravessam (James Duderstadt, W. G. Bower, H. T. Shapiro, R. Levin, Derek Bok). De facto, assistimos a relações polémicas ou difíceis entre aquelas instituições de ensino superior e o poder político. Pretendemos apontar alguns cenários que emergem dessa relação, por vezes conflituosa, entre as universidades e a política, principalmente ao nível organizacional (estrutura das instituições), das funções (objectivos multidimensionais), do financiamento, da limitação dos recursos (isomorfismo)), da gestão, da avaliação dos resultados e da qualidade de ensino.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Design de Interiores.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Design de Interiores.
Tese de Mestrado em Engenharia Civil, especialização em Estruturas, Universidade de Coimbra, 2005
Tese de Mestrado em Engenharia Civil, especialização em Estruturas, Universidade de Coimbra, 2005
O betão, por norma, tem um bom comportamento quando submetido a temperaturas elevadas como as decorrentes dum incêndio. Contudo as suas propriedades mecânicas a altas temperaturas e residuais após incêndio sofrem deterioração podendo, em situação extrema, levar ao colapso, parcial ou total do edifício. Tal redução verifica-se quer no betão normal quer no betão de alta resistência. Nesta comunicação são apresentadas as alterações provocadas pela temperatura nas propriedades mecânicas residuais após incêndio dos betões - resistência à compressão, resistência à tração, resistência à flexão e módulo de elasticidade - obtidas em ensaios experimentais com betão normal e comparadas com os resultados existentes na literatura da especialidade para betão normal e de betão de alta resistência.
Trabalho elaborado com vista à obtençäo do grau de Assistente de Investigaçäo
Trabalho apresentado para conclusäo do curso Estudos Superiores Especializados em Educaçäo Especial