Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for idade and 600 records were found.

Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco, para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Intervenção Social Escolar.
Introdução: A hipertensão arterial é um grave problema de saúde pública com elevada prevalência na população adulta, sendo uma das principais causas de morbilidade e de mortalidade nos países mais desenvolvidos. Portugal não é exceção uma vez que esta patologia representa um dos fatores de risco mais relevantes estando na etiologia de inúmeras doenças cerebrovasculares e cardiovasculares, sendo por isso importante agir de forma a prevenir o seu crescimento. Objetivo: Este trabalho tem como objetivo estudar a prevalência de hipertensão arterial no concelho da Covilhã e a sua relação com os diversos fatores de risco, visto que é uma região para a qual não existe nenhum estudo realizado desta natureza. Métodos: O presente estudo foi realizado nos últimos dois anos, numa amostra representativa do concelho da Covilhã constituída por 1272 indivíduos de ambos os sexos com idades compreendidas entre os 18 e os 95 anos. Foi avaliada por três vezes a pressão arterial, com um aparelho professional-grade aneroid blood pressure system, depois de cinco minutos de repouso e intervaladas por cinco minutos. Foi definido indivíduo com hipertensão todo aquele que apresentava valores segundo as guidelines, ≥ 140mmHg e/ou ≥ 90mmHg e/ ou estar sob terapêutica anti hipertensora. Resultados: No total da amostra, verificou-se que 63.3% dos indivíduos que fizeram parte da amostra tinham hipertensão arterial, sendo mais prevalente nas mulheres. Constatou-se também que do total de hipertensos, 32.9% tinham valores de pressão arterial medida acima dos valores estandardizados, enquanto que 30.3%, apesar de já serem conhecidos apresentavam valores dentro da normalidade. Importa também referenciar que 9.6% dos participantes que se apresentavam com valores acima dos da normalidade, referiam não saber ser hipertensos. Discussão/Conclusão: Estes resultados mostram a elevada prevalência de hipertensão arterial no concelho por nós estudado.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física – Especialidade em Motricidade Infantil.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré- Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física – Desporto Adaptado.
Trabalho de Projeto apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial domínio cognitivo e motor.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco no âmbito do ciclo de estudos conducentes ao grau de mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Dissertação apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física.
Vivemos num cenário emergente de instabilidade social, económica e política, de globalização, de fragmentação, de exclusão, de desfiliação social e de processos de individualização caraterizadores da sociedade atual e que provocam reações em defesa das identidades. Há um regresso à comunidade ou ao comunitário. Mesmo com dificuldades terminológicas e concetuais a ação comunitária implica o ‘encontro’ e o desenvolvimento de processos transformadores das situações das pessoas ou coletivos. A temática abordada insere-se na área da pedagogia social e comunitária em que a intervenção socioeducativa e ação comunitária imergem no desenvolvimento de redes sociais (pedagogia de baixa densidade). Ao nível prático é necessário dinamizar um modelo de intervenção comunitário promotor da solidariedade e da inclusão. É na base hermenêutica que ancoramos a tríade ‘pedagogia social – comunidade – intervenção social’, que servirá de abordagem aos momentos argumentativos (‘indícios de análise’): a dimensão comunitária em contexto de pedagogia de ‘baixa densidade; a pedagogia do ‘encontro’ ao nível comunitário na base dialógica; terceiro indício sobre a pedagogia da convivência e do desenvolvimento geracional como trampolim de uma sociedade para todos e para todas as idades. Consideramos que todas as aprendizagens não formais, no contexto comunitário, para além das formais, constituem áreas favorecedoras do desenvolvimento pessoal, social e profissional do indivíduo e, simultaneamente da convivência e do diálogo geracional (paradigma conversacional). Assim, a educação, como fenómeno social, complexo e diversificado, enquadra-se na formação para a cidadania, ou seja, no educar da comunidade e das pessoas/grupos promovendo o ‘encontro’, a convivência, inclusão, a solidariedade geracional e os valores
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física.
A partir do encontro do ‘social – educativo - cultural’ na formação para a cidadania (cidade educadora, sociedade de aprendizagens, sociedade para todas as idades), numa forma não formal de aprender ao nível comunitário de pedagogias de ‘baixa densidade’, o indivíduo promove-se no diálogo, na comunicação e saberes no âmbito de uma pedagogia da alteridade. As fronteiras entre pedagogias manifestam certas caraterísticas comuns numa cartografia integradora de aprendizagens formais e não-formais trasladados ao tempo de aprender a aprender ao longo da vida (rede sistémica). Historicamente essa intervenção ‘na’, ‘para’ e ‘com’ comunidade foi património de assistentes, trabalhadores sociais e educadores, mas hoje proliferaram outras profissões, no campo da educação social especializada, caraterizadas pelas práticas profissionais que exercem sobre coletivos ou indivíduos. O autor argumenta num trevo de análise de 4 folhas, em que cada folha é uma parcela da argumentação global, os seguintes pontos: 1.ª folha- a diáspora do social e do encontro na existência do ser humano; a 2.ª folha o educar em interculturalidade (educação e filosofia intercultural) para uma relação pedagógica de encontro ‘inter’, na perspetiva sociocultural, socioeducativa e geracional; 3.ª folha pedagogia do e para o encontro comunitária, no âmbito da educação social, geradora de uma rede de baixa densidade (sistema territorial e/ou comunitário); 4.ª folha de remate final que é o desafio duma pedagogia do encontro em alteridade, promovendo a sensibilidade (sentir e perceção), de modo a convidar, a escutar e a olhar para o(s) outro (s)s num diálogo e encontro intergeracional e intercultural.
O presente artigo tem como objetivo refletir sobre o impacto das TIC em contexto educativo, focando os potenciais contributos da utilização dos Recursos Educativos Digitais (RED) no processo de ensino e de aprendizagem. Para o efeito, são apresentados os resultados da utilização do RED: Aula Digital - O Mundo da Carochinha 1.º Ano. O estudo foi concretizado numa turma do 1.° ano de escolaridade do 1.º CEB, constituída por 27 alunos, com idades e compreendidas entre os 6-7 anos, num Agrupamento de Escolas da Cidade de Castelo Branco, no âmbito da Prática de Ensino Supervisionada. Os resultados obtidos, após a análise e tratamento dos dados, permitiram concluir que ao utilizar este RED os alunos demonstraram terem adquirido os conteúdos abordados, pelo facto de se terem potenciado níveis de maior interesse, empenho, motivação, envolvimento e espírito de iniciativa no decorrer das atividades propostas. Porém, talvez pelo facto de serem alunos de 1º ano do 1º CEB, não descuram a presença e o acompanhamento da professora e a utilização de recursos em suporte papel. Quer isto dizer que deve haver uma complementaridade que concilie o fator humano (professora), com a utilização de recursos em suporte digital (RED) e recursos em suporte papel (Manual). Traduzindo, desta forma, uma rentabilização dos recursos pedagógicos conducentes a uma melhoria do processo de ensino e de aprendizagem.
Relatório de Estágio do curso de Nutrição Humana e Qualidade Alimentar, apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Relatório do trabalho de fim de curso de Nutrição Humana e Qualidade Alimentar apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Análise de 8 entrevistas narrativas a professores aposentados, que relatam o seu fazer pedagógico antes e depois do Estado Novo em categorias indutivas (escola primária, Magistério, entrada no sistema educativo, experiências docentes antes e depois de 1974), sustentadas com teoria fundamentada do ensino da época, na reconstrução da memória histórica. Utilizámos a metodologia de análise holística ao conteúdo biográfico-narrativo das entrevistas.
Havendo indicadores da degradação do montado de sobro torna-se necessária a sua recuperação, sobretudo com plantas que possam futuramente produzir cortiça em quantidade e de boa qualidade. Para tal, torna-se urgente desenvolver um programa operacional de melhoramento para esta espécie, que ocupa no nosso país 664 mil hectares (1/3 da área total de sobro a nível do globo), de onde se extrai 55% da produção mundial de cortiça e cuja área pode ser estendida em mais de 200 mil hectares. No presente artigo são abordados os conceitos gerais ligados a programas de melhoramento em espécies florestais e também ao emprego de técnicas de propagação vegetativa, atendendo à importância que estas podem vir a ter no desenrolar desses programas quer para a selecção massal fenotípica (através de estimativas da heritabilidade e do ganho genético) quer para a propagação clonal de material vegetal melhorado. É discutida a problemática associada à maturação nas árvores florestais que pode condicionar o uso da propagação vegetativa e referem-se algumas técnicas utilizadas para contornar esse processo. Por fim, enunciam-se possíveis estratégias para o melhoramento do sobreiro a curto e longo prazo.
Nas últimas décadas, as sociedades têm suportado um grande desafio: o envelhecimento da população. As principais razões podem estar relacionadas com a diminuição da taxa de fecundidade, aumento da esperança média de vida, melhoria nos cuidados de saúde e pela incorporação de hábitos de vida mais saudáveis. Presentemente, a sociedade digital implica que todos os cidadãos sejam dotados de competências digitais. Neste caso, em particular, e dado que a população idosa é referenciada como uma população infoexcluída, é urgente criar condições para que se promova a sua inclusão digital que lhes permitirá uma verdadeira inclusão social, proporcionando assim um melhor envelhecimento ativo. Atendendo à degeneração fisiológica e cognitiva associada ao envelhecimento, é importante que se promovam iniciativas que previnam situações que possam aumentar as demências junto dos idosos. Este artigo apresenta os resultados de uma investigação que pretendeu averiguar se a utilização das aplicações digitais (APPs) Peak &Neuronation podem contribuir para o envelhecimento ativo dos idosos, no que diz respeito ao treino cognitivo que as mesmas proporcionam. Foram envolvidos 18 idosos da USALBI (Universidade Sénior Albicastrense), onde se efetuou uma observação não-participante em 12 sessões práticas. Foi também envolvido um especialista em Gerontologia Social e um especialista na área das TIC, através de entrevistas semiestruturadas a fim de averiguar as suas opiniões referentes às aplicações digitais envolvidas no estudo. Após a triangulação dos dados é possível afirmar-se que as opiniões recolhidas foram consensuais relativamente à mais valia das APPs Peak & Neuronation no treino cognitivo, onde se envolveram as valências de memória; linguagem; agilidade mental; raciocínio; velocidade; flexibilidade; coordenação; atenção; foco; concentração; perceção; resolução de problemas; cálculos mentais; emoção e força de vontade. Decorrente da análise dos dados, constatou-se que as APPs podem ser referenciadas como ferramentas digitais no âmbito do treino cognitivo dos idosos
Apesar de ser cada vez maior a acessibilidade às TIC e de haver cada vez mais um maior número de dispositivos digitais a sua utilização tem estado confinada, principalmente, aos mais jovens e aos cidadãos que apresentam níveis superiores de literacia. Quer isto dizer, que na presente sociedade da informação, há uma «fractura digital» que engloba ainda um número significativo de cidadãos: mulheres, desempregados, cidadãos com baixos índices de literacia e os idosos. Estamos conscientes que o mundo se encontra num processo de envelhecimento e, como consequência, esta faixa de cidadãos será cada vez mais numerosa tornam os idosos como um grupo prioritário no sentido de se promoverem acções que permitam a sua info-inclusão. A presente comunicação tem como objectivo alertar para a necessidade de se tomarem iniciativas que visem a formação dos idosos em TIC para que esta sociedade da informação seja, realmente, info-inclusiva.
Num mesmo organismo pluricelular existem diferentes tipos de células e as diferenças são induzidas pelo controle dos genes que são transcritos (activados) em cada célula. Algum processo deverá actuar no DNA para que esses diferentes tipos de células se formem durante o desenvolvimento do ser vivo, de outra forma, todas as células somáticas do organismo, possuidoras da mesma carga cromossómica, seriam idênticas. O processo de controle da transmissão de genes activados e desactivados, de uma geração de células às seguintes, ainda não está bem esclarecido. O que se sabe é que muitas células mantêm as suas características únicas quando são estabelecidas em cultura in vitro. Os mecanismos regulatórios envolvidos devem ser estáveis e, uma vez estabelecidos, são transmitidos às células-filha quando a célula se divide. Existem vários modelos para explicar os mecanismos da regulação génica. A metilação do DNA (uma modificação química que se observa pela ligação de um grupo metil ao carbono 5 da citosina - Fig. 1), suprime a transcrição de determinados genes e também promove a alteração da estrutura da cromatina para formas mais condensadas. Mas, o modelo proposto para explicar a influência da metilação do DNA na expressão génica, não deixa de ser polémico pois, para uma grande parte dos genes envolvidos nesse último fenómeno, torna-se necessário o controle adicional de determinadas proteínas regulatórias. Pretendemos expor alguns dos argumentos e evidências a favor e contra a relação causal entre a expressão génica e a metilação do DNA e, em particular, a influência deste processo nos fenómenos da inactivação dos genes, da marcação parental do genómio, da diferenciação e do envelhecimento das células e organismos.
Este relatório incide sobre o estágio pedagógico desenvolvido no Conservatório Regional de Música de Vila Real, no âmbito do mestrado em ensino de música da Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco e, em particular, num projeto de investigação que pretendeu analisar as dinâmicas musicais, sociais e culturais potenciadas pela classe de conjunto de guitarras, em formato de ensemble, recentemente criada pelo investigador como complemento às aulas individuais de guitarra e que integrou sete alunos de guitarra do 1.º ao 5.º grau. Este estudo enquadrou-se teoricamente em conceitos fundamentais do ensino da música, relacionados com os contextos de aprendizagem musical e sobre os processos de desenvolvimento musical e instrumental, mas também em conceitos de aprendizagem e interação social e de construção de identidades musicais, que podem ser potenciadas pela participação no ensemble de guitarras. Este projeto de investigação-ação contemplou uma intervenção entre novembro de 2015 e junho de 2016, que incluiu aulas semanais de 90 min e seis concertos realizados em diferentes locais e contextos da cidade. Foram realizadas entrevistas a alunos, encarregados de educação e ao diretor pedagógico do conservatório, as quais foram analisadas e interpretadas em articulação com as notas recolhidas através da observação sistemática de todo o processo. Os resultados apontam para o reconhecimento pelos inquiridos do potencial formativo das dinâmicas musicais, sociais e culturais desencadeadas pelo ensemble de guitarras, em conjugação com as aprendizagens desenvolvidas nas aulas individuais de guitarra. Em particular, apontam para importantes aprendizagens realizadas entrepares e para a valorização da música como processo de partilha cultural e de construção de identidade musical.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de mestre em educação pré–escolar e ensino do 1º ciclo do ensino básico.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de mestre em educação pré–escolar e ensino do 1º ciclo do ensino básico.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
O sabor pedagógico na história de vida e na memória oral de professores portugueses contribui para a elaboração do «fazer pedagógico» histórico. Os objetivos de estudo de 35 professores aposentados (M=3; F=32) na década de 90, que frequentaram a escola e Magistério Primário no Estado Novo e exerceram a profissão antes e depois de 1974, são os seguintes: resgatar os saberes guardados nas memórias dos professores, reconstruir e valorizar a educação nesse período; analisar como a pedagogia e a formação de professores fomentou ou não a valorização da profissão; compreender o exercício do «fazer pedagógico» na construção coletiva dos professores. A base teórica foi tida em conta para interpretar o contexto do sistema educativo no estado Novo e pós 25 de abril. A investigação qualitativa decorreu 2008-2012, insere-se no paradigma interpretativo (hermenêutico), utilizando a entrevista em profundidade (gravadas) e a análise de conteúdo das narrativas de vida desses professores, nascidos entre 3 arcos históricos (A=1925-30; B=1931-40; C=1941-55), com idades entre 56 a 90 anos. As categorias de análise e respetivas subcategorias foram: recordações da escola primária, formação no magistério; exercício profissional/experiências até À aposentação e mudanças no ensino. Os professores têm representações coincidentes com o modelo de ensino na época; recordam momentos de ensino, relação pedagógica e material didático, as tarefas e os castigos; no Magistério o currículo/ensino, saberes psicopedagógicos e práticas; a inserção no sistema (exame), as primeiras escolas em África, método de ensinar, o cumprimento de horários, a inspeção, a relação educativa, atividades, etc.; mudanças no ensino (democratização), ações de formação, relação com alunos e pais e políticas da educação. A história de vida no professor que aprende consigo mesmo, que descobre o aprender e o ensinar, valorizando o seu percurso profissional.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Intervenção Social Escolar – Especialização em Crianças e Jovens em Risco.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré – Escolar e Ensino do 1 º Ciclo do Ensino Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Cuidados Paliativos.
Dissertação apresentada à Escola Superior Agrária de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Inovação e Qualidade na Produção Alimentar.
Trabalho de Projecto apresentado a Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré- Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação dp Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-escolar e Ensino do 1º ciclo do Ensino Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso em Engenharia Biológica e Alimentar apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco, do qual só está disponível o resumo.
Na formação dos Educadores de Infância e dos Professores do Ensino Básico deve promover-se a reflexão crítica em torno dos saberes construídos pela Criança, quer no meio, quer na escola – novos saberes/novas culturas. Entre os objectivos dessa formação salientam-se a valorização dos aspectos multi e interculturais e o desenvolvimento, global e integrado, de conhecimentos, de capacidades, de atitudes e de valores para a Educação em Ciência que leve ao exercício de uma cidadania participativa. Em termos metodológicos destaca-se a Resolução de Problemas a partir do tema O FABRICO ARTESANAL DO PÃO. Com base em tradições locais, os futuros profissionais de Educação criam oportunidades de exploração e de descoberta dos meios físico e sócio-cultural do quotidiano da Criança. Uma prática que repense e valorize a sala de aula como espaço de encontro de aprendizagens não formais e de construção de aprendizagens formais pode contribuir para uma participação responsável e solidária na resolução de problemas ao longo da vida.
O presente relatório de estágio, dividido em duas partes, espelha o desenvolvimento da Prática de Ensino Supervisionada desenvolvida ao longo do ano letivo 2015/2016 e a investigação referente ao Projeto de Ensino Artístico. A Prática de Ensino Supervisionada foi desenvolvida no Conservatório de Artes Canto Firme de Tomar e a primeira parte deste trabalho caracteriza todo o desenvolvimento do estágio. O projeto de investigação, que recai em metodologias de estudo para uma melhor prática instrumental da flauta transversal, visa a resolução de problemas de estudo identificados nos alunos, de forma a organizar e planificar o estudo instrumental, recorrendo a diferentes metodologias de estudo. Esta segunda parte apresenta os problemas e objetivos da investigação bem como a fundamentação teórica na qual se baseia a implementação do projeto. A metodologia da investigação baseou-se na recolha de dados através de questionários, observação direta, grelhas de observação e planificações de estudo.
O presente relatório foi elaborado com o objetivo do cumprimento dos requisitos no âmbito do Mestrado em Ensino da Música. Este descreve duas etapas distintas, a ação desenvolvida na unidade curricular de Prática de Ensino Supervisionada e o Projeto de Investigação. A primeira parte do relatório de estágio é dedicado à Pratica de Ensino Supervisionada e divide-se em três partes distintas. No primeiro capítulo é feita uma breve caracterização da instituição de ensino onde o estágio foi realizado. O corpo central desta etapa é constituído pelos elementos relacionados com o desenvolvimento da prática pedagógica: caracterização dos alunos, objetivos, conteúdos programáticos, critérios de avaliação e apresento ainda um conjunto de quatro elementos de ensino e aprendizagem planeadas e implementadas ao longo da prática, seguidas dos respetivos relatórios. Esta primeira parte é concluída com a realização de uma reflexão crítica sobre o trabalho desenvolvido ao longo do ano letivo. A segunda parte que consiste no projeto de investigação, intitulado de A Importância do Manual de Estudos na Aprendizagem do Clarinete, é realizada com o objetivo de solucionar, do ponto de vista teórico e prático, algumas das lacunas presentes na aprendizagem avançada do instrumento. No primeiro capítulo do projeto de investigação é realizada uma recolha de opiniões sobre quais os aspetos técnicos que se revelam mais problemáticos na aprendizagem do instrumento. Seguidamente, após a identificação dos mesmos, é desenvolvida uma abordagem teórica sobre os seguintes aspetos: embocadura, mecanismo e articulação. O último capítulo consiste na recolha e análise de manuais de estudos que permitam ao aluno desenvolver as problemáticas descritas anteriormente. No final do Projeto de Investigação é realizada uma breve reflexão crítica sobre o desenvolvimento deste trabalho e a forma como o mesmo me pode ajudar a obter um melhor desempenho como docente em contexto pedagógico.
Dissertação do Mestrado em Engenharia Zootécnica, ministrado em colaboração pela Universidade dos Açores e pela Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Este relatório retrata a prática de ensino que foi desenvolvida durante o estágio realizado no âmbito da unidade curricular de Prática de Ensino Supervisionada, assim como o trabalho de investigação desenvolvido no âmbito da unidade curricular de Projeto do Ensino Artístico, relatório este dividido em duas partes. A primeira pare, referente à Prática de Ensino Supervisionada, onde é feita a caracterização da escola e dos alunos, apresentando planificações e relatórios de aula, apresentando também uma reflexão critica do trabalho realizado ao longo da referida prática. Apesar de ter uma boa base ser uma peça de extrema importância para o sucesso, no entanto esta é frequentemente efetuada de uma forma leviana o que leva, na maior parte das vezes, a pouca preparação por parte do aluno para a prática do instrumento. Com o intuito de tentar colmatar essa falha, na segunda parte, é apresentada a investigação com o título “A Importância do estudo base e a disciplina no estudo, como suporte para o sucesso e o bom trabalho.”, na qual foi dada acesso ao aluno, durante o terceiro período, a um conjunto de exercícios, que o preparam para prática instrumental, usando uma base em lopping o que faz que seja disciplinado na sua realização.
"Dentro do actual quadro português no que respeita ao (in)sucesso educativo, convém salientar as elevadas taxas de abandono e de retenção do Ensino Superior assim como a metodologia utilizada para o ingresso no mesmo ensino - numerus clausus, classificações mínimas, provas específicas, ... . Esta situação obriga a que se perceba que é urgente o incremento da cultura educativa ao nível do Ensino Secundário e Ensino Superior, o que só se poderá alcançar pela resolução dos problemas de eficiência que caracterizam esses dois patamares de Ensino. Neste contexto, interessa compreender por que razão as exigências de aprendizagem no Ensino Superior reflectem de forma tão flagrante lacunas formativas ao nível do Ensino Secundário e até que ponto esse grau de exigência não é o resultado de pedagogias orientadas para o primado enciclopédico e não para o desejável desenvolvimento intelectual do aluno, quer enquanto futuro profissional quer enquanto cidadão. Factores como a influência social, o ambiente sócio-económico e cultural envolvente do aluno são também objecto de análise no presente trabalho."
O papel da música na aprendizagem tem sido um dos principais interesses em recentes investigações e existe um elevado grau de vantagens, por estas enunciadas, no que refere ao desenvolvimento das crianças, tanto a nível cognitivo como a nível do desenvolvimento pessoal, social e académico. Estudos neurológicos direcionam os efeitos da música para a sua dimensão espacial. A importância da agilidade que a música proporciona, ao nosso cérebro e ao nosso corpo, guia-nos para o seu sentido abstrato, pondo em perspetiva diferentes orientações: visual, auditiva e sinestésica. Sobre o estudo da música a pessoas Deficientes Auditivas, e dada a escassez de estudos sobre a relação da música e a Deficiência Auditiva em Portugal, propusemos então um estudo em que se relacione o papel da orientação que o professor de música tem de ter, e que permita uma perspetiva de sucesso e de autoestima no aluno Deficiente Auditivo, aferindo o papel do Envolvimento entre A (o Aluno Deficiente Auditivo) com B (o Professor) através de C (a Viola Dedilhada). Constatámos através da adaptação da Escala de Envolvimento da Criança (Laevers, 1994), que existiu envolvimento por parte do aluno Deficiente Auditivo, e que esse envolvimento, de acordo com a escala, se traduziu, maioritariamente aos momentos de observação, em nível 4 - “Atividade contínua com momentos intensos”; ocorrendo, só em dois momentos, se traduzir: um, em nível 5 – “Atividade intensa mantida”; e outro, em nível 3 – “Atividade mais ou menos contínua”. Verificámos também que, em vista da melhoria das metodologias de atuação docente, a inovação, em contraposição à maneira tradicional como se ensina música, se tornou numa ferramenta eficaz na gerência e no aperfeiçoamento do processo de aprendizagem do aluno Deficiente Auditivo.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico.
Este artigo pretende reflectir sobre as tendências educativas no cenário escolar actual. O autor interroga-se sobre a existência dessas tendências e/ou movimentos pedagógicos e do seu significado, intentando responder à pergunta; para onde caminha a educação/formação? Este questionamento leva-o a analisar as repercussões pedagógicas nos novos tempos e nos diversos espaços educativos. A emergência das tendências educativas intercepta-se com o novo sujeito histórico-pedagógico em três vectores: o primeiro vector constitui a conexão dos professores dinâmicos e preocupados com as necessidades e problemáticas das novas gerações, o que supõe a recuperação e o debate dialógico das ‘velhas e novas ideias’ e das propostas educativas; o segundo vector refere-se aos discursos e à sensibilidade pelo educar, pelo ensino, pela formação ou pela aprendizagem, isto é, pelas mudanças, contributos e investigações; e o último vector abrange a inovação e o desenvolvimento, a renovação dos movimentos pedagógicos, com expressões organizativas que geram debates à volta das alternativas democráticas do ensino, da missão e função social da escola, da gestão curricular e dos conteúdos pedagógicos, modos de ensinar e aprender nos novos públicos e novas profissões, novos cenários de aprendizagem, novos saberes e culturas, etc.
Este relatório foi elaborado no âmbito da Prática de Ensino Supervisionada e do Projeto do Ensino Artístico e constitui duas partes: a prática supervisionada e o trabalho de investigação. A primeira parte deste relatório consiste na descrição da prática supervisionada num contexto de ensino individual e de música de conjunto. A primeira parte do relatório pretende assim, apresentar toda a contextualização da instituição e dos alunos onde decorreu a prática supervisionada, bem como todas as planificações que constam deste processo. No final pretende-se ainda uma reflexão crítica pessoal da prática pedagógica realizada. A segunda parte deste relatório consiste num estudo de natureza investigativa, que pretende compreender a influência da motivação no exercício da docência no ensino especializado da música. A temática escolhida prende-se com a verificação de que no âmbito desta matéria, existe uma investigação pouco aprofundada sobre a motivação no exercício da docência na área do ensino especializado da música. Como tal, esta investigação torna-se pertinente, face a todo o descontentamento que presenciamos hoje em dia no contexto educacional. O ensino artístico nas últimas décadas tem sido alvo de grandes transformações, transformações essas, que, de igual forma, contribuíram para uma alteração dos contextos envolventes. No seguimento desta temática a investigação pretende explorar a importância da motivação na prática educacional artística e musical, questionando e equacionando os fatores que intervêm direta ou indiretamente no desempenho do docente, bem como fomentar o interesse e desenvolvimento de novas e mais aprofundadas investigações no campo da motivação na docência e com especial enfoque no ensino artístico especializado da música. Foi assim possível verificar que a motivação é fundamental para o exercício da docência. Para tal constatámos que fatores de reconhecimento, relacionamento e de realização profissional e pessoal, demonstram ser preferentemente geradores da motivação, e que fatores externos como as politicas públicas, as condições físicas, o salario, o vinculo laboral, por si só não foram considerados como promotores da motivação. Concluímos assim, que fatores internos apresentaram ser mais geradores da motivação face a fatores externos.
O objectivo deste trabalho foi avaliar a influência que alguns factores podem ter sobre o peso ao nascimento de vitelos Holstein Friesian. Para o efeito, analisaram-se os registos referentes a 349 vitelos nascidos entre 1985 e 2001 numa vacaria localizada em Castelo Branco, região da Beira Interior, Portugal.
O recurso a parâmetros estruturais na classificação da vegetação sob a perspectiva do seu interesse avifaunístico.
Este Poster pretende divulgar algumas experiências realizadas no âmbito de várias acções de Formação Contínua para Educadores de Infância, realizadas ao longo de seis anos (1996/2002), em torno da temática “A Avaliação na Educação Pré-Escolar”. As acções promovidas em torno desta temática pretenderam dar resposta a necessidades de formação identificadas por Educadores de Infância. De facto, durante muitos anos os curricula da Formação Inicial de Educadores de Infância apresentavam um déficit de formação, na área do Desenvolvimento Curricular e Avaliação, situação que contribuía para o empobrecimento das suas práticas profissionais.
A saúde e a sua promoção parecem ter ocupado um lugar preponderante em múltiplos sectores da vida social, muito particularmente nos da educação e da saúde. Este artigo versa sobre promoção da saúde. Baseia-se numa revisão de literatura sobre a temática e pretende ser apenas uma reflexão que sintetize as principais bases conceptuais que estão subjacentes ao tema. Assim, aborda-se o conceito de saúde numa perspectiva evolutiva, salientam-se os principais marcos históricos inerentes à promoção da saúde e reflecte-se sobre o paradigma que sustenta a promoção da saúde
Este artigo visa a exploração de novas formas de visualização de dados geotécnicos que possam ser mais enriquecedoras e mais interactivas que as oferecidas pelos actuais sistemas informação geográfica (SIG). Desta forma os dados são simplesmente um modelo para a construção de uma potencial ferramenta. Na prática pretende- se a implementação de métodos de visualização e interacção que permitam a visualização simultânea dos vários tipos de dados disponibilizados. Este trabalho ainda se encontra numa fase experimental e tem como objectivo explorar várias formas de visualização, verificar a sua validade/adaptabilidade ao caso concreto dos dados geotécnicos. Neste caso de estudo, foram utilizados dados geotécnicos adquiridos através de diferentes modalidades.
O vestuário profissional, é constituído por várias definições, a mais fácil de entender será fardamento. Nos dias de hoje o fardamento é um elemento importante nas mais diversas funções e cargos. Através do fardamento, é possível promover uma determinada imagem e transmitir valores. Mas a principal função, será a de proteger o seu usuário, para que tal aconteça, o criação de fardamento requer inúmeros estudos a nível das características físicas do usuário e local de trabalho. Um fardamento bem concebido, permite um melhor desempenho das funções a que o usuário está destinado, assim como o pode proteger de situações e perigos adversos. A Celtejo é uma empresa com quase 50 anos de conhecimento e experiência na produção de pasta de papel, encontrando-se na vanguarda tecnológica sendo reconhecida internacionalmente pela superior qualidade dos seus produtos. A empresa pretende a inovação do seu fardamento, e a possibilidade de proporcionar, melhor qualidade de trabalho aos seus colaboradores. Para que tal aconteça no presente estudo, a mestranda analisa diversas áreas associadas à criação de fardamento. O foco principal foi a Ergonomia e a Antropometria associadas à criação de vestuário, são áreas presentes no design, e que cada vez mais, são pontos de estudo nas mais diversas áreas. Foi importante para o projeto conhecer as instalações da Celtejo, ouvir opiniões, e identificar problemas. A realização de um inquérito aos colaboradores, permitiu também analisar outros pontos, a melhorar. Após os estudos feitos, iniciou-se a criação da proposta de fardamento, de forma a dar resposta ás necessidades apresentadas. Mantendo a imagem corporativa, são apresentadas peças, com características funcionais, com maior conforto, e que permitem aos seus usuários uma maior proteção.
Tese de Doutoramento em Psicologia, na especialidade de Psicologia Pedagógica, apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, sob a orientação científica do Professore Doutor Manuel Viegas Abreu. No final da Tese de Doutoramento foram incluídos os anexos (p. 440-554).
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico.
O presente artigo descreve e analisa um estudo realizado no contexto da prática pedagógica em educação pré-escolar e ensino do 1º ciclo do ensino básico e que teve como base metodológica os princípios da investigação-ação. A problemática subjacente à realização do estudo relaciona-se com a contributo dos mapas conceptuais na organização e aprofundamento das aprendizagens das crianças, pretendendo identificar as vantagens e os constrangimentos na utilização desta ferramenta cognitiva. As evidências obtidas apontam para a importância da utilização dos mapas conceptuais junto das crianças da amostra pois a sua utilização permitiu que clarificassem e organizassem os seus conhecimentos, desenvolvendo estratégias de representação/visualização da organização estrutural dos conceitos, quer a nível individual, quer em grupo de pares. Por sua vez, através da metodologia de investigação-ação e das técnicas de recolha de dados utilizadas foi possível aferir, com algum rigor, os resultados obtidos, permitindo a implementação de um ciclo de planificações e reflexões promotoras de ajustamentos na intervenção pedagógica. Destacamos, ainda, o facto de, fora do contexto das intervenções investigativas, as crianças terem tido a iniciativa de construir mapas conceptuais como um recurso de sistematização e consolidação da informação, indiciando a interiorização e a generalização da sua utilização a outros conteúdos e situações.
Partindo do pressuposto que a noção de propriedade é um conceito social com um fim organizador das atividades humanas, logo cultural e intercultural, submetida a um enquadramento legal, cuja fundamentação é de âmbito económico, aqui abordaremos como essa concepção condiciona a inovação. São as estratégias defensivas, das vias internacionais de proteção das invenções e das patentes que regulam o uso e o acesso ao património humano, com o fim de evitar a expropriação pela cópia, pelo roubo ou pela apropriação, assim como por plágio ou por falsificação. Leis de propriedade, que atentamos como dados impermanentes, o que, coloca em causa uma das instituições mais enraizadas, a do poder jurídico. No âmbito da nossa investigação, ao consideramos o design como impulsionador da inovação, por poder incrementar o fluxo da transferência de tecnologia por via dos Centros Tecnológicos, entre os territórios da indústria transformadora e as universidades, a proteção é um factor crítico para a dinâmica de inovação e para a sociedade.
No Projecto POCI/AGR/59180/2004, concluído em 2009 (cf. Lobo-Ferreira et al., 2009), apresenta-se uma metodologia para avaliação quantitativa dos impactos dos fogos florestais na quantidade e qualidade das águas superficiais e subterrâneas. Nesta metodologia procura-se avaliar as alterações que possam ter ocorrido após o fogo: (A) em volumes de recarga, (B) volumes de escoamento superficial, (C) qualidade das águas superficiais e subterrâneas. Esta metodologia considera: (1) tipo e densidade de coberto vegetal à data do incêndio; (2) tipos de poluentes que podem ser libertados pelas diferentes comunidades vegetais afectadas pelo fogo; (3) extensão e volume do aquífero e sua porosidade eficaz, para aferir dos volumes de reservas de água; (4) recarga média anual; (5) tempo de permanência das águas no sistema subterrâneo. Para a avaliação do tipo e densidade de coberto vegetal e consequente biomassa combustível à data do incêndio usou-se a inventariação fitossociológica, cartografia da vegetação, análise estatística multivariada e estimativa da biomassa florestal ardida, realizada pela Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco. Os tipos e cargas poluentes libertados calcularam-se com base nos valores de biomassa ardida e estudos (realizados por INETI – Departamento de Engenharia Energética e Controlo Ambiental) de cinzas de ensaios de combustão de espécies florestais e arbustivas representativas do coberto vegetal ardido, e ensaios de lixiviação de solos e cinzas. A avaliação das variações na recarga baseou-se na informação recolhida nos estudos quantitativos realizados na bacia de Manteigas, associada a modelos hidrológicos conceptuais e cenários de variação de escoamento e evapotranspiração quando a informação não era suficiente para colmatar as lacunas de conhecimento. Com base na biomassa ardida, características composicionais das suas cinzas e potenciais de lixiviação, calculou-se a quantidade e tipo de poluentes em fase sólida e dissolvida passíveis de entrar nas águas superficiais e subterrânea. As características hidráulicas dos meios geológicos afectados deram os volumes de armazenamento e as prováveis velocidades de circulação nestes materiais, o que serviu para prever espaços temporais de contaminação da área. Da avaliação dos volumes de carga poluente calculados e dos dados de campo de decaimento destas cargas poluentes nas águas superficiais e subterrâneas em zonas de coberto vegetal similar estabeleceram-se cenários possíveis do tempo de desaparição do poluente na área ardida. Nesta comunicação realçam-se os aspectos relacionados com a caracterização e análise do coberto vegetal lenhoso e o seu contributo para a produção de cinzas resultantes de incêndios florestais.
O presente relatório de estágio incide sobre a unidade curricular de Prática de Ensino Supervisionada, desenvolvida na Fundação Conservatório Regional de Gaia. É realizada uma contextualização do meio escolar e das classes de Violino e Classe de Conjunto do Conservatório, seguindo-se a descrição do desenrolar da prática em si, encerrando-se com uma reflexão sobre a mesma. Este relatório também incide sobre a unidade curricular de Projeto de Ensino Artístico, na qual foi desenvolvido um projeto cujo objetivo investigativo é verificar os eventuais efeitos da classe de conjunto Suzuki no desenvolvimento musical, social e pessoal dos alunos num contexto onde são combinadas aulas individuais e de conjunto. Foi realizada uma revisão literária, discutindo conceitos como a aprendizagem e a fluência musical sob o ponto de vista de Keith Swanwick, o Método Suzuki, a memorização e a imitação, a aprendizagem em conjunto e as relações sociais desta resultantes e o papel da ansiedade na performance. Assim, foi realizada uma investigação-ação que visava analisar os efeitos da classe de conjunto no desenvolvimento musical e sociopessoal dos alunos derivados de uma intervenção que consistiu em lecionar aulas individuais e de conjunto semanais. Neste sentido, recolheram-se dados de diversas fontes, através da observação direta, com registo de notas de campo, do preenchimento de grelhas de registo de níveis de competência e da realização de entrevistas, levantando as perceções dos alunos e encarregados de educação de alunos que frequentam ou não as aulas de conjunto. Seguidamente, foram retiradas as conclusões do estudo, que parecem apontar para a existência de benefícios no desenvolvimento das crianças, num ensino que conjugue aulas de conjunto e aulas individuais.
A etnografia, no âmbito do conceito de tradição, revela um conjunto de bens culturais, como os costumes, crenças e valores, práticas culturais, comportamentos, memórias que são transmitidas de geração em geração no seio de uma comunidade, preservando-os. Nos dias de hoje, são notórias determinadas manisfestações, no que respeita ao Design de Moda e Têxtil, na criação de vestuário e acessórios, permitindo uma maior visibilidade de uma forma contemporânea e modernizada. Devido a uma decadência, assim como a perda de determinados aspectos relativos à tradição de determinadas zonas, surge a necessidade da sua recuperação, através da criação de produtos que evidenciam e valorizam características culturais, com o fim de atrair e cativar o público, aumentando o interesse e a procura de produtos com estas particularidades. A instituição “Os teares do Estreito”, apoiada pela Junta de Freguesia do Estreito Vilar Barroco, concelho de Oleiros, consciente da declinação da prática da tecelagem na zona e da preocupação com falhas identificadas a nível da procura de produtos com características culturais e tradicionais, propôs gerar soluções para tais problemas que teimam em pressistir. Perante a deteção das necessidades, delineou-se um projeto que visa a criação de um produto ou coleção, no âmbito do Design de Moda e Têxtil, recuperando e valorizando a utilização de técnicas em teares de forma contemporânea, da zona do Estreito, concelho de Oleiros. Na sequência da elaboração de um diagrama projetual, reuniram-se as diversas fases da investigação para dar uma resposta qualitativa, e formularam-se questões de partida: 1. De que modo o Design Têxtil pode evidenciar e valorizar os costumes e tradições, neste caso, na zona do Estreito, concelho de Oleiros? 2. Qual o contributo e benefício do Design Têxtil para a instituição “Os teares do Estreito”, na conceção e produção de um produto ou coleção? 3. De que forma é possível a integração de conceitos, métodos, costumes e tradições, da zona do Estreito, num produto moda? De um modo experimental, surge a necessidade de recorrer a uma metodologia de investigação mista - não intervencionista e intervencionista, procurando dar resposta às diversas questões e apresentação de um argumento. Na investigação não intervencionista, procurou-se provar as questões de partida, mediante a aplicação de diversas técnicas, tais como a pesquisa documental e entrevistas. A investigação intervencionista resume-se a uma componente projetual, aliada à conceção criativa no âmbito do Design de Moda e Têxtil e Marketing de produto
A vida útil de alimentos perecíveis preservados na atmosfera normal é limitada principalmente pelo efeito do oxigénio atmosférico e o crescimento de microrganismos aeróbios que causam alterações no odor, sabor, cor e textura, levando, consequentemente, à perda de qualidade. A modificação da atmosfera prolonga significativamente a vida útil dos alimentos em comparação com a refrigeração, que pode aumentar de três a quatro vezes. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da embalagem de requeijão em atmosfera modificada. As amostras foram divididas em três lotes com diferentes percentagens de gás e embalados com aproximadamente 0,5 L de requeijão. Lote - T0 (embalagem de controlo, sem atmosfera), segundo lote T1 (30% CO2 + 70% de N2), terceiro lote T2 (50% CO2 + 50% de N2). Estes três lotes foram conservados a uma temperatura de 2°C durante dezoito dias. As condições do requeijão foram avaliadas durante os dezoito dias, nas diferentes atmosferas, por meio de análises físico-químicas, microbiológicas e sensoriais. Embora o tratamento T2 tenha produzido resultados interessantes a nível microbiológico, o investimento da compra de uma termoseladora não é justificado, uma vez que, os outros tratamentos também obtiveram resultados semelhantes.
Dissertação de Mestrado apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física.
O presente trabalho encontra-se dividido em duas partes. A primeira parte diz respeito ao estágio profissional com realização no âmbito da unidade curricular de Prática de Ensino Supervisionada e a segunda parte aborda o trabalho de investigação desenvolvido na unidade curricular do Projeto de Ensino Artístico. Na primeira parte é feita a caracterização da escola e dos alunos, contendo também as planificações e os relatórios de aula. Na segunda parte é apresentado o trabalho de investigação com o tema “O repertório para clarinete no último ano do curso complementar: criação de ferramentas e metodologias para a prática de estudo” onde se abordou a falta de suporte para a prática de estudo de um aluno do último ano do curso complementar. Os resultados da investigação apontam para a conclusão de que merece a pena especificar várias técnicas e estratégias e aplica-las a obras, servindo assim de ferramenta importante para o estudo das mesmas. Com o cuidado de validar o melhor possível as sugestões de exercícios aplicáveis nas obras escolhidas como alvo ou representativas, foram feitos dois tipos de investigação sendo, uma abordagem empírica, que foi crucial quer para o esclarecimento da falta de suporte para o estudo das peças musicais quer para validar os exercícios propostos. Assim como um estudo do caso onde foram aplicadas essas mesmas sugestões onde não foram impostas durante a observação direta, mas propostas pela aluna que integrava a amostra do estudo. Através de várias visões de diversos autores da pesquisa na área da prática de estudo, foi esclarecedor de que este tema cada vez mais é importante como leitura quer de alunos, professores e músicos profissionais. Como complemento aos exercícios propostos, de forma a ampliar as ferramentas para a prática das obras propostas, a contextualização história das mesmas obras permite um suporte mais abrangente sobretudo no que diz respeito às ideias orientadoras para perceber melhor o caráter e o tipo de som adequado a cada obra.
A presente proposta remete para a Comunicação Corporativa do Município de Tábua. A importância da representação gráfica das cidades e vilas deixou de ser apenas um contributo inovador. Na década de trinta do século XX, as cidades e vilas ganharam uma estruturação gráfica, de modo a uniformizá-las, através de brasões municipais. O brasão mantém-se ainda hoje como elemento gráfico de assumido destaque para as autarquias. Figura no protocolo autárquico como símbolo da cidade ou vila e é usado, nomeadamente, em suportes de comunicação institucional. Nas últimas décadas, as cidades e vilas sentiram a necessidade de afirmar a sua identidade através de um sistema gráfico que as permitisse distinguir de todas as outras. O crescimento acentuado da fixação das pessoas nas cidades e vilas, faz com que elas, hoje em dia, vivam num ambiente fortemente competitivo, daí a existência de concorrência entre si como forma de atraírem investimentos e pessoas. Deste modo, não podemos menosprezar a diferenciação através de uma marca como elemento de afirmação da identidade da cidade. O objetivo deste estudo é clarificar, antes de mais, o significado da marca e a sua aplicação na identificação do concelho de Tábua. A metodologia adotada será ativa e intervencionista e terá um estudo de caso global que depois se divide em pequenos estudos de caso. Podemos dizer que as gramáticas gráficas usadas nas atuais marcas municipais podem afirmar a cidade ou a vila. Pretende-se, portanto, numa primeira fase, uma investigação sobre todos os elementos históricos da vila de Tábua, para numa segunda fase, criar uma identidade global forte e que mostre bem o espírito de afirmação deste município perante os outros.
O presente trabalho pretende abordar a importância da consciencialização técnica no estudo do Canto Lírico. Está estruturado em três momentos principais. O primeiro faz referência à revisão bibliográfica sobre o conceito de Canto: fisiologia e aplicações, assim como à informação existente sobre o conceito de talento. O segundo momento expõe a metodologia seleccionada, baseada nos ensaios de Robert A. Duke “Intelligent Music Teaching – Essays on the Core Principles of Effective Instruction” e na promoção da consciencialização das várias componentes técnicas essenciais à voz e à sua potencialização. Esta abordagem foi aplicada nas aulas individuais de canto de uma aluna, no âmbito da Prática de Ensino Supervisionada. Por fim, no terceiro momento, serão analisados os resultados do trabalho realizado com a aluna assim como as respectivas conclusões.
O Diagnóstico para a Sustentabilidade do Concelho de Castelo Branco tem dois grandes objectivos: - Apresentar um diagnóstico do Concelho, simples e acessível; - Apontar para as Áreas Estratégicas, em que assentará Castelo Branco Agenda XXI, posteriormente validadas pela comunidade/actores locais. Tem como propósito abranger e integrar num mesmo documento uma descrição actual e representativa dos sistemas ambientais, sociais, económicos e institucionais do concelho de Castelo Branco, resultando na identificação das suas potencialidades e fragilidades. Deste modo, obtém-se a definição das oportunidades e ameaças do concelho, de forma a assentar as grandes opções estratégicas do Desenvolvimento Sustentável, através de um modelo – Castelo Branco Agenda XXI. Assim, o Diagnóstico para a Sustentabilidade permite avaliar a realidade concelhia e efectuar uma análise prospectiva, nomeadamente no que respeita à identificação de problemas e oportunidades, em consonância com o já planeado pela CMCB, no sentido do Desenvolvimento Sustentável e da melhoria da qualidade de vida.
Tesis doctoral presentada por Maria Cristina Canavarro Teixeira en satisfacción de los requisitos necesarios para optar al grado de doctor europeo por la Universidad de Córdoba. Dirigido por el Prof. Dr. Jose M. Caridad y Ocerin y la Profa. Dra. Nuria Ceular Villamandos
Abordamos o escolanovista Faria de Vasconcelos, no âmbito da pedagogia moderna, da experiência na escola de Biérges (Bélgica) e da educação especial, com crianças anormais escolares. Com uma análise hermenêutica e histórico-descritiva, sobre o seu pensamento e ação pedagógica, pretendemos como objetivos: aprofundar a sua experiência em Biérges, integrada na Escola Nova, que envolvia os alunos para a inclusão, o poder de iniciativa, a observação, a experimentação e a cultura integral, ligando pensamento-ação; analisar os contributos dados à educação das crianças ‘anormais pedagógicas’ e às escolas, desde a reeducação mental e pedagógica. O marco teórico de análise assenta nas obras de Vasconcelos. O ensino partia sempre da aplicação prática, da aprendizagem por indagação, resolução de problemas e no trabalhar ‘fazendo’, desenvolvendo as dimensões básicas da criança: física, intelectual, moral e a cooperação cívica. A atenção especial dedicada aos ‘anormais’ que, na época não tinham escolas especiais, foi um contributo enorme à educação especial, realizando exames psicopedagógicos, diagnósticos e intervenções, que davam uma orientação útil às escolas e professores. Muito do que fez o nosso escolano vista estimulou escolas na época e a formação de cidadãos livres, produtivos, com uma cultura geral e formação profissional. As propostas de Vasconcelos enquadram-se em algumas diretrizes da educação especial e apoio psicopedagógico
Considerando que é importante mobilizar os agentes locais para um caminho que deve ser comum, formataram-se vários momentos de reunião e discussão para, em conjunto, verter para "Castelo Branco Agenda XXI" um Plano de Acção com medidas que unam e co-responsabilizem todas as entidades neste processo de crescimento, sob o padrão inovador que o caráter prático e planeado de uma Agenda Local impõe. As reuniões sectoriais e de proximidade que foram promovidas e o período de consulta do Diagnóstico para a Sustentabilidade do concelho, possibilitaram identificar os caminhos da Sustentabilidade de Castelo Branco, que são apresentados neste relatório.
Objetivo: conhecer a opinião das crianças sobre o envolvimento parental. Metodologia: A amostra é constituída por 203 crianças praticantes de futebol, entre os escalões de infantis e iniciados. O instrumento utilizado foi o questionário adaptado do “Parental Involvement Sport Questionnaire” de Lee e Mclean (1997). Resultados: Na opinião das crianças há um grande envolvimento dos mesmos na prática desportiva dos filhos. Conclusões: estudo demonstrou que há diferenças na influência e intervenção e no incentivo e preocupação dos pais na prática desportiva dos filhos, entre os infantis e iniciados. Há também diferenças no incentivo e preocupação dos pais na prática desportiva dos filhos e no espírito desportivo, entre os pais que têm habilitações literárias altas e baixas. Há ainda diferenças na influência e intervenção dos pais na prática desportiva dos filhos e no incentivo e preocupação com essa prática, entre os pais com e sem prática desportiva.
Dissertação para obtenção do Grau de Mestrado em Contabilidade e Auditoria, apresentado à Universidade Aberta
A competitividade regional refere-se à capacidade de uma região para implementar e manter um ambiente económico que permita, de modo sustentado, criar valor para as empresas e proporcionar um elevado nível de vida para a população; depende, não só da competitividade das empresas locais mas, fundamentalmente, do ambiente empresarial que a região propicia. Os modelos de inovação territorial permitem materializar a relação entre o território/região e a sua capacidade de criação de conhecimento, aproveitamento das oportunidades de inovação e sua consequente difusão. Nesta comunicação pretendeu-se analisar o desempenho inovador da região NUT III Beira Interior Sul, através da aplicação do modelo da Tripla Hélice. Assim, mediante uma metodologia qualitativa, com recurso á entrevista e a dados secundários, foi possível identificar e caracterizar os actores regionais que constituem o modelo bem como as instituições de interface que resultaram do estabelecimento de redes organizacionais entre os actores individuais. As actividades já desenvolvidas e os projectos que estão a ser concluídos permitem inferir sobre o impacto positivo da Tripla Hélice na competitividade regional e considerá-la como o embrião de um futuro sistema regional de inovação.
Dissertação de Mestrado em Fruticultura Integrada apresentada à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Problema de investigação: Inexistência do registo dos componentes de saúde, de forma a identificar ganhos em saúde na população portadora de doenças crónicas. Questão orientadora: Classificação Internacional de funcionalidade e Saúde (CIF) no Sistema de Saúde para identificar ganhos em saúde na população portadora de doenças crónicas. Objectivo geral: Definir orientações estratégicas para o desenho da estratégia de implementação da CIF. Objectivos específicos do estudo: 1.º Identificar barreiras à implementação desta Classificação no Sistema de Saúde; 2.º Identificar critérios relevantes para o planeamento de uma acção educacional que facilite a implementação da CIF e 3.º Identificar as oportunidades e ameaças, pontos fortes e os pontos fracos da implementação da CIF. Tipo de estudo: Qualitativo com metodologia descritiva transversal, recorrendo a grupo focal, questionário e painel de Delphi. Amostra: Profissionais de saúde, com experiência profissional em doenças crónicas e conhecimento das classificações da Organização Mundial de Saúde. Conclusões: As barreiras ao processo de implementação são: ausência de um modelo educacional; incompatibilidade com os sistemas de registo existentes e desconhecimento do modelo de aplicação da CIF. A acção educacional para a implementação da CIF contempla formação presencial e em exercício para grupos multiprofissionais, com o objectivo de facilitar o processo de mudança e aumento da qualidade dos serviços prestados, recorrendo ao trabalho de equipa e às Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). As orientações estratégicas identificadas para a implementação da CIF no Sistema de Saúde centram-se no desenvolvimento de modelos de operacionalização da CIF para o Serviço Nacional de Saúde. ABSTRACT Research problem: No existence of health components registration in order to identify gains in health in the population with chronic diseases. Guiding question: International Classification of Functionality and Health (ICF) in the National Health System to identify gains in health in people with physical or chronic diseases. General objective: Define the strategic guidelines for the design of the strategy for ICF´s implementation. Study specific objectives: 1st – Identify barriers when implementing this classification in the National Health System; 2nd – Identify relevant criteria when planning an educational action to facilitate ICF´s implementation; 3rd – Identify opportunities, threats, strengths and weaknesses of ICF´s implementation. Type of study: Qualitative methodology with descriptive transverse, using focus group, questionnaire and Delphi panel. Sample: Health professionals with experience in and knowledge of chronic diseases classifications of the World Health Organization. Conclusions: The barriers to the implementation process are: absence of an educational model, incompatibility with the existing registration systems and lack of a model for implementing the ICF. The educational action for ICF´s implementation comprises presential training for multidisciplinary groups to help with the process of change and increase the quality of services provided, resorting to teamwork and Information and Communication Technologies. The strategic guidelines identified for ICF´s implementation in the Health System are focused on ICF`s development for the operationalization of the National Health Service.
Projeto do Ensino Artístico implementado no Conservatório Choral Phydellius. Aprenta dados sobre a dislexia e o ensino do piano recolhidos através da revisão e análise de da literatura e análise de relatórios de aula. Consiste na aplicação de um sistema de notação musical adaptada.
O pensamento médico europeu acerca das epidemias – desde a oposição limpo/sujo, à poluição, à malaria, aos seminariae pestíferos até à microbiologia do séc. XIX – esteve sempre dominado pelas figuras do miasma, do asqueroso, do excremento, do imundo, do corrupto, do contágio. Adoptando genericamente o quadro teórico foucaultiano, investigamos aspectos da epistemologia histórica e da ética da Saúde Pública. Focamos, sucintamente, o Sanatório como paradigma da história recente da gestão pública da tuberculose (TB) em Portugal e (ainda mais esquematicamente), discutimos, em paralelo, os problemas epistémicos, técnicos e éticos suscitados pelos perigos de uma pandemia de gripe. Abordamos o estatuto da disjunção contágio/transmissão, os sistemas de inclusão e de exclusão, as diferenças entre incerteza, risco, perigo, precaução e prevenção. Tematizamos o poder disciplinar, a reificação, a indiferenciação, a biopolítica. Propomo-nos dar um contributo para o debate público em torno de uma Ética da precaução, mostrando que a pragmática da Saúde Pública não deixa de convocar, a vários níveis, as velhas categorias doethos médico, entre elas, a catarse, a crise e o kairos.
Na primeira parte do trabalho efectuámos uma revisão bibliográfica abordando algumas particularidades da alimentação dos ruminantes, animais que desempenham um papel determinante na manutenção dos sistemas de agricultura sustentada (Capítulo 2). No Capítulo 3 demos ênfase à caracterização da estrutura da parede celular e aos factores que afectam a sua digestibilidade. Desenvolvemos depois (Capítulo 4) aspectos relacionados com os processos de degradação da parede celular. Os microrganismos presentes no rúmen, produzem uma multiplicidade de enzimas que conferem ao ecossistema ruminal particularidades específicas que permitem ao ruminante utilizar alimentos fibrosos. No Capítulo 5, abordámos o metabolismo azotado da população microbiana do rúmen, referindo aspectos relacionados com a síntese dos seus constituintes azotados, com a degradação do azoto proteico e não proteico e com a eficiência microbiana e crescimento. Na parte experimental do nosso trabalho analisámos os efeitos que diferentes níveis de suplementação de dois alimentos forrageiros, com uma fonte azotada (ureia) e uma fonte energética (polpa de citrinos desidratada), tiveram na cinética de fermentação in vitro e na digestibilidade in vitro daqueles alimentos fibrosos. Para o efeito usámos um feno de prado natural e uma palha de trigo que foram estudados individualmente ou em mistura com a polpa de citrinos desidratada e/ou ureia. A cinética de fermentação foi determinada utilizando o método da produção de gás, com as amostras a serem incubadas durante 96 horas com licor de rúmen mais uma solução nutritiva tampão. O modelo logístico de duas fases foi utilizado para descrever a cinética de fermentação in vitro. Numa primeira fase (Capítulo 6), verificámos que a adição de ureia, entre valores que variaram de 1,43% a 3,91% da MS, provocou o aumento do tempo de latência e uma progressiva diminuição dos valores obtidos para o volume de gás produzido e para a taxa máxima de produção de gás das primeira e segunda fases de fermentação, e para o volume total de gás produzido durante as 96 horas de incubação. A adição de polpa de citrinos melhorou significativamente a produção de gás e a taxa máxima de produção de gás da primeira fase de fermentação e o volume total de gás produzido durante o período de incubação, reflectindo maior actividade microbiana no início da incubação do susbtrato. A ureia, como única fonte azotada suplementar de fenos e palhas, só deverá ser adicionada se também for usado umsuplemento energético. Com excepção dos substratos em que só foi utilizada polpa de citrinos+ureia, a produção de gás na segunda fase de fermentação foi significativamente maior do que na primeira fase. No Capítulo 7, verificámos que os resultados médios obtidos para as digestibilidades in vitro da MS e do NDF, determinadas após 48 horas e 96 horas de incubação, foram idênticos. Analisando caso a caso, encontrámos diferenças significativas em 58,3% dos substratos. Verificámos que, os coeficientes de correlação e de determinação calculados entre a digestibilidade in vitro da MS e do NDF ao fim de 48 horas de incubação e os parâmetros que definem a cinética de fermentação e o conteúdo das amostras em NDF, ADF, hemicelulose e celulose, foram mais elevados do que quando se considerou digestibilidade in vitro após 96 horas de incubação. Concluímos que, enquanto não estiverem disponíveis maior número de resultados, a digestibilidade da MS e do NDF deve ser sempre calculada após 48 horas de incubação. Os coeficientes de determinação muito elevados entre a digestibilidade in vitro da matéria seca após 48 horas de incubação e o volume de gás produzido na primeira fase de fermentação, a taxa máxima de produção de gás na primeira fase e o volume total de gás durante o período de incubação permitiram calcular equações de regressão (0,9690,852), que poderão ser utilizadas para estimar, com rigor, a digestibilidade in vitro da matéria seca dos alimentos a partir de alguns valores que definem a cinética de fermentação in vitro. A partir dos coeficientes de correlação negativos elevados, determinados entre a fracção ADL das amostras e a digestibilidade in vitro da MS (r=-0,901) e do NDF (r=-0,622), concluímos que a lenhina influenciou negativamente a digestibilidade dos substratos. O modelo logístico de duas fases permitiu estimar com precisão os parâmetros que definem a cinética da fermentação in vitro mesmo utilizando substratos com uma composição química muito diferente. Os coeficientes de determinação (r2) calculados foram muito elevados variando entre 0,998 e 0,989. Determinámos coeficientes de correlação elevados (0,7970,614) entre o tempo de latência e a quantidade de NDF, ADF, ADL, hemicelulose e celulose presente na amostra. Verificámos que a quantidade de substrato efectivamente degradado necessária para a produção de 1 ml de gás, diminuiu com o aumento da digestibilidade in vitro dos alimentos e determinámos uma correlação elevada entre a quantidade de substrato efectivamente degradado, e os volumes de gás produzidos na primeira fase de fermentação e durante todo o período de incubação.
O estudo da população do Império Português conta com um vasto corpus de dados estatísticos, desde meados do século xviii. No entanto, estas fontes revelam uma grande diversidade de conteúdos, devido à organização de dados e a realidades sociais diferentes. Esta circunstância pressupõe a necessidade de se proceder a uma análise muito cuidadosa da qualidade das fontes, antes de identificar e reconstruir os principais indicadores emográficos da população colonial. É nosso objetivo proceder, de forma exploratória, a uma crítica interna das fontes e analisar, sempre que possível, a qualidade dos dados através de métodos testados, em mapas de 1804 de Goa, Angola e Paraíba do Norte (Brasil).
Este relatório é referente ao percurso académico, relativo ao ano letivo 2015/2016, onde visa a divulgação do trabalho realizado pela mestranda. O mesmo é subdividido em duas partes, uma prática (através da realização de um estágio curricular) e uma posterior reflexão e pesquisa. O estágio foi realizado no estrangeiro, mais precisamente em Londres, no atelier do designer Marios Schwab. O anterior teve a duração de três meses, sendo o mês de Novembro de 2015 o mês de início, e Janeiro de 2016, o mês de término. A aprendizagem realizada no estrangeiro foi fundamental pois a aluna, para além de expandir horizontes, teve a oportunidade de comparar e aprender a metodologia de trabalho utilizada naquele atelier específico. Após a conclusão do trabalho em atelier, procedeu-se à reflexão e investigação, deste conjunto e a aluna notou a necessidade de criar uma linha casual para a marca. Esta necessidade foi detetada num evento realizado pela marca, no qual a mestranda compareceu e colaborou. Sample sales era o nome do evento onde a estudante detetou a procura do consumidor por peças casuais. Assim, propôs-se a criação de uma coleção cápsula de cinco coordenados femininos para a estação Primavera - Verão 2017, onde a estética e a qualidade pela qual o designer é conhecido continuasse presente. A coleção mencionada anteriormente teve o conhecimento do designer de moda Marios Schwab.
Este texto apresenta uma investigação realizada em Portugal, cujos resultados apontam para o facto da produção de jornais escolares, por alunos do 2º e 3º Ciclo, contribuir para desenvolver a Literacia dos Media e a Educação para a Cidadania, bem como para promover a utilização da Tecnologias de Informação e Comunicação na sala de aula.
Os modelos de avaliação (‘accountability’ – prestação de contas, ‘assessment’, ‘appraisal’, ‘self-evaluation’) conjugam no seu processo de aplicação alguns elementos relacionados com o contexto, com o ambiente cultural, com os procedimentos e resultados. Avaliar as universidades implica conhecer a sua natureza e configuração, a sua funcionalidade e especialização, enquanto instituições de ensino superior, enraizadas numa determinada região ou país. O autor pretende neste artigo, por um lado, analisar o cenário das experiências de avaliação e de (auto) análise institucional nas universidades (cenário na Europa) e, por outro lado, reflectir sobre a implementação da avaliação institucional, da aprendizagem organizacional e da relação entre estes dois conceitos, já que constitui ambos uma variável determinante para a gestão das universidades e/ou instituições de ensino.
O presente relatório de estágio pretende divulgar os projetos desenvolvidos na empresa Dielmar, bem como novos métodos e estratégias de divulgação da marca implementados pela equipa pioneira de design gráfico. Encontrando-se no mercado há cerca de cinquenta anos, a Dielmar, situada em Alcains, Castelo Branco caracteriza-se por uma empresa de vestuário masculino de segmento médio/alto. Apresentando-se como a única empresa de alfaiataria por medida do país, com mercados internacionais, pretende divulgar uma imagem única, moderna e inovadora. Como tal, o presente estágio contribuiu para o desenvolvimento de projetos que possibilitaram uma imagem mais apelativa da empresa, divulgando os serviços prestados por esta. A Dielmar teve como objetivo delinear um projeto inovador, que começa pela criação de uma equipa de design gráfico nunca antes existente na empresa. O plano delineado começa pelo redesign dos elementos gráficos existentes na empresa e a introdução de formas inovadoras e mais apelativas de comunicar um produto ou serviço sem perder a sua identidade. Paralelamente ao programa de estágio, foi desenvolvido um estudo sobre a temática “comunicação corporativa integrada”: foi efetuada uma análise de como é elaborada a comunicação de uma empresa ligada ao design de moda no setor masculino. Neste estudo, foi realizada uma análise dos meios de comunicação utilizados para divulgar o produto têxtil masculino, isto é, as cores e os elementos a utilizar, a linguagem, a forma de captar a atenção dos clientes, entre outros aspetos. Sendo a Dielmar o tema principal de estudo, ao realizar uma investigação das suas estratégias de marketing e comunicação e o impacto que criam no público, destacaram-se alguns aspetos positivos e negativos, como tal, foi necessário analisar os mercados concorrentes de forma a obter informações acerca dos métodos mais eficazes na divulgação de uma marca, produto e serviços.
O presente documento constitui a primeira fase do processo de Avaliação Ambiental Estratégica (AAE), o Relatório de Factores Críticos para a Decisão (FCD) da AAE da proposta de Revisão do Plano Director Municipal (PDM) de Oleiros. Segundo a alínea a) do n.º 1 do art. 3ª do D.L. n.º 232/2007 de 15 de Junho, que transpôs para a ordem jurídica interna as Directivas nºs 2001/42/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27 de Junho, e 2003/35/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 26 de Maio, estão sujeitos a avaliação ambiental “os planos e programas para os sectores da agricultura, floresta, pescas, energia, indústria, transportes, gestão de resíduos, gestão das águas, telecomunicações, turismo, ordenamento urbano e rural ou utilização dos solos...”, onde se incluem os Planos Municipais de Ordenamento do Território (PMOTs) e respectivas revisões. É neste âmbito que se realiza a presente AAE. Para a sua elaboração foram seguidas as orientações do “Guia de Boas Práticas para a Avaliação Ambiental Estratégica – Orientações Metodológicas” da Agência Portuguesa do Ambiente (2007). De acordo com o referido Guia, no Relatório Ambiental serão identificadas as potencialidades do PMOT que possam contribuir para uma melhoria das condições ambientais e de sustentabilidade e pela identificação e prevenção de acções que possam causar impactes negativos. Esta primeira fase corresponde ao estabelecimento dos Factores Críticos para a Decisão e definição do contexto para Avaliação Ambiental Estratégica. O Relatório de Factores Críticos para a Decisão destina-se a estabelecer o alcance e o nível de pormenorização da informação a incluir no relatório final. Não é objectivo deste relatório realizar qualquer avaliação ambiental, mas sim identificar os factores críticos para a decisão, que permitirão avaliar, numa segunda fase, a sustentabilidade da proposta de Revisão do PDM de Oleiros.
O Plano de Desenvolvimento Integrado do Município de Vila Velha de Ródão foi elaborado com o intuito de servir de suporte ao planeamento de acções de intervenção no território, conforme as indicações da Portaria n.º 1037/2009 de 11 de Setembro. Em territórios com as características biofísicas e socioeconómicas como as do Concelho em apreço, as orientações aceites para desenvolvimento e promoção da competitividade, passam por uma actuação conducente ao reforço da capacidade de competição do sector agrícola. Neste contexto, as infra-estruturas disponíveis assumem um papel crucial. Como tal, e com base no diagnóstico efectuado, as acessibilidades emergiram como área crítica a que urge atender no sentido de corrigir a situação. Por isso a proposta de intervenção que apresentamos é essencialmente focada na melhoria das acessibilidades às explorações agrícolas. Com esta infra-estruturação pretende-se potenciar a pequena e média empresarialidade agro-industrial, que constitui um sector preponderante na economia local, promovendo a sua modernização, diversificação e viabilização das actividades produtivas, com vista à melhoria do seu rendimento e prestação ambiental. Em função do diagnóstico formulado pela equipa técnica envolvida no estudo, com base em observação directa, auscultação de interlocutores de referência e análise de dados documentais e estatísticos, o desenho global da intervenção consubstancia-se num conjunto de beneficiações de caminhos que ao verificarem-se em muito potenciarão o desenvolvimento do território, assegurando as condições básicas necessárias à viabilização de investimentos relevantes do ponto de vista económico.
Dissertação apresentada à Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra para obtenção do Grau de Mestre em Ciências Empresariais - Especialização em Estratégia Empresarial.
O presente relatório foi elaborado no âmbito do Curso de Formação de Dirigentes da Administração Pública-FORGEP, Edição Suplementar de Coimbra e apresenta, num plano puramente académico, uma proposta de aplicação do Balanced Scorecard à Coudelaria de Alter.
O objectivo do estudo foi testar métodos de análise ambiental que permitam analisar o efeito de tipologias específicas de perturbação de modo a permitir a sua utilização prospectiva no processo de planeamento e gestão do território. Para tal procedeu-se à análise em termos de usos e funções ecológicas a evolução de uma área de características sub-regionais, localizada na Península de Setúbal. Trata-se de uma faixa com orientação W-E, abrangida pelas folhas n.º 453 e 454 da Carta Militar de Portugal à escala 1:25 000, tendo sido esta a escala adoptada. Para o momento inicial e para o momento actual, assim como para um momento intermédio, procedeu-se a uma caracterização e análise estrutural dos principais elementos constituintes da estrutura ecológica, de forma a poder-se analisar a transformação da área do ponto de vista das estruturas biológicas. Para cada um dos momentos referidos testou-se a validade e utilidade de um conjunto de índices funcionais e estruturais desenvolvidos por vários autores, designadamente por Forman et al. (1986); Shannon et al. (1962); Romme et al. (1982), Hoover et al. (1991); Short (1988) em termos da representação dos sistemas ecológicos e da sua resposta a perturbações. A análise diacrónica dos valores dos índices de avaliação e caracterização estrutural e ecológica permitiu assim caracterizar os impactes provocados pelas alterações de uso. Com base nesta análise estabeleceu-se uma comparação entre os resultados obtidos pelos vários métodos de avaliação dos impactes das alterações de uso e a evolução dos usos realmente verificada.
Tese de Doutoramento em Teoria Curricular e Metodologia de Ensino, apresentada à Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.
A presente dissertação insere-se no âmbito da segurança e saúde no trabalho da construção, sector que apresenta um dos mais elevados índices de sinistralidade laboral, nomeadamente em Portugal. A opção por este estudo deve-se à carência de informação compilada e disponível, sobre a aplicação dos princípios gerais de prevenção na fase de projecto, nomeadamente quanto à forma como estes devem ser atendidos numa perspectiva de todo o ciclo de vida dos imóveis. Pretende-se assim esclarecer o significado do preconizado na legislação em vigor, quando obriga os autores de projecto a “aplicar os princípios gerais de prevenção durante a elaboração dos mesmos”. Para o efeito foram apresentados diversos exemplos práticos e propostas de “listas de verificação”, visando estas sistematizar a aplicação acima referida. Analisou-se também o significado e a forma de aplicar a exigência legal de “proceder a alterações das opções arquitectónicas, e/ou técnicas, e/ou organizativas”, com o objectivo de fazer com que os princípios gerais de prevenção sejam atendidos em fase de projecto. Absract: The present dissertation covers the field of Safety and Health at Construction Sites, a sector that presents one of the highest Accidents Rates at work in Portugal. The option for a study like this one is due to the lack of compiled and available information about the enforcement of the General Principles of Accident Prevention at the Project Preparations Stage, namely how these General Principles should be considered in a life-cycle perspective of the properties. We thus intend to clarify the meaning of the proposed legislation in force, when it obligates the project authors to apply the ‘General Principles of Accident Prevention during the Project Preparations Stage’. We’ve introduced, therefore, different practical examples and have proposed ‘Check Lists’, in an attempt to establish a frame of the above-mentioned application. We’ve also analyzed the meaning and the application form of the legal demand when it mentions the fact of ‘altering the architectural, technical, or organizational options’, with the purpose of granting the implementation of the General Principles of Accident Prevention, during the Project Preparations Stage.
A competitividade regional refere-se à capacidade de uma região para implementar e manter um ambiente económico que permita, de modo sustentado, criar valor para as empresas e proporcionar um elevado nível de vida para a população; depende, não só da competitividade das empresas locais mas, fundamentalmente, do ambiente empresarial que a região propicia. Para a criação deste ambiente empresarial concorrem numerosos factores, como por exemplo, a dotação regional de recursos, a qualificação do capital humano, a existência de serviços de apoio às empresas, o estabelecimento de redes de cooperação entre actores regionais e, fundamentalmente, a dinâmica de inovação. Os modelos de inovação territorial permitem materializar a relação entre o território/região e a sua capacidade de criação de conhecimento, aproveitamento das oportunidades de inovação e sua consequente difusão. Nesta investigação pretendeu-se analisar o desempenho inovador da região NUT III Beira Interior Sul (constituída pelos concelhos de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Penamacor e Vila Velha de Ródão) através da aplicação do modelo da Tripla Hélice. Através desta aplicação foi possível identificar e caracterizar os actores regionais que constituem o modelo, bem como as instituições de interface que resultaram do estabelecimento de redes organizacionais entre os actores regionais individuais. As actividades já desenvolvidas e os projectos que estão a ser concluídos permitem inferir sobre o impacto positivo da Tripla Hélice na competitividade regional e considerá-la como o embrião de um futuro sistema regional de inovação.
O presente trabalho corresponde ao relatório final do Projecto POCI/AGR/59180/2004 “Avaliação do Impacte de Fogos Florestais nos Recursos Hídricos Subterrâneos” e nele se avalia o impacto dos fogos no meio hídrico superficial e subterrâneo, considerando as alterações quantitativas no meio hídrico – escoamento superficial, recarga, evapotranspiração – e de qualidade. Na avaliação da alteração da qualidade das águas consideraram-se como fontes de contaminação os solos ardidos e as cinzas da matéria vegetal ardida, cuja caracterização foi realizada em ensaios de queima e de lixiviação. Os poluentes avaliados foram os elementos inorgânicos, os metais pesados e os hidrocarbonetos. Os trabalhos de campo visaram a caracterização das unidades florísticas das áreas ardidas, recolha de amostras para os ensaios de queima e lixiviação assim como a amostragem das águas superficiais e subterrâneas para a avaliação das alterações na sua qualidade e a evolução da poluição ao longo do tempo.