Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for idade and 1,137 records were found.

Dissertação apresentada a Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor
O presente trabalho apresenta um estudo exploratório e descritivo da situação familiar do doente terminal hospitalizado, durante o período de internamento. Centra-se na descrição e análise da realidade encontrada pela família e doente terminal, dentro do hospital e na comunidade onde se inserem. Tem como objectivos: caracterizar o perfil clínico e social do doente terminal hospitalizado no HAL1; caracterizar a assistência recebida pela família do doente terminal internado no HAL; Identificar algumas das atitudes da família face ao doente terminal hospitalizado no HAL: face à doença, à revelação da verdade do diagnóstico e do prognóstico e face à alta. A estratégia metodológica assenta no modelo qualitativo, a qual fornece a perspectiva do indivíduo em análise, designadamente no método de análise intensiva ou estudo de caso. A população estudada é constituída por familiares de doentes terminais internados em quatro serviços de internamento, no período de Abril a Junho de 1996. No total, foram entrevistados 54 familiares. Os doentes situavam-se, na maioria, na faixa etária dos 60 e mais anos; as patologias mais observadas foram os tumores malignos, as doenças cerebrovasculares e a diabetes mellitus, que determinaram pela sua evolução e complicações elevados graus de dependência; a sua situação perante o trabalho era, na maioria, de reformados e provinham do meio rural. Na sua relação com o doente, os familiares evidenciaram limitações e dificuldades de natureza diversa. Condicionados pelo conhecimento, nem sempre completo, da situação clínica do doente, os familiares pareciam inteirados da gravidade do caso, essencialmente pela observação que faziam e pela degradação progressiva a que assistiam. Dos 54 casos em análise, 42 (77,5%) dos familiares elegeram o hospital como o lugar ideal para o doente, apresentando múltiplas justificações: porque necessita cuidados permanentes; por não terem apoio técnico e sanitário no domicílio; por considerarem essa a única forma de garantir qualidade de vida e menor sofrimento na morte. A maior dificuldade reside em aceitar a alta hospitalar, a qual é independente do sexo e idade do doente, assim como da sua patologia e grau de dependência. Concluiu-se também que é dependente das habilitações literárias do inquirido (cumulativamente ligada às melhores condições de vida e às diferentes condições socio-económicas), dos recursos e disponibilidade da família que cuida do doente (condições económicas, habitacionais, profissionais, de saúde e de tempo), dos recursos e apoio da comunidade que os envolve (familiares mais chegados e vizinhos) e fortemente dependente do apoio e recursos do sistema de saúde com que podem contar no domicílio. Dos resultados deste estudo, da realidade encontrada pela família e doente terminal na instituição hospitalar, é possível identificar necessidades de mudança prioritárias, quer ao nível da assistência prestada à família, quer na criação de novas alternativas de apoio e assistência no domicílio, designadamente a necessidade de informação detalhada da situação clínica do doente como um direito seu; para dinamizar a humanização dos cuidados e a assistência ao doente terminal é necessário promover a presença de uma pessoa da família junto dele; alargamento do período de visitas para estes doentes; a alta destes doentes deve ser planeada e preparada minuciosamente, por uma equipa mutidisciplinar; repensar os curricula e a formação conferida pelas Escolas de Medicina, de Enfermagem e outras, sobre a problemática da morte, visando o alargamento das habilidades e competências em lidar com este delicado acontecimento. 1HAL - sigla utilizada ao longo de todo o trabalho e que se refere ao hospital em estudo.
Relatório de estágio profissional apresentado à Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de mestre em Ensino da Música – Instrumento e Música de Conjunto.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Introdução: A hipertensão arterial é considerada um dos mais importantes fatores de risco das doenças cardiovasculares, nomeadamente o enfarte agudo do miocárdio (EAM) e o acidente vascular cerebral (AVC). Segundo Rocha (2012) a pressão arterial (PA) é normal quando a pressão arterial sistólica (PAS) é <140 mmHg e/ou pressão arterial diastólica (PAD) <90 mmHg (1, 2). Objetivo: O Estudo PAOS teve como principal objetivo analisar a prevalência de hipertensão arterial nos concelhos de Oleiros e Sertã. Métodos: Estudo é do tipo transversal, não tendo em conta o fator tempo. Foram recolhidos na população em geral em vários pontos de todas as freguesias dos dois concelhos 1900 indivíduos, dos quais 1112 eram do género feminino e 788 do género masculino. A pressão arterial foi avaliada manualmente a cada um dos indivíduos participantes com um esfigmomanómetro manual com um intervalo de cinco minutos entre as duas avaliações efetuadas. Foi ainda aplicado um questionário para que através dele fossem recolhidas diversas variáveis de forma a testar todas as hipóteses levantadas. Resultados: Em relação ao concelho de Oleiros foi possível perceber que 56,7% da população estudada tem valores de pressão arterial acima da normalidade. No que diz respeito ao concelho da Sertã e tendo em conta os mesmos parâmetros, concluiu-se que 55,4% dos indivíduos têm HTA. Valores estes que traduzem não só uma chamada de atenção para a alta percentagem deste fator de risco como também para o elevado risco de aparecimento de patologias cardiovasculares. Avaliados outros parâmetros percebemos que são fatores de risco para desenvolvimento de HTA a obesidade, a diabetes, a hipercolesterolémia e idade, por outro lado a HTA é fator de risco para o desenvolvimento de AVC e EAM. Estudámos quais os fatores de risco que se relacionaram com a presença de HTA na nossa amostra e percebemos que em relação à obesidade, o IMC tem um maior número de indivíduos na classe da pré-obesidade (25-29,9Kg/m2), valores estes preocupantes uma vez que através da revisão da literatura percebemos que existe, uma associação entre o IMC e o risco de doenças cardíacas(3). Tendo noção que uma vida saudável proporciona um bem-estar físico e mental avaliamos a interação da atividade física com a prevalência de HTA. Concluiu-se que esta associação foi estatisticamente significativa (p <0,001), no contexto em que os indivíduos que não praticam qualquer tipo de atividade têm uma maior prevalência de HTA (59,1%) em relação àqueles que praticam (46,7%). Como o próprio nome indica, hipertensão arterial é definida como uma pressão arterial acima da normalidade nos vasos sanguíneos, o que faz com que o coração tenha que exercer um maior esforço para fazer circular o sangue, podendo ser responsável pelo aparecimento de diversas patologias como o AVC ou EAM, foi portanto importante relacionar a associação das patologias cardíacas com a HTA. Conseguiu-se obter resultados significativos quando se relacionou o EAM e as arritmias comprovando-se estarem estatisticamente associadas à HTA geral. Conclusão: Existe uma alta taxa de prevalência nos dois concelhos estudados são necessária uma maior consciencialização da população acerca deste tema e que se adotem medidas preventivas para controlar este fator de risco.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Licenciado em Nutrição Humana e Qualidade Alimentar.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Produção Agrícola apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Tese apresentada à Universidade de Coimbra para obtenção do Grau de Doutor em Geologia, especialidade Mineralogia, Petrologia e Geoquímica.
Dissertação de Mestrado apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Supervisão e Avaliação Escolar.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Projeto para obtenção do Grau de Mestre em Atividade Física, especialização em Desporto Adaptado (2º ciclo de estudos), apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para o cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Dissertação apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física na especialização de Gerontomotricidade.
Este texto pretende descrever/apresentar um estudo de caso realizado no âmbito do projecto Desenvolvendo a Qualidade em Parcerias (DQP) num Agrupamento de Escolas. Um Agrupamento de Escolas é uma unidade organizacional, dotada de órgãos próprios de administração e gestão, constituída por estabelecimentos de educação pré-escolar e de um ou mais níveis e ciclos de ensino, a partir de um projecto pedagógico comum (Decreto-Lei nº 115-A/98, de 4 de Maio). Este conceito organizacional, relativamente recente no contexto educativo português, visa dar resposta a dificuldades identificadas, pretendendo, nomeadamente: - Dar resposta a situações de isolamento de estabelecimentos educativos; - Racionalizar os recursos humanos e materiais no sector educativo; - Criar dinâmicas de comunicação e de aprendizagem entre crianças de diferentes idades e ciclos de ensino; - Permitir aos alunos uma passagem mais integrada pelos diferentes ciclos de ensino; - Desenvolver um sentido de comunidade educativa; - Desenvolver projectos educativos mais vastos e integrados; - Desenvolver processos de conhecimento e partilha entre os profissionais dos diferentes níveis de ensino. Apesar de não termos tido acesso a nenhuma avaliação que, de uma forma sistemática e rigorosa, permita aferir a concretização de alguns destes objectivos, muitos dos relatos dos profissionais de diferentes níveis de ensino têm identificado dificuldades e entraves. Considerando que a promoção da qualidade educativa depende, em grande medida, da concretização das finalidades acima enunciadas, será importante reflectir o papel que a implementação de um projecto de avaliação e de promoção da qualidade num estabelecimento de educação de infância integrado num agrupamento de escolas poderá assumir na sua dinâmica organizacional. Tendo como pano de fundo algumas destas ideias, centramos as nossas preocupações na análise da seguinte questão: - A implementação de um projecto de avaliação e desenvolvimento da qualidade com os pressupostos do DQP (em que o conceito de parceria se organiza como o núcleo do processo) num contexto de jardim-de-infância poderá contribuir para uma melhor compreensão dos objectivos da educação pré-escolar, permitindo dar uma maior visibilidade às experiências de aprendizagem desenvolvidas num nível de educação que ainda carece de afirmação junto da sociedade em geral e dos diferentes parceiros educativos. Num primeiro momento do presente texto faremos uma descrição do contexto e da organização do estabelecimento educativo em análise. Em seguida, apresentaremos uma análise das suas práticas educativas, identificando os aspectos que poderão contribuir para a promoção da qualidade das suas experiências de aprendizagem. As reflexões finais incidirão sobre as questões que se organizaram como motivadoras deste trabalho.
Dissertação apresentada à Universidade de Aveiro para obtenção do Grau de Mestre em Design, Materiais e Gestão de Produto.
Dissertação apresentada às Escolas Superior de Educação e de Saúde Dr. Lopes Dias do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Dissertação apresentada às Escolas Superior de Educação e de Saúde Dr. Lopes Dias do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Introdução: A intervenção coronária percutânea é o procedimento de eleição para tratamento de doença arterial coronária, demonstrando ser um método efetivo utilizado para a reperfusão coronária em indivíduos com doença arterial coronária. Apesar de apresentar taxas de sucesso elevadas, 98,1%, ocorrem 3,3% de complicações vasculares. O acesso arterial ideal deverá proporcionar a abordagem à circulação sanguínea de forma rápida e fácil, promovendo hemostase eficaz, a fim de minimizar as complicações vasculares. Assim, pretende-se averiguar qual das abordagens, se femoral se radial, é passível de uma menor taxa de complicações vasculares. Objetivo: Averiguar qual das abordagens, se femoral ou a radial, é passível de uma menor taxa de complicações vasculares. Metodologia: foram avaliados, retrospetivamente, indivíduos que realizaram a intervenção coronária percutânea no Serviço de Cardiologia de Intervenção no Hospital dos Covões em Coimbra no período de Janeiro a Junho de 2008 e Janeiro de 2009 a Dezembro de 2010 pela abordagem femoral e radial. A amostra é constituída por 3778 indivíduos dos quais 67,1% são do género masculino e 32,9% do género feminino com uma idade média de 66,4 ± 11,7 anos encontrando-se dividida em 2 grupos: com e sem complicações vasculares. Resultados: No presente estudo foram registadas, apenas, 2,44% de complicações vasculares, tratando-se de uma taxa muito reduzida quando comparado com outros estudos. Tais complicações ocorrem com maior frequência pela via femoral (61,8%). Foi avaliada a prevalência das diferentes complicações vasculares, tendo os hematomas sido a complicação mais prevalente com 89,1%. Este tipo de complicação foi a mais frequente em ambas as vias de acesso, existindo, no entanto, um predomínio no acesso femoral com 56,5% comparativamente com os 32,6% no acesso radial. Quanto à forma de encerramento, 100% dos indivíduos abordados pela via radial utilizaram o Tr Band® e na abordagem femoral 36,96% utilizaram dispositivos de encerramento vascular e compressão manual em 14,13%. Conclusão: A abordagem radial apresenta benefícios evidentes, minimizando a ocorrência de complicações vasculares, tornando a intervenção coronária percutânea um procedimento mais cómodo e seguro para o paciente proporcionando deambulação e alta hospitalar precoce com redução dos custos hospitalares.
Trabalho de projecto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Trabalho Projeto apresentado ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Dissertação de mestrado apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré- Escolar e Ensino do Primeiro Ciclo do Ensino Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do Primeiro Ciclo do Ensino Básico.
Dissertação apresentado à Escola Superior de Educação de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Intervenção Social Escolar.
Dissertação apresentada na Escola Superior de Gestão do Instituto Politécnico de Castelo Branco em cumprimento dos requisitos exigidos para obtenção do grau de Mestre em Gestão de Empresas.
Relatório de Projeto apresentado à Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco e à Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa para obtenção do Grau de Mestre em Design do Vestuário e Têxtil.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do Primeiro Ciclo do Ensino Básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Sistemas de Informação Geográfica – Recursos Agro-Florestais e Ambientais.
Dissertação apresentada ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Infraestruturas de Construção Civil, realizada sob a orientação científica da Doutora Maria Teresa Durães Albuquerque, Professora Adjunta da Unidade Técnico-científico de Engenharia Civil e coorientação científica da Mestre Ana Maria dos Santos Ferreira, Professora Adjunta da Unidade Técnico-Científica de Engenharia Civil, da Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Relatório de estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para o cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física na especialização de Gerontomotricidade.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.
Dissertação Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física.
São muitos e de natureza variada os desafios que se colocam, na atualidade, às instituições de ensino superior, em termos de organização, gestão e preservação do conhecimento científico. O contexto do presente estudo respeita ao processo de gestão organização e preservação do conhecimento do ponto de vista dos repositórios científicos. Ao longo dos últimos anos assistiu-se, em todo o mundo, à emergência do Movimento do Livre Acesso ao Conhecimento Científico. Este movimento advoga o acesso livre, imediato e gratuito à produção científica gerada nas instituições. O Livre Acesso concretiza-se através da Via Dourada, com publicação dos resultados da investigação em revistas exclusivamente de acesso livre e a Via Verde, com publicação dos resultados de investigação em repositórios científicos. Em Portugal, em 2004 existiam três repositórios. Em 2007 este número aumentou para 35. Atualmente estão registados 43 repositórios portugueses no portal do Repositório de Acesso Aberto de Portugal (RCAAP). Os repositórios são sistemas de informação que permitem atenuar a dificuldade de acesso à produção científica das instituições e que, ao mesmo tempo, armazenam documentos em suporte digital, disponibilizando-os em texto integral e acesso livre. São sistemas inclusivos porque recebem documentos de muitos tipos, como artigos científicos (peer review), livros e capítulos de livros, documentos de conferência, dados científicos, teses, dissertações, lições. Ao longo dos anos as instituições foram produzindo quantidades substanciais de outputs científicos, concretizados em documentos publicados, documentos não publicados, literatura cinzenta, dados, sendo que, muitos deles dificilmente voltariam a ser visíveis ou consultados não fora o repositório. Por outro lado, as condições em que muitos documentos ficaram “guardados” podem ter contribuído para diminuir o seu potencial de usabilidade. Com o advento dos repositórios foi possível recuperar muitos destes documentos e transferi-los para suporte digital, compatibilizando-os assim com formatos e dispositivos de leitura atuais. Assim, parece perceber-se que os repositórios podem contribuir para a recuperação dos documentos e da sua usabilidade e para a preservação em suporte digital, assegurando que o conhecimento produzido chega às gerações futuras, em condições de ser lido, compreendido e, eventualmente, utilizado. O presente estudo intenta contribuir para a compreensão da importância da função preservação, no contexto dos repositórios portugueses, considerando que estes recebem todo o tipo de documentos, exclusivamente em suporte digital. O âmbito do trabalho alcançou todos os repositórios de instituições de ensino superior constantes do Portal RCAAP até 15 de maio de 2014 (31 repositórios). Analisaram-se nas páginas institucionais: a visibilidade da Política de Depósito de Documentos e se possuíam indicações sobre preservação dos conteúdos (forma, tempo). Para analisar a qualidade do suporte, descarregaram-se de 10 documentos/repositório formando dois grupos de 5 documentos: Grupo 1:Documentos publicados até 1999; grupo 2:Documentos publicados a partir de 2000. Verificou-se que a maioria dos repositórios refere, na página principal, a questão da preservação, todavia sem refletir explicitamente a preservação digital dos conteúdos, antes referindo “preservação da memória digital” ou “memória intelectual” das instituições. Apenas dois repositórios garantem, explicitamente, a preservação digital e o acesso permanente aos seus conteúdos. Em nenhum dos casos é referido um plano de ação em caso de catástrofe. Em quinze repositórios a Política de Depósito de Documentos está publicamente disponível. Quanto aos registos no repositório contêm dados, metadados, documentos e um identificador permanente, handle. A amostra utilizada para analisar o suporte parece indicar que alguns documentos publicados até 1999 resultam de digitalização revelando alguns defeitos na qualidade de visualização que podem estar relacionados com a idade e estado de conservação do original e com o software utilizado. Os documentos mais recentes apresentam melhor qualidade gráfica e visual o que parece indicar terem sido carregados a partir do suporte digital. Todavia pelas suas características e facilidade de operação/utilização, os repositórios parecem ser dotados de um enorme potencial de agregação de documentos, reunindo as condições que permitem concretizar a função preservação, facultando, igualmente, o acesso livre e gratuito aos seus conteúdos. Apesar dos problemas identificados os autores consideram que os repositórios podem cumprir com sucesso a função preservação orientada à produção científica em meio académico, já que permitem arquivar, sistematicamente, todos os documentos produzidos. Contudo esta tarefa é ainda um desfio e pode constituir uma linha de ação futura para os repositórios científicos.
Relatório de Estágio do curso de Produção Animal, apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Comunicação oral apresentada na Jornada Técnica de Produção de Ruminantes que decorreu na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco, em 31 de Março de 2011.
Titulo de capa - Actividades das crianças no recreio escolar: o tempo o espaço e as actividades no recreio escolar das crianças com idades compreendidas entre os 4 e os 9 anos no Jardim-Escola João de Deus de Castelo Branco
Titulo de capa - Actividades das crianças no recreio escolar: o tempo o espaço e as actividades no recreio escolar das crianças com idades compreendidas entre os 4 e os 9 anos no Jardim-Escola João de Deus de Castelo Branco
A deformação Varisca está na origem da maioria das rochas granitóides da zona Centro Ibérica (ZCI). O magmatismo Ordovícico é raro na ZCI, tendo sido encontrados novos dados geocronológicospara rochas granitóides atribuindo-lhes uma implantação no Ordovício Inferior. Na área de Oledo-Castelo Branco ocorrem dois plutões, contactando lateralmente de idades e características geoquímicas distintas.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física – Desporto Adaptado.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco, para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Intervenção Social Escolar – Especialização em Crianças e Jovens em Risco.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física.
A hidatidose apresenta uma distribuição cosmopolita e encontra-se entre as zoonoses de maior importância a nível mundial. O parasita Echinococcus granulosus, responsável por esta doença, apresenta uma distribuição cosmopolita afectando diversas espécies de animais e, acidentalmente, o Homem. O objectivo do estudo é a obtenção do estado larvar do E. granulosus (protoescólices) para o estudo da fertilidade dos quistos em diferentes espécies animais em Portugal. MATERIAL E MÉTODOS: Para este estudo foi utilizado material biológico parasitado, obtido em matadouros públicos e privados da zona centro (Castelo Branco, Pedrógão e Guarda), recolhido entre Outubro de 2007 e Março de 2010. Procedeu-se à extracção do conteúdo dos quistos hidáticos (líquido e areia hidáticos). E através da observação ao microscópio óptico, observou-se a presença de protoescólices e/ou ganchos, bem como o seu estado de conservação e a presença de elementos estranhos. As amostras férteis foram conservadas a - 20ºC para posteriores trabalhos. RESULTADOS: Foram analisadas um total de 95 amostras de quistos hidáticos provenientes do fígado e pulmão de ovinos, bovinos e caprinos e estabelecida uma relação entre a fertilidade/infertilidade dos quistos e os órgãos parasitados. Relativamente à espécie hospedeira e faixa etária do animal parasitado, os resultados obtidos não foram estatisticamente significativos. DISCUSSÃO: Foi encontrada uma associação entre a fertilidade dos quistos hidáticos e órgão parasitado, apresentando uma relação semelhante às obtidas em estudos do mesmo género efectuados noutras zonas endémicas.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Engenharia das Ciências Agrárias – Ramo Animal.
Objectivos: Com este estudo pretendeu-se verificar qual a relação entre a sintomatologia descrita no diário de Holter e os achados electrocardiográficos registados. Metodologia: Dos indivíduos que realizaram Holter no Hospital Amato Lusitano, foram seleccionados 346 que referiram sintomas no diário de Holter. Após analisado o registo electrocardiográfico foi feita uma relação entre a sintomatologia apresentada e as alterações electrocardiográficas subjacentes. Resultados: A amostra foi composta por 63,87% de indivíduos do sexo feminino e 36,13% do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 6 e os 98 anos, sendo a média de idades dos indivíduos de 55,24 anos. Verificou-se com este estudo que na maioria dos casos existia relação entre a sintomatologia descrita e a alteração electrocardiográfica. Foram agrupadas na sintomatologia 3 grandes grupos, sendo eles, o cansaço, as palpitações e as tonturas. Em relação ao cansaço e às palpitações verificou-se que a alteração electrocardiográfica mais encontrada foi a taquiarritmia (65,6% e 71,3% respectivamente). A tontura, talvez por ser um sintoma mais inespecífico verificou-se que a maioria dos indivíduos não tinha relação entre sintomatologia e o registo electrocardiográfico (58,9%). Conclusões: Com este estudo pode-se concluir que o diário de Holter é bastante importante, dado que, este permite aferir se a alteração electrocardiográfica se relaciona com a sintomatologia do indivíduo e desta forma confirmar ou infirmar a causa cardíaca em relação à sintomatologia referida.
O presente artigo visa abordar uma investigação de doutoramento realizada nas universidades seniores do distrito de Castelo Branco no ano letivo 2013/2014, que teve como principal objetivo identificar os fatores socioculturais que influenciam e condicionam a opção pela aprendizagem das TIC e conhecer os impactos desta aprendizagem no Bem-estar (mental e social) ao longo do processo de envelhecimento. Os dados foram recolhidos em 5 universidades seniores deste distrito através de um inquérito por questionário que envolveu 374 cidadãos (50 + anos) e de entrevistas a 5 Diretores, 5 Professores de TIC e 10 Participantes que já frequentaram uma formação em TIC nas respetivas universidades seniores. Os resultados permitiram verificar que a necessidade de comunicação, o combate ao isolamento são os principais fatores socioculturais que influenciaram a aprendizagem das TIC nestes participantes. O exercício da memória e das aptidões intelectuais, a participação e inclusão na sociedade digital e a diminuição da solidão foram os impactos no «Bem-estar mental» e no «Bem-estar social» mais evidenciados
O regime de quotas leiteiras foi criado em 1984 na então Comunidade Económica Europeia (CEE) para fazer face a circunstâncias determinadas – a acumulação de excedentes de lacticínios e a respetiva pressão sobre os meios orçamentais europeus necessários ao seu escoamento. Em traços gerais, a limitação de produção naquele sistema de quotas teve como objetivos principais evitar a queda de preços que poderia advir de uma maior oferta em relação à procura e o aumento da competitividade do setor com a consequente redução de despesas com os apoios ao consumo interno e à exportação. Nos anos que precederam a adesão de Portugal à CEE o setor do leite português era caracterizado por um mercado de economia dirigida, fortemente controlado, com tabelamento de preços na produção, na distribuição e no consumo. A formação de preços era estabelecida com base em subsídios destinados a fomentar a produção e a manter estável o nível de preços, adequando-os ao poder de compra de então. A produção de leite era insuficiente para satisfazer o consumo, sendo necessário recorrer à recombinação de leite em pó. Existia um quadro positivo para a evolução da produção e transformação leiteiras pois havia mercado capaz de absorver os seus produtos. Em contrapartida, dado o desfasamento do nosso mercado relativamente aos similares europeus e internacionais a nível dos preços praticados em toda cadeia, impunham-se adaptações urgentes e radicais com vista à entrada do nosso país na CEE. A harmonização de preços a que a adesão obrigava para a integração do sector na Organização Comum de Mercado definida pela PAC, levou a que no Tratado de Adesão fossem estabelecidas duas etapas de transição, de cinco anos cada, tendo a primeira decorrido de 1985 a 1991. Com o intuito de proteger o setor das importações de países terceiros, permitindo a restruturação e o desenvolvimento dos aparelhos produtivo e industrial, foram estabelecidos, neste primeiro período, mecanismos de transição, ao nível dos regimes de preços, de ajudas, de intervenção, de comercialização e de comércio externo. O fim do sistema de quotas leiteiras está previsto para 31 de março de 2015. As piores expectativas apontam para um abandono maciço da atividade, principalmente em economias menos competitivas como a Portuguesa. Mais de 90% do leite produzido na União Europeia (EU) é comercializado no mercado europeu. O sistema de quotas tem permitindo a manutenção e o desenvolvimento sustentado da produção leiteira na totalidade dos Estados-Membros contribuindo para adequar a oferta à procura, permitindo alguma sustentabilidade dos rendimentos ao longo da fileira. Organizações poderosas ligadas ao setor lácteo de países do norte da Europa (Ex. Holanda, Dinamarca, Alemanha,…) têm sido claras nas suas intenções ao referirem que o desmantelamento do sistema de quotas implicará um abandono produtivo maciço nos países cuja produção de leite é considerada menos competitiva. Esta opção é sustentada pela importância cada vez menor que o regime de quotas leiteiras tem na EU. Na campanha de 2010-2011, apenas 5 Estados-Membros excederam a sua quota leiteira tendo a produção da EU ficado 6% abaixo da quota total. A campanha 2011-2012 terminou com as entregas na EU a situarem-se 4,7% abaixo da quota. Apenas 6 Estados-Membros excederam a respetiva quota nacional, a Áustria (onde predominam explorações leiteiras com vacas Simental) +4,2%, Chipre +2,3%, Irlanda +1,1%, Luxemburgo +0,5%, Holanda +0,5% e Alemanha +0,1%). Pelo contrário, 21 Estados-Membros produziram leite abaixo da quota anual atribuída. Os valores variaram entre -0,2% na Dinamarca e -52,6% na Bulgária. Portugal situou-se sensivelmente a meio da tabela com 9,7% de produção abaixo da quota leiteira. O número de Estados-Membros que produziram mais do que a quota foi muito pequeno e este excedente de produção representou menos de 0,2% do leite total entregue ou coberto por vendas diretas. A recolha de leite de vaca na EU tem vindo a aumentar nos últimos anos tendo sido de +1,4% em 2010, +2,0% em 2011 e +1,5% em 2012. Nas principais regiões mundiais fornecedoras de leite, onde se incluem os EUA, a Nova Zelândia, a Austrália e a Argentina, o aumento anual foi muito superior ao da EU tendo atingido +5,3% em 2011 tendência que se manteve em 2012 com o aumento de +2,8% nos EUA, +11,4% na Nova Zelândia, +4,7% na Austrália e +5,9% na Argentina. Entre 2010 e 2012, com exceção do leite em pó gordo, as exportações dos principais produtos lácteos da EU aumentaram com especial dinamismo para o leite em pó desnatado e para a manteiga em 2012. Estudos recentes, elaborados pela Comissão Europeia, preveem o aumento contínuo da procura mundial de leite e produtos lácteos como resultado da apetência crescente para aqueles produtos, do crescimento da população, da economia mundial e do maior consumo per capita de leite e derivados. O aumento sustentado das importações por parte de países emergentes como a Índia e a China influenciará positivamente os preços dos produtos lácteos de base com o consequente incremento do potencial exportador da EU. Este panorama apenas poderá ser afetado pelo aumento mais rápido das exportações de leite e produtos lácteos provenientes de outros países produtores mundiais de leite que, ao longo dos últimos anos, têm vindo a adaptar a sua produção à procura crescente do mercado mundial sem as limitações que o regime de quotas leiteiras tem vindo a impor aos países da EU. Em vários Estados-Membros, as explorações leiteiras têm vindo a introduzir medidas de adaptação ao fim do regime de quotas leiteiras. As medidas passam pelo aumento dos efetivos e pela melhoria da eficiência na produção de leite. O objetivo é tornar a Europa mais competitiva para a conquista de mercados emergentes. Os custos de produção devem ser competitivos no mercado global e no mercado local dos produtos lácteos particularmente ao nível do preço da alimentação animal, do preço da terra e da mão-de-obra. Em tempos de fortes flutuações mundiais dos preços do leite, dos custos de produção e das taxas de câmbio, o setor leiteiro deve ser capaz de reagir rapidamente às ameaças e de antecipar as oportunidades. Será fundamental avaliar anualmente, de forma isenta e objetiva, a competitividade dos sistemas de produção dos vários países. Apresentamos agora algumas ideias que poderão ajudar os produtores portugueses a adaptarem a sua atividade, nos próximos 12 meses, ao fim do regime de quotas leiteiras que, inevitavelmente, deixará de existir em abril de 2015. Tendo em consideração o forte impacto que os custos de alimentação das vacas representam para a produção de leite (mais de 50% do preço de custo de 1 kg de leite) devem ser utilizados regimes alimentares que potenciem a produção de leite mas que também potenciem a redução do custo unitário do leite produzido. Vários trabalhos têm vindo a revelar que as explorações que utilizam elevados níveis de concentrados para a produção de leite são as mais sensíveis aos aumentos dos preços das matérias-primas no mercado internacional. Neste sentido, propõe-se a maior utilização de forragens produzidas na própria exploração como forma de reduzir os custos alimentares com a produção de leite. Com base nos resultados obtidos em explorações avaliadas em 2012 (2 explorações neozelandesas uma das quais com vacas cruzadas, 3 explorações argentinas, 12 explorações alemãs e 9 explorações americanas) o IFCN observou custos de produção de leite na Argentina 20% mais baixos do que na Nova Zelândia, país onde os custos de produção foram 20% mais baixos do que nos EUA e na Alemanha. Os menores custos de produção de leite verificados na Nova Zelândia e na Argentina, onde o pastoreio é o regime alimentar predominante, contribuem para a ideia de que a produção de forragem na própria exploração será um caminho a seguir para que os custos de produção por kg de leite sejam menores. Outro aspeto a ter em conta no sentido de melhorar a eficiência produtiva dos efetivos leiteiros passa, necessariamente, por melhorar os parâmetros reprodutivos. Pretende-se que as novilhas param mais cedo e que as vacas tenham maior número de lactações, lactações mais persistentes e maior longevidade. O parâmetro produtivo DEL (dias em leite) não deverá ultrapassar os 170 dias já que o seu aumento vai ter implicações diretas na diminuição da produção média diária de leite, o intervalo IP-P (intervalo entre partos) deverá ser igual ou inferior a 365 dias, o número de IA/IAF (inseminações artificiais por inseminação fecundante) deverá ser igual ou inferior a 1,7 e a idade das novilhas ao primeiro parto deverá ser no máximo de 24 meses. Valores mais elevados vão ter implicações diretas no custo do litro de leite produzido. Também as mamites contribuem para diminuir a qualidade e a quantidade da produção anual de leite. Uma vez que as bonificações atribuídas ao preço do leite baixam quando aumenta a CCS (contagem de células somáticas) e as mamites vão provocar o seu aumento e também uma redução na produção diária de leite, a ocorrência de mamites na exploração vai ter implicações diretas no aumento do custo do leite produzido e na rentabilidade da exploração. A raça para produção de leite mais utilizada em todo o mundo é a Holstein Friesian. Nesta raça, a pressão do melhoramento genético tem acelerado a relação de parentesco entre animais. Na maior parte dos casos, quando uma vaca Holstein Friesian é inseminada, não há controlo do grau de parentesco entre macho e a fêmea, não se verifica se existe entre ambos alguma relação estreita de parentesco. Ao utilizarmos sempre os melhores touros nas melhores vacas estamos a tornar os efetivos Holstein Friesian altamente interrelacionados geneticamente. Esta situação afeta os parâmetros reprodutivos, a sanidade animal e a longevidade. Contrariamente ao que acontece com outras espécies animais ou com raças bovinas vocacionadas para a produção de carne, o crossbreeding tem sido pouco utilizado em vacas leiteiras. No entanto, os produtores de leite que se concentram no objetivo principal da exploração que é o lucro, poderão ter vantagens na utilização deste método estratégico para melhorar a rentabilidade e a sustentabilidade da produção de leite. Estudos recentes têm vindo a confirmar a vantagem do crossbreeding na melhoria da fertilidade, da sanidade e da longevidade produtiva de vacas leiteiras cruzadas quando comparadas com vacas Holstein Friesian puras. Naturalmente que, devido à sua elevada especialização leiteira, a raça Holstein está no topo dos programas de crossbreeding. É a raça base em programas rotacionais de crossbreeding com três raças especializadas na produção de leite como acontece, por exemplo, com a Holstein, a Vermelha Sueca e a Montbeliard, ou em programas com duas raças leiteiras como a Holstein Friesian e a Jersey, cruzamento preferido para sistemas de produção onde é enfatizada a produção de leite à base de erva. Um caso de sucesso no crossbreeding é o cruzamento muito utilizado no Brasil entre a raça zebuina Gir (Bos taurus indicus) e a raça Holstein (Bos taurus taurus) que dá origem à raça Girolando, animais mais resistentes ao calor e ao parasitismo. Ao melhorarmos a fertilidade, a sanidade e a longevidade produtiva das vacas leiteiras estamos a contribuir para baixar o custo do kg de leite produzido e para aumentar o sucesso económico da exploração. Embora seja uma produção pouco conhecida em Portugal, outra hipótese para melhorar a rentabilidade da exploração leiteira é a conversão para a produção de leite de búfala. Em vários países da Europa, principalmente do sul, há criação de búfalas para produção de leite em sistemas de exploração idênticos ao das vacas leiteiras. As raças Mediterranea Italiana e Murrah Búlgara são criadas em países da Europa como Itália, Roménia, Turquia, Bulgária, Grécia, Sérvia, Albânia, Hungria, Macedónia, Reino Unido, Alemanha e Ucrânia. Em Itália, o país europeu com maior número de búfalas leiteiras, o efetivo médio por exploração contrastada é de 161,3 cabeças com produção média por animal em 270 dias de lactação de 2.221 kg de leite com 8,24% de gordura e 4,66% de proteína. O leite tem um rendimento queijeiro de 25%, muito superior ao leite de vaca, e em Itália é pago ao produtor a um preço quatro vezes superior ao do leite de vaca. Pensamos que esta produção poderá constituir uma alternativa rentável à produção de leite de vaca principalmente na região sul do país onde está sedeada a Associação dos Criadores de Búfalos de Portugal.
A presente comunicação insere-se no âmbito de um estudo de caso de natureza qualitativa, realizado numa turma de informática da Universidade Sénior Albicastrense (USALBI) durante o ano letivo 2010/2011, com o objetivo de compreender o contributo do Facebook na promoção do envelhecimento ativo. Genericamente, este estudo consistiu na observação não participante dos idosos da turma de informática, na realização de entrevistas semiestruturadas aos idosos e á professora de informática e também na aplicação de uma grelha de exploração cronológica baseada nas funcionalidades do Facebook. Os resultados deste estudo permitiram constatar que o Facebook é uma rede social digital extensível a todas as idades, é uma ferramenta digital que promove a socialização, combate o isolamento, contribuindo igualmente para uma aprendizagem ao longo da vida, permitindo criar condições para que os idosos possam ter um mais adequado envelhecimento ativo.
É objectivo deste trabalho estudar a Actividade Física no dia a dia das crianças, assim como o seu nível de Independência de Mobilidade, no meio urbano. A amostra deste estudo incidiu em crianças com idades compreendidas entre os 11 e os 12 anos, residentes na cidade de Castelo Branco. As principais conclusões foram: - As crianças que fizeram parte do estudo dizem ter um dia muito movimentado, mas pouco cansativo, apresentando como actividades mais exigentes em termos físicos, as praticadas nos clubes ou a actividade lúdica praticada fora de casa. - Relativamente à Independência de Mobilidade, as crianças apresentam níveis elevados, comprovando este aspecto, o facto de na sua maioria poderem deslocar-se sozinhos ou com amigos para vários locais da cidade.
As necessidades espaciais da criança são de uma vital importância a nível do seu desenvolvimento psíquico, social e motor. Para a realização deste estudo foram entrevistadas 100 crianças de forma directa pelos investigadores com idades de doze anos e residentes no meio urbano de Castelo Branco. O espaço envolvente à criança é determinante na progressão normal destes níveis. Um espaço atractivo, uma distribuição correcta do bairro, da habitação e ainda do quarto da criança é preponderante para ela obter um desenvolvimento desejável. O estudo deste artigo está focalizado nas necessidades espaciais da criança. Daí a importância deste estudo, suscitar justificada reflexão de todos quantos se encontram ligados à planificação e programação de espaços. A principal conclusão que podemos retirar relativamente a este estudo é que a maioria das crianças está bastante satisfeita face ao seu espaço envolvente, quer dentro, quer fora de casa, pois estes espaços oferecem-lhes condições para o desenvolvimento de padrões de vida saudável.
A presente investigação, realizada no âmbito da Prática de Ensino Supervisionada, teve como objetivo principal descrever e analisar a importância das TIC no processo de ensino-aprendizagem, a partir da utilização do software educativo «Escola Virtual». Os participantes deste estudo foram 22 alunos do 3º ano de escolaridade, com idades compreendidas entre os 8 e os 9 anos. A metodologia utilizada nesta investigação foi qualitativa, com uma abordagem mista que integrou o estudo de caso e a investigação-ação. O estudo centrou-se num tempo e num espaço limitado, tendo como principal instrumento de recolha de dados a observação participante. A análise de dados demonstrou que o uso do software educativo pode promover aprendizagens mais motivadoras, desafiantes e significativas, realçando também a importância do papel do professor como mediador.
Objetivos: Pretende-se desenvolver uma aplicação de internet e mobile do teste funcional Heel-rise Test, já existente na literatura, mas cuja realização é manual. Materiais e métodos: O acelerómetro, instrumento capaz de capturar dados de aceleração instantânea de um sujeito ou objeto, permite obter dados que, depois de processados, identificam atividades da vida diária utilizando por exemplo, o reconhecimento de padrões. Os dados capturados precisam ser pré – processados (por exemplo: exclusão de ruídos), analisados e classificados. Análise Estatística: Através de um algoritmo implementado numa aplicação móvel, os dados recolhidos, após processados, permitem verificar a validade do exercício executado recorrendo à identificação de padrões de acelerometria para a validação dos exercícios realizados no decorrer de testes funcionais. Resultados: Foi desenvolvido um protótipo de uma aplicação móvel para o teste funcional Heel-rise Test em que, está implementado o algoritmo, baseado na literatura e atividades experimentais prévias que, ainda assim, necessita de uma exaustiva validação com diferentes populações (idades, estilo de vida, condições específicas) para ser válida. Conclusões: O protótipo de aplicação do Heel-rise Test mostrou estabilidade e o algoritmo resultou. No futuro, esta aplicação requer avaliação da validade e fiabilidade de forma a poder ser usadas por fisioterapeutas, outros profissionais e público em geral de forma a avaliar a funcionalidade dos indivíduos associada à componente física de força muscular do músculo tricípite sural.
Objetivos: Pretende-se desenvolver uma aplicação de internet e mobile do teste funcional Heel-rise Test, já existente na literatura, mas cuja realização é manual. Materiais e métodos: O acelerómetro, instrumento capaz de capturar dados de aceleração instantânea de um sujeito ou objeto, permite obter dados que, depois de processados, identificam atividades da vida diária utilizando por exemplo, o reconhecimento de padrões. Os dados capturados precisam ser pré – processados (por exemplo: exclusão de ruídos), analisados e classificados. Análise Estatística: Através de um algoritmo implementado numa aplicação móvel, os dados recolhidos, após processados, permitem verificar a validade do exercício executado recorrendo à identificação de padrões de acelerometria para a validação dos exercícios realizados no decorrer de testes funcionais. Resultados: Foi desenvolvido um protótipo de uma aplicação móvel para o teste funcional Heel-rise Test em que, está implementado o algoritmo, baseado na literatura e atividades experimentais prévias que, ainda assim, necessita de uma exaustiva validação com diferentes populações (idades, estilo de vida, condições específicas) para ser válida. Conclusões: O protótipo de aplicação do Heel-rise Test mostrou estabilidade e o algoritmo resultou. No futuro, esta aplicação requer avaliação da validade e fiabilidade de forma a poder ser usadas por fisioterapeutas, outros profissionais e público em geral de forma a avaliar a funcionalidade dos indivíduos associada à componente física de força muscular do músculo tricípite sural.
O objectivo deste artigo é a apresentação dos resultados de uma utilização do software educativo e seu contributo para uma melhoria no processo de ensino-aprendizagem no 1º Ciclo do Ensino Básico, ao nível da matemática, no 1º ano de escolaridade. Esta investigação foi implementada num Agrupamento de Escolas da Cidade de Castelo Branco com uma turma de 16 alunos no âmbito da Prática de Ensino Supervisionada do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1ª Ciclo do Ensino Básico. Os resultados obtidos permitiram concluir que a utilização do software educativo «GCompris» possibilitou um incremento das aprendizagens dos alunos pelo facto destes se sentirem mais motivados e de poderem praticar os seus conhecimentos num contexto digital que se mostrou ser mais atractivo. Contudo, talvez pelo facto de serem alunos com uma média de idades de 6-7 anos manifestaram que o acompanhamento e a presença da professora se mostra fundamental. Quer isto dizer que deve haver uma complementaridade que possa conciliar o fator humano (professora) e o fator digital (software educativo) que se possa traduzir numa rentabilização dos recursos pedagógicos conducentes a um processo de ensino-aprendizagem mais ricos e com melhores níveis qualitativos.
Dissertação apresentada com vista à realização de Provas Públicas para a categoria de professor adjunto na área científica de Educação Física / Actividades Rítmicas
O presente estudo teve como objectivos, conhecer as principais razões e influências que motivam as crianças a praticar actividade desportiva no clube, e saber, se essas razões e influências variam de acordo com a modalidade praticada e com o género. Conhecer também a opinião dos treinadores sobre os principais entraves à prática, e quais as mudanças a propor para aumentar o número de crianças a praticar actividade desportiva nos clubes. A amostra deste estudo é composta por 40 crianças com idades compreendidas entre os 7 e os 14 anos e por 4 treinadores. As modalidades onde foi recolhida a amostra foram: futebol, andebol, ténis e atletismo. A recolha dos dados foi efectuada com base num questionário aplicado individualmente a cada criança e a cada treinador. Após codificação, processamento e tratamento dos dados, concluímos que: O tempo de prática desportiva semanal das crianças nos clubes é diminuto. As principais razões para a prática estão ligadas à socialização, à saúde e à condição física. Quem mais influencia a prática desportiva são os amigos. As variáveis género e modalidade praticada não mostraram grandes diferenças. São vários os entraves à prática desportiva das crianças nos clubes na opinião dos treinadores, sendo apontados alguns aspectos importantes para atrair as crianças para a prática desportiva.
Este estudo teve como objectivo fundamental identificar as Necessidades relacionadas com o tempo livre da Criança, do meio urbano no seu dia a dia. A mostra do estudo é composta por 100 crianças de ambos os sexos da cidade de Castelo Branco com idades de 12 anos e foi recolhida em duas escolas (Escola E. B. 2,3 Cidade de Castelo Branco e escola E. B. 2,3 Afonso de Paiva). A recolha de dados foi feita através de uma entrevista estruturada, aplicada às crianças. Após a recolha, codificação, processamento e tratamento dos dados retiramos como principais conclusões, as seguintes: no que se refere à satisfação da criança face aos seus tempos livres, podemos adiantar que a maioria das crianças estão satisfeitas com a forma como passam os seus tempos livres. Uma grande parte das crianças prefere as actividades desportivas e lúdicas para passar o seu tempo livre, ao passo que as actividades escolares são por elas menos escolhidas para passarem o seu tempo e onde as mesmas porventura dizem que é onde passam mais tempo. Em relação à autonomia da escolha das actividades e decisão do tempo passado nas mesmas, na opinião de grande parte das crianças acham que devem ser elas a escolher as suas actividades e consideram que podem ser elas próprias a gerir o tempo passado nessas actividades ou então ser os adultos.
Dissertação apresentada ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.
Trabalho de Projeto apresentado ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.
Dissertação apresentada ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico.
O envolvimento do comportamento alimentar nos idosos permite compreender as relações socio-afetivas, com a promoção da saúde, o nível de satisfação e qualidade de vida, reconhecendo que há diversos fatores (biológicos, sociais e psicológicos) relacionados com as práticas alimentares. A investigação qualitativa realizada com 40 idosos (idades entre 65 anos e 95 anos), frequentadores de centros de dia do concelho de Castelo Branco (E1, E2, L1, L2) teve como objetivo: compreender o significado da componente socio-afetiva da alimentação no quotidiano naqueles idosos; identificar os aspetos situacionais envolventes ao seu comportamento alimentar. Aplicamos entrevista semiestruturada (14 questões) em aberto, além dos itens de identificação utilizando no seu tratamento (análise de conteúdo) o discurso do sujeito coletivo, sendo as respostas agrupadas por questões, destacando as “evidências narrativas” do conteúdo discursivo, devidamente agrupados em “nexos com a ideia central correspondente” para formar o discurso do coletivo. Concluímos que os idosos não mostraram muita relação “pregressa” com a alimentação, tendo a maioria sentindo saudades dos momentos alimentares com a família ou conjugues. As narrações convergem para o “agora” com os amigos dos centros de dia, proporcionando a alimentação vínculos socio-afetivos, amizades, convívio, etc. – “comer em companhia”.
A presente investigação, realizada no âmbito da Prática de Ensino Supervisionada, teve como objetivo principal descrever e analisar a importância das TIC no processo de ensino-aprendizagem, a partir da utilização do software educativo «Escola Virtual». Os participantes deste estudo foram 23 alunos do 3º ano de escolaridade, com idades compreendidas entre as 8 e Os 9 anos. A metodologia utilizada nesta investigação foi a pesquisa qualitativa, com uma abordagem mista que integrou o estudo de caso e a investigação-ação. 0 estudo centrou-se num tempo e num espaço limitado, tendo como principal instrumento de recolha de dados a observação participante. A análise de dados demonstrou que o uso do software educativo pode promover aprendizagens mais motivadoras, desafiantes e significativas, realçando também a importância do papel do professor como mediador.
Este artigo apresenta os resultados de uma investigação, que teve como grande objetivo refletir sobre a importância do Blogue Educativo como fator de mediação entre a Família e o Jardim-de-Infância. Esta investigação foi realizada no Jardim-de-Infância «O Raposinho», em Castelo Branco, na Sala dos 4 anos, onde participaram 26 crianças, com idades compreendidas entre os 4 e 5 anos. A investigação implementada teve como base uma questão-problema que pretendeu verificar se a utilização de um blogue poderia promover uma maior e melhor aproximação entre o Jardim-de-Infância e a Família, através do acompanhamento das aprendizagens dos seus filhos. A metodologia que se considerou mais adequada para a realização deste projeto foi a de carácter qualitativo, na qual se efetuou uma investigação-ação. A análise e tratamento dos dados vai permitir, pode-se afirmar que da utilização efetuada do Blogue, pelos Encarregados de Educação foi possível chegar-se à conclusão que as estratégias utilizadas vieram demonstrar que se poderá promover uma aproximação entre o Jardim-de-Infância e a família. No entanto, também foi possível concluir se que quanto maior for a exposição e a respetiva utilização do Blogue maior era o nível de interação, acrescido de um maiores níveis de qualidade relativos aos comentários e sugestões, que eram ‘postados’.
O presente artigo tem como objetivo refletir sobre o impacto das Tecnologias da informação e da Comunicação (TIC) em contexto educativo, focando os potenciais contributos da utilização dos Recursos Educativos Digitais (RED)) no processo de ensino e de aprendizagem. Para o efeito, serão apresentados os resultados da utilização do RED: Aula Digital - O Mundo da Carochinha 1.º Ano, O estudo foi concretizado numa turma do 1.º ano de escolaridade do 1.º CEB, constituída por 27 alunos, com idades compreendidas entre os 6-7 anos, num Agrupamento de Escolas da Cidade de Castelo Branco, no âmbito da Prática de Ensino Supervisionada. Os resultados obtidos após a análise e tratamento dos dados permitiram concluir que ao utilizar este RED os alunos demonstraram terem adquirido os conteúdos abordados, pelo facto de se terem potenciado níveis de maior interesse, empenho, motivação, envolvimento e espírito de Iniciativa no decorrer das atividades propostas. Porém, talvez pelo facto de serem alunos de 1 º ano do 1 º CEB, não descuram a presença e o acompanhamento da professora e a utilização de recursos em suporte papel. Quer isto dizer que deve haver uma complementaridade que concilie o fator humano (professora), com a utilização de recursos em suporte digital e recursos em suporte papel (Manual).
Relatório do Trabalho de Fim de Curso em Engenharia Florestal apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco, do qual só está disponível o resumo.
O objectivo deste trabalho foi o de avaliar os efeitos ambientais decorrentes da produção de suínos ao ar livre, através da evolução das propriedades químicas do solo e da caracterização das águas de drenagem interna. O trabalho foi desenvolvido na unidade experimental de produção de suínos parqueados ao ar livre da Escola Superior Agrária de Castelo Branco. Estabeleceu-se um plano de monitorização das propriedades do solo com base em colheitas com uma periodicidade bi-mensal. Analisaram-se os parâmetros: pH, C.E., Co, P, K, bases de troca, Cu e Zn. A área de cada parque foi dividida em duas zonas, uma considerada mais suja que corresponde à área onde estão os comedouros e locais de dejecção, e outra mais limpa na restante área. O trabalho iniciou-se em Janeiro de 2005 e em Maio de 2006 efectuou-se uma amostragem georreferenciada ao solo em toda a área da unidade experimental. Instalaram-se cápsulas de recolha de lixiviados para caracterização química das águas de drenagem interna. Analisaram-se os parâmetros: pH, C.E., N-mineral, P total, Cu e Zn. Os resultados obtidos após o primeiro ano levam a concluir que devido ao maneio e ao comportamento Produção de suínos ao ar livre: avaliação de efeitos ambientais Maria do Carmo Horta1 dos suínos existe uma elevada heterogeneidade nas propriedades do solo. Verificou-se uma acumulação no solo de todos os elementos analisados, havendo zonas preferenciais de acumulação de nutrientes. Nestas zonas, a capacidade de retenção do solo é excedida e o transporte de nutrientes nas águas de drenagem interna, nomeadamente N e P, em quantidades por vezes superior ao que é ambientalmente admissível acontece. Aconselha-se uma alteração no maneio dos suínos e a continuação da monitorização da área no sentido de avaliar a eficácia das sugestões propostas.
Relatório de Estágio, apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Intervenção Social Escolar – Especialização em Crianças e Jovens em Risco.
A presente comunicação insere-se no âmbito de um estudo de caso de natureza qualitativa, realizado numa turma de informática da Universidade Sénior Albicastrense (USALBI), durante o ano letivo 2010/2011, com o objetivo de compreender a importância das TIC em geral, e do Facebook, em particular, na promoção do envelhecimento ativo e na qualidade de vida dos idosos. Tendo em conta a realidade atual em que os idosos se encontram inseridos, no grupo de cidadãos info-excluídos, surgiu o interesse em realizar este estudo, de modo a refletir acerca das políticas sociais para a promoção da infoinclusão destes cidadãos idosos. Atualmente as redes sociais digitais são uma ferramenta de comunicação utilizada por muitas pessoas pelo que os idosos não podem nem devem ficar excluídos. Neste âmbito, o Facebook é a maior rede social digital em todo o mundo, sendo importante investir na formação dos idosos de modo a poderem usufruir das potencialidades desta plataforma. Globalmente, esta investigação consistiu na observação não participante dos idosos da turma de informática, na realização de entrevistas semiestruturadas aos idosos e à professora de informática e também na aplicação de uma grelha de exploração cronológica baseada nas funcionalidades do Facebook. Os resultados deste estudo permitiram constatar que as TIC permitem um acesso rápido à informação, são um instrumento de atualização de conhecimentos e uma ferramenta utilizada por estes idosos para comunicar. Quanto ao Facebook, concluiu-se que é uma rede social digital extensível a todas as idades, promove a socialização, combate o isolamento, contribuindo para uma aprendizagem ao longo da vida, permitindo ainda dar resposta social positiva, para que os idosos possam ter um mais adequado envelhecimento ativo e uma melhoria significativa na sua qualidade de vida.
Investigações recentes relevam a importância da análise do acto de ensinar e principalmente do estudo do pensamento do aluno, e em particular dos fatores que prendem a sua atenção nas aulas. A atenção, considerada uma poderosa variável mediadora, porque e notória a sua influencia no processo de enino aprendizagem, bem como a influencia mutua existente entre o comportamento do professor, o comportamento do aluno e os resultados das aprendizagens. Pretendemos conhecer os aspetos que prendem a atenção dos alunos nos distintos momentos da aula de educação física, na lecionação de modalidades desportivas diferenciadas. Serão selecionados a totalidade dos alunos do 3o Ciclo do Ensino Básico, de uma escola, com idades compreendidas entre 12 e 16 anos, aos quais será aplicado o questionário (ATEST_EF), em distintas modalidades desportivas. Estudos anteriores indicam-nos que existem diferenças no perfil de atenção nos distintos momentos da aula de Educação Física e na lecionação de modalidades desportivas diferenciadas
Tese de Doutoramento apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Doutor em Letras, área de Línguas e Literaturas Modernas, especialidade de Literatura Portuguesa.
Estudo de caso (metodologia qualitativa) realizado em 2013sobre inteligência emocional em alunos portugueses, frequentando 1.º ciclo educação básica, com idades de 6-7 anos de 2 escolas urbanas:2 crianças (M=microcefalia, A=autismo atípico); 2 crianças (N= criança normal, H= perturbação de hiperatividade com défice de atenção). Os objetivos pretenderam: Demonstrar a importância das emoções na aprendizagem; identificar e lidar com as emoções em situações; propor estratégias para cada criança, aquando dos resultados obtidos com aplicação do teste projetivo e utilização material didático. Metodologia: atividades com ―Uma caixa cheia de emoções‟; prova projetiva ―Era uma vez…‖ Teresa Fagulha; ficha de anamnese aos pais; análise documental aos processos; observação participante; notas de campo e triangulação. Os resultados permitiram estabelecer estratégias para diminuir os fatores de distratibilidade, facilitar a atenção com material visualmente atrativo e manuseável e fornecer instruções acompanhadas de observação. Houve dificuldades nos sujeitos em identificar a ‘ira’ e ‘raiva‘.