Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for idosos and 667 records were found.

Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco e Faculdade de Belas-Artes de Lisboa para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Design de Interiores.
Objetivo: Verificar se existe relação entre a capacidade de armazenamento de energia elástica dos flexores plantares e o desempenho no salto vertical com contra-movimento (SVCM) em participantes de diferentes faixas etárias. Relevância: O processo de envelhecimento está associado a alterações das propriedades viscoelásticas do tecido músculo-esquelético, nomeadamente da sua capacidade de armazenar energia elástica. É reportado que estas propriedades podem estar relacionadas com o desempenho em tarefas de potência muscular, como é o caso do SVCM. Amostra: 30 participantes foram distribuídos por três grupos de faixas etárias distintas: 1) adultos-jovens (n=11, 21.2±1.3 anos); 2) adultos de meia-idade (n=9,50.7±9.3 anos); e 3) idosos (n=10,72.5±4.0 anos). Materiais e Métodos: A capacidade de armazenamento de energia elástica foi estimada a partir de testes de alongamentos passivos dos flexores plantares a diferentes velocidades (i.e. 2, 30, e 60°s¯¹), através do coeficiente de dissipação de energia (CD). O desempenho em tarefas de potência muscular foi quantificado com a medição da altura do SVCM. Análise Estatística: A normalidade dos dados foi verificada com o teste Kolmogorov-Smirnov. A correlação de variáveis foi determinada através do coeficiente de correlação de Pearson (r), e a comparação entre grupos através do teste One-Way ANOVA. Resultados: Observou-se uma correlação linear negativa (r= -0.423, p=0.02) entre o CD e a altura do SVCM. Não foram encontradas diferenças significativas no CD entre os grupos (p=0.137), no entanto foi observado um efeito significativo na altura do SVCM entre os grupos (p≤0.001). Conclusão: Observou-se no presente estudo que, participantes com maior capacidade de armazenar energia elástica durante o alongamento tendem a produzir desempenhos superiores no SVCM. Esta observação reforça a importância desta propriedade mecânica na manifestação do desempenho motor em tarefas de potência muscular.
Trata-se de um estudo qualitativo que analisa a história de uma pessoa adulta (Rosita) com deficiência intelectual, do sexo feminino, institucionalizada num lar de idosos na região portuguesa de Coimbra. O estudo assenta na análise do processo de inclusão institucional dessa cidadã deficiente, com microcefalia associada, de modo a sensibilizar os técnicos para a tomada de decisões, no âmbito gerontológico e educacional, através da implementação de um plano de intervenção, que vise desenvolver competências básicas. Construímos o percurso de vida da Rosita, realizando entrevistas semiestruturadas ao pessoal técnico do lar, ao irmão e a um utente amigo, com análise de conteúdo (categorias), para além de observações (documentais, naturais e participantes), notas de campo e triangulação de dados e metodologias. Propusemos um plano de intervenção e estratégias de inclusão para Rosita, durante seis meses no ano de 2012, de modo a inseri-la ativamente na instituição, para se tornar uma cidadã autónoma, participativa e incluída.
Pretende-se fazer uma abordagem sumária ao processo de envelhecimento global, com particular destaque para EU-27 e Portugal. Neste âmbito, é abordada a problemática da infoexclusão dos cidadãos 50+ e as suas consequências para este grupo de cidadãos que os impedem de exercer linha adequada cidadania e uma consequente inclusão social. Para o efeito, é apresentado o contributo da ISALBI (Universidade Sénior de Castelo Branco) na formação de cidadãos 50+ para a utilização das TIC de forma a que possam adquirir competências digitais. Neste sentido, são apresentados dados estatísticos relativos à formação efetuada relativamente ao número de participantes, aos conteúdos oferecidos, bem como a investigação já realizada. Acresce afirmar que a USALBI tem constituído desde a sua fundação (há 10 anos) uma oportunidade para que os cidadãos 50+ tenham vindo a ter a possibilidade de adquirirem competências digitais associadas às disciplinas de TIC e de Cidadania Digital de forma a reduzir o «gap digital» tão caraterístico dos cidadãos mais idosos.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Introdução O AVC é uma das principais causas de mortalidade e morbilidade em todo o mundo. Em Portugal é a primeira causa de morte e de incapacidade nos idosos. A localização e extensão da lesão determinam o quadro neurológico apresentado pelo indivíduo. Segundo vários estudos e orientações internacionais a prestação de cuidados de fisioterapia em indivíduos com sequelas de AVC em condição crónica tem resultados positivos a nível de equilíbrio, coordenação da marcha e mobilidade, mas esses efeitos não são clinicamente significativos e são temporários. Objetivos Verificar a efectividade dos cuidados de fisioterapia em indivíduos com sequelas de AVC em condição crónica, após dois meses de tratamentos de fisioterapia; comparar os resultados com indivíduos nas mesmas condições sem cuidados de fisioterapia; reavaliar e comparar ambos os grupos no final de quatro meses. Metodologia Estudo não experimental do tipo comparativo e corte longitudinal. A amostra foi constituída por vinte sujeitos, com episódio de AVC anterior, ocorrido entre 12 e 30 meses antes, que se encontrava em lista de espera para receber cuidados de fisioterapia. O estudo teve três momentos de recolha de dados: imediatamente antes do início dos tratamentos (T0), no final dos tratamentos (T1) e dois meses após o fim dos tratamentos (T2), para o grupo que recebeu tratamento. Os sujeitos que não receberam tratamento foram avaliados nos mesmos intervalos de tempo. Utilizou-se o Índice de Barthel para avaliar as actividades da vida diária, e o número de passos e distância percorrida num minuto. Utilizaram-se testes estatísticos não paramétricos nas comparações entre grupos. Resultados. A comparação das variáveis em T0 não revelou diferenças significativas entre grupos. O grupo que recebeu cuidados apresenta ganhos significativos em algumas variáveis em T1, mas sem significado quando comparado com o grupo que não recebeu cuidados. No follow-up aos quatro meses não se encontram diferenças significativas quando se comparam os dois grupos. Conclusões Cuidados de fisioterapia produzem alterações significativas em indivíduos com sequelas de AVC em condição crónica a nível da marcha e AVD´s, mas essas alterações não são significativas quando comparadas com as alterações encontradas em indivíduos nas mesmas condições a quem não foram prestados cuidados de fisioterapia, e os resultados revelaram-se temporários.
Relatório de Prática Clínica apresentado à Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Cuidados Paliativos.
Relatório de Prática Clínica apresentado à Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Cuidados Paliativos.
Trabalho Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Relatório de Prática Clínica apresentado à Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Cuidados Paliativos.
A interação por meio do computador pode constituir uma alternativa para desenvolver a cognição em pessoas idosas. O objetivo do estudo foi avaliar as funções cognitivas das pessoas idosas que participaram de processos de interação em uma rede social na internet. A pesquisa é do tipo clínico randomizado, intervencionista e de caráter descritivo-analítico. A amostra do estudo foi composta por 41 mulheres idosas do Brasil. As idosas foram avaliadas neuropsicologicamente pré e pós intervenção. Para análise dos dados foi utilizado o teste Friedman. O nível de significância utilizado foi p _ 0,05. Os resultados indicaram uma melhora significativa nas funções cognitivas de atenção e memória nos grupos de intervenção e déficits cognitivos no grupo controle nas áreas de percepção, linguagem e praxias. Realizar treinamento cognitivo em redes sociais na internet pode melhorar algumas funções cognitivas de pessoas idosas, contribuindo para um envelhecimento ativo e com qualidade.
Este trabalho analisa as motivações que levam os mais velhos a aprenderem informática, procurando descortinar quais os interesses subjacentes. Dessa forma procura-se compreender a forma como os mais velhos vêm a informática e o uso dos computadores, como a forma de integração na sociedade. Pretende-se ainda investigar quais as modificações ao nível das estruturas relacionais, nomeadamente na forma como o computador auxilia e aproxima as redes sociais do idoso e a forma como a informática poderá facilitar e ajudar, no processo de envelhecimento. A investigação centrou-se sobre a vivência de aprendizagem dos alunos da Universidade Sénior Albicastrense, recorrendo a técnicas de observação e entrevista, os dados recolhidos foram analisados à luz da metodologia Grounded Theory, usando para isso a codificação por conceitos-chave. A primeira conclusão é o facto de se verificar uma nítida divisão de grupos, fruto dos interesses individuais, nomeadamente: • Aqueles que pretendem adquirir e/ou incrementar a sua base de conhecimentos, ao nível das tecnologias da informação e simultaneamente desmistificar o seu uso. • Os que pretendem uma maior integração, junto das diferentes redes sociais, nomeadamente ao nível familiar, verificando-se ainda uma inversão de papéis, em que as gerações mais novas são a base do conhecimento. • Aqueles que pretendem utilizar as tecnologias da informação e comunicação, como forma de aproximação virtual aos diferentes sistemas (família, amigos,…) alargados e dispersos, com recurso à internet • Outra das conclusões a destacar é o facto de a internet ser considerada o principal motivo da aprendizagem, nomeadamente pelo acesso facilitado à informação, a aproximação aos seus e a manutenção das capacidades cognitivas dos mais velhos. • Durante o decorrer do trabalho serão apresentadas uma série de ideias, que possibilitarão a simplificação do processo de integração com a informática.
Este trabalho analisa as motivações que levam os mais velhos a aprenderem informática, procurando descortinar quais os interesses subjacentes. Dessa forma procura-se compreender a forma como os mais velhos vêm a informática e o uso dos computadores, como a forma de integração na sociedade. Pretende-se ainda investigar quais as modificações ao nível das estruturas relacionais, nomeadamente na forma como o computador auxilia e aproxima as redes sociais do idoso e a forma como a informática poderá facilitar e ajudar, no processo de envelhecimento. A investigação centrou-se sobre a vivência de aprendizagem dos alunos da Universidade Sénior Albicastrense, recorrendo a técnicas de observação e entrevista, os dados recolhidos foram analisados à luz da metodologia Grounded Theory, usando para isso a codificação por conceitos-chave. A primeira conclusão é o facto de se verificar uma nítida divisão de grupos, fruto dos interesses individuais, nomeadamente: • Aqueles que pretendem adquirir e/ou incrementar a sua base de conhecimentos, ao nível das tecnologias da informação e simultaneamente desmistificar o seu uso. • Os que pretendem uma maior integração, junto das diferentes redes sociais, nomeadamente ao nível familiar, verificando-se ainda uma inversão de papéis, em que as gerações mais novas são a base do conhecimento. • Aqueles que pretendem utilizar as tecnologias da informação e comunicação, como forma de aproximação virtual aos diferentes sistemas (família, amigos,…) alargados e dispersos, com recurso à internet • Outra das conclusões a destacar é o facto de a internet ser considerada o principal motivo da aprendizagem, nomeadamente pelo acesso facilitado à informação, a aproximação aos seus e a manutenção das capacidades cognitivas dos mais velhos. • Durante o decorrer do trabalho serão apresentadas uma série de ideias, que possibilitarão a simplificação do processo de integração com a informática.
O presente artigo visa abordar uma investigação de doutoramento realizada nas universidades seniores do distrito de Castelo Branco no ano letivo 2013/2014, que teve como principal objetivo identificar os fatores socioculturais que influenciam e condicionam a opção pela aprendizagem das TIC e conhecer os impactos desta aprendizagem no Bem-estar (mental e social) ao longo do processo de envelhecimento. Os dados foram recolhidos em 5 universidades seniores deste distrito através de um inquérito por questionário que envolveu 374 cidadãos (50 + anos) e de entrevistas a 5 Diretores, 5 Professores de TIC e 10 Participantes que já frequentaram uma formação em TIC nas respetivas universidades seniores. Os resultados permitiram verificar que a necessidade de comunicação, o combate ao isolamento são os principais fatores socioculturais que influenciaram a aprendizagem das TIC nestes participantes. O exercício da memória e das aptidões intelectuais, a participação e inclusão na sociedade digital e a diminuição da solidão foram os impactos no «Bem-estar mental» e no «Bem-estar social» mais evidenciados
O projecto Ambiente e Vida : rochas, solo, clima e seres vivos teve como principal objectivo mobilizar e conjugar esforços no sentido de contribuir para uma melhoria da cultura científica, tecnológica e artística, através da realização de actividades de investigação e de experimentação. Assim, dado que a melhoria da cultura científica envolve a promoção de conhecimentos científicos, de capacidades investigativas e de atitudes favoráveis perante a Ciência e o trabalho científico, de forma abrangente e multidisciplinar, foi criado em cada uma das instituições envolvidas – escolas do 1º CEB do Agrupamento de Escolas João Roiz de Castelo Branco; Associação Educar, Reabilitar, Incluir Diferenças (ERID); Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Castelo Branco; Câmara Municipal de Castelo Branco/Museu do Canteiro, em Alcains – o”antinho do Ensino Experimental das Ciências”. Este projecto visou também aprofundar e alargar conhecimentos, capacidades e atitudes que projectos anteriores, no Âmbito do Ciência Viva e de outros projectos nacionais e internacionais, sugerem ser importantes para o desenvolvimento da cultura cientifica desde a mais tenra idade.
Introdução: A osteoartrose é a condição degenerativa mais frequente ao nível da articulação da anca, sendo uma importante causa de incapacidade. A artroplastia total da anca tem-se revelado como o procedimento cirúrgico mais efectivo no alívio da dor e no aumento do estado funcional nos indivíduos com esta condição. A intervenção da fisioterapia permite reduzir o tempo de hospitalização e maximiza a a capacidade dos indivíduos na execução das suas actividades da vida diária. Objectivos: Avaliar os resultados de dois processos de cuidados de fisioterapia em indivíduos sujeitos a artroplastia total da anca através da medição do equilíbrio, distribuição de carga corporal, estado funcional e estado geral de saúde; Identificar possíveis padrões de prática da fisioterapia utilizados no pós-operatório da artroplastia total em Portugal. Amostra: Os participantes no estudo são maioritariamente homens (n=21, 51,2%), com uma média de idades de 69,73 (± 4,83 anos) e um Índice de Massa Corporal de 28,98 (± 3,91). Os indivíduos foram organizados em 2 grupos, com o primeiro (n=29) a realizar tratamento convencional e o segundo (n=12) tratamento convencional, mais hidroterapia. Instrumentos: Utilizou-se o MOS SF-12, para avaliar o estado geral de saúde, o WOMAC para o estado funcional, 10 itens da Berg Balance Scale, para avaliação do equilíbrio e duas balanças digitais para avaliar a distribuição de carga. Os sujeitos foram avaliados no início da intervenção e três meses depois ou no momento da alta quando esta decorreu neste intervalo de tempo. Resultados: Não se encontraram diferenças significativas, nas variáveis estudadas, entre os dois grupos; verificaram-se melhoras significativas entre os dois momentos de avaliação; as modalidades terapêuticas utilizadas na prática da fisioterapia para esta condição, nos vários locais onde se recolheram dados, revelaram um modelo de prática consensual.
Esta comunicação resulta de um estudo efectuado no ano 2000 por uma equipa constituída por técnicos da empresa “Espaço e Desenvolvimento” e do Instituto Politécnico de Castelo Branco e intitulado “Potencialidades de Desenvolvimento de Concelhos da Zona da Serra da Estrela”. Nessa equipa fomos responsáveis pela análise sectorial respeitante ao agro-alimentar. No que respeita ao âmbito geográfico, foram analisados cinco concelhos da zona da Serra da Estrela – Belmonte, Covilhã, Manteigas, Seia e Gouveia – concelhos estes que apresentam um conjunto de especificidades, onde se destaca a sua forte ligação à Serra, que lhes conferem um carácter de continuidade socio-económica o que justificou a sua análise conjunta. Relativamente ao sector agro-alimentar efectuou-se um estudo diagnóstico que permitiu a detecção das potencialidades e fragilidades que este sector apresenta na zona em estudo; posteriormente são dadas pistas no sentido de potenciar o seu desenvolvimento.
O Diagnóstico para a Sustentabilidade do Concelho de Castelo Branco tem dois grandes objectivos: - Apresentar um diagnóstico do Concelho, simples e acessível; - Apontar para as Áreas Estratégicas, em que assentará Castelo Branco Agenda XXI, posteriormente validadas pela comunidade/actores locais. Tem como propósito abranger e integrar num mesmo documento uma descrição actual e representativa dos sistemas ambientais, sociais, económicos e institucionais do concelho de Castelo Branco, resultando na identificação das suas potencialidades e fragilidades. Deste modo, obtém-se a definição das oportunidades e ameaças do concelho, de forma a assentar as grandes opções estratégicas do Desenvolvimento Sustentável, através de um modelo – Castelo Branco Agenda XXI. Assim, o Diagnóstico para a Sustentabilidade permite avaliar a realidade concelhia e efectuar uma análise prospectiva, nomeadamente no que respeita à identificação de problemas e oportunidades, em consonância com o já planeado pela CMCB, no sentido do Desenvolvimento Sustentável e da melhoria da qualidade de vida.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física.
O pensamento médico europeu acerca das epidemias – desde a oposição limpo/sujo, à poluição, à malaria, aos seminariae pestíferos até à microbiologia do séc. XIX – esteve sempre dominado pelas figuras do miasma, do asqueroso, do excremento, do imundo, do corrupto, do contágio. Adoptando genericamente o quadro teórico foucaultiano, investigamos aspectos da epistemologia histórica e da ética da Saúde Pública. Focamos, sucintamente, o Sanatório como paradigma da história recente da gestão pública da tuberculose (TB) em Portugal e (ainda mais esquematicamente), discutimos, em paralelo, os problemas epistémicos, técnicos e éticos suscitados pelos perigos de uma pandemia de gripe. Abordamos o estatuto da disjunção contágio/transmissão, os sistemas de inclusão e de exclusão, as diferenças entre incerteza, risco, perigo, precaução e prevenção. Tematizamos o poder disciplinar, a reificação, a indiferenciação, a biopolítica. Propomo-nos dar um contributo para o debate público em torno de uma Ética da precaução, mostrando que a pragmática da Saúde Pública não deixa de convocar, a vários níveis, as velhas categorias doethos médico, entre elas, a catarse, a crise e o kairos.
Considerando que é importante mobilizar os agentes locais para um caminho que deve ser comum, formataram-se vários momentos de reunião e discussão para, em conjunto, verter para "Castelo Branco Agenda XXI" um Plano de Acção com medidas que unam e co-responsabilizem todas as entidades neste processo de crescimento, sob o padrão inovador que o caráter prático e planeado de uma Agenda Local impõe. As reuniões sectoriais e de proximidade que foram promovidas e o período de consulta do Diagnóstico para a Sustentabilidade do concelho, possibilitaram identificar os caminhos da Sustentabilidade de Castelo Branco, que são apresentados neste relatório.
Apresentamos nossa visão de entendimento da globalização, a qual constitui uma fonte de oportunidades. Nessa abordagem propomos os seguintes objectivos: a ideia comum de globalização, concretizando os ganhos nas actividades locais (regulação e localização); as propostas de Castells sobre o novo papel do Estado (eficácia); a segurança ambiental; a crise da identidade social e pessoal e, ainda, o conserva-dorismo optimista de Porter sobre a cooperação e competição; a realidade das exclusões resultante da sociedade global e a cultura da transformação na sociedade da informação.
O Plano de Desenvolvimento Integrado do Município de Vila Velha de Ródão foi elaborado com o intuito de servir de suporte ao planeamento de acções de intervenção no território, conforme as indicações da Portaria n.º 1037/2009 de 11 de Setembro. Em territórios com as características biofísicas e socioeconómicas como as do Concelho em apreço, as orientações aceites para desenvolvimento e promoção da competitividade, passam por uma actuação conducente ao reforço da capacidade de competição do sector agrícola. Neste contexto, as infra-estruturas disponíveis assumem um papel crucial. Como tal, e com base no diagnóstico efectuado, as acessibilidades emergiram como área crítica a que urge atender no sentido de corrigir a situação. Por isso a proposta de intervenção que apresentamos é essencialmente focada na melhoria das acessibilidades às explorações agrícolas. Com esta infra-estruturação pretende-se potenciar a pequena e média empresarialidade agro-industrial, que constitui um sector preponderante na economia local, promovendo a sua modernização, diversificação e viabilização das actividades produtivas, com vista à melhoria do seu rendimento e prestação ambiental. Em função do diagnóstico formulado pela equipa técnica envolvida no estudo, com base em observação directa, auscultação de interlocutores de referência e análise de dados documentais e estatísticos, o desenho global da intervenção consubstancia-se num conjunto de beneficiações de caminhos que ao verificarem-se em muito potenciarão o desenvolvimento do território, assegurando as condições básicas necessárias à viabilização de investimentos relevantes do ponto de vista económico.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física – Desporto Adaptado.
A vida útil de alimentos perecíveis preservados na atmosfera normal é limitada principalmente pelo efeito do oxigénio atmosférico e o crescimento de microrganismos aeróbios que causam alterações no odor, sabor, cor e textura, levando, consequentemente, à perda de qualidade. A modificação da atmosfera prolonga significativamente a vida útil dos alimentos em comparação com a refrigeração, que pode aumentar de três a quatro vezes. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da embalagem de requeijão em atmosfera modificada. As amostras foram divididas em três lotes com diferentes percentagens de gás e embalados com aproximadamente 0,5 L de requeijão. Lote - T0 (embalagem de controlo, sem atmosfera), segundo lote T1 (30% CO2 + 70% de N2), terceiro lote T2 (50% CO2 + 50% de N2). Estes três lotes foram conservados a uma temperatura de 2°C durante dezoito dias. As condições do requeijão foram avaliadas durante os dezoito dias, nas diferentes atmosferas, por meio de análises físico-químicas, microbiológicas e sensoriais. Embora o tratamento T2 tenha produzido resultados interessantes a nível microbiológico, o investimento da compra de uma termoseladora não é justificado, uma vez que, os outros tratamentos também obtiveram resultados semelhantes.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico.
Dissertação do Mestrado em Engenharia Zootécnica, ministrado em colaboração pela Universidade dos Açores e pela Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
A educação sexual como um conjunto de acções educativas e informativas não deve nunca descurar o conceito e a compreensão dos comportamentos e das atitudes sexuais, pelo que compreender a sexualidade juvenil é antes de mais compreender a cultura e a comunidade onde se desenvolvem esses comportamentos, permitindo conhecer o normal e o desviante, elementos fundamentalmente determinados pelos espaços sociais. A presente investigação teve como objectivos: - Identificar atitudes e comportamentos de adolescentes que frequentam o ensino secundário e analisar a influência de variáveis individuais e familiares. - Analisar como as atitudes sexuais são influenciadas pelas variáveis individuais e familiares, por aspectos da personalidade, da percepção das atitudes parentais e do auto-conceito. A amostra foi constituída por 521 estudantes, 279 do sexo feminino e 242 do sexo masculino, que frequentavam o ensino secundário das escolas da cidade de Castelo Branco. Apresentavam idades compreendidas entre os 15 e os 19 anos, com uma média de idades de 16,37 anos e um desvio padrão de 1,06. Realizou-se um estudo do tipo quantitativo, transversal e descritivo- -analítico. O instrumento utilizado para medir as variáveis incluía além do questionário, quatro inventários, Inventário Psicossexual de Snyder (IP), Inventário de Personalidade de Eysenck (EPI), Inventário de Percepções Juvenil ou Youth Perception Inventory (YPI), Inventário Clínico de Auto-Conceito. A avaliação das características psicométricas dos índices utilizados, revelou adequados índices de fidelidade e validade. A grande maioria dos jovens fala sobre sexualidade com os amigos, considerando- se esclarecidos, não têm namorado(a) e a opção religiosa é católica. XIII A análise da influência das Atitudes Sexuais nas variáveis sócio-demográficas e de contexto familiar, foi efectuada através do cruzamento das variáveis “sexo ocasional” e “sexo com compromisso”. Para a variável sexo existem diferenças estatisticamente significativas entre rapazes e raparigas. Quanto à idade não foram encontradas diferenças. Para a situação de ter namorado/a não se encontram diferenças para as variáveis “sexo ocasional” e “sexo com compromisso”, existe sim para ambas as variáveis e com quem teve relações sexuais, com quem teve a 1ª relação sexual e a utilização de contraceptivo. Quanto ao método anticoncepcional utilizado encontrou-se diferença para a variável “sexo ocasional”, mas não se encontrou para a variável “sexo com compromisso”. Encontrou-se relação entre as variáveis “sexo ocasional” e “sexo com compromisso” em função do tipo de religião. Ao analisarmos as atitudes sexuais e as características da personalidade, concluímos que o “sexo ocasional” surgiu positivamente correlacionado com a Extroversão e negativamente correlacionado com o Neuroticismo, enquanto o “sexo com compromisso” surgiu positivamente correlacionado com a Extroversão. O estudo da correlação entre atitudes sexuais e as relações parentais, revelou uma correlação positiva entre o “sexo ocasional” e Controlo e Hostilidade, da mesma forma o “sexo com compromisso” surgiu positivamente correlacionado com Autonomia, Controlo e Hostilidade. Entre atitudes sexuais e o auto-conceito, evidenciou-se uma correlação significativa entre “sexo ocasional” e F1 (aceitação/rejeição-agrado/desagrado social) e F3 (maturidade psicológica). Por outro lado, o “sexo com compromisso” apareceu correlacionado com F1 (aceitação/rejeição-agrado/desagrado social) e com F4 (impulsividade-actividade). Os resultados encontrados devem servir de ponto de partida para novas investigações, tendo por base o envolvimento dos profissionais de saúde em projectos educativos de orientação sexual, através de parcerias com escolas e comunidade.
Problema de investigação: Inexistência do registo dos componentes de saúde, de forma a identificar ganhos em saúde na população portadora de doenças crónicas. Questão orientadora: Classificação Internacional de funcionalidade e Saúde (CIF) no Sistema de Saúde para identificar ganhos em saúde na população portadora de doenças crónicas. Objectivo geral: Definir orientações estratégicas para o desenho da estratégia de implementação da CIF. Objectivos específicos do estudo: 1.º Identificar barreiras à implementação desta Classificação no Sistema de Saúde; 2.º Identificar critérios relevantes para o planeamento de uma acção educacional que facilite a implementação da CIF e 3.º Identificar as oportunidades e ameaças, pontos fortes e os pontos fracos da implementação da CIF. Tipo de estudo: Qualitativo com metodologia descritiva transversal, recorrendo a grupo focal, questionário e painel de Delphi. Amostra: Profissionais de saúde, com experiência profissional em doenças crónicas e conhecimento das classificações da Organização Mundial de Saúde. Conclusões: As barreiras ao processo de implementação são: ausência de um modelo educacional; incompatibilidade com os sistemas de registo existentes e desconhecimento do modelo de aplicação da CIF. A acção educacional para a implementação da CIF contempla formação presencial e em exercício para grupos multiprofissionais, com o objectivo de facilitar o processo de mudança e aumento da qualidade dos serviços prestados, recorrendo ao trabalho de equipa e às Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). As orientações estratégicas identificadas para a implementação da CIF no Sistema de Saúde centram-se no desenvolvimento de modelos de operacionalização da CIF para o Serviço Nacional de Saúde. ABSTRACT Research problem: No existence of health components registration in order to identify gains in health in the population with chronic diseases. Guiding question: International Classification of Functionality and Health (ICF) in the National Health System to identify gains in health in people with physical or chronic diseases. General objective: Define the strategic guidelines for the design of the strategy for ICF´s implementation. Study specific objectives: 1st – Identify barriers when implementing this classification in the National Health System; 2nd – Identify relevant criteria when planning an educational action to facilitate ICF´s implementation; 3rd – Identify opportunities, threats, strengths and weaknesses of ICF´s implementation. Type of study: Qualitative methodology with descriptive transverse, using focus group, questionnaire and Delphi panel. Sample: Health professionals with experience in and knowledge of chronic diseases classifications of the World Health Organization. Conclusions: The barriers to the implementation process are: absence of an educational model, incompatibility with the existing registration systems and lack of a model for implementing the ICF. The educational action for ICF´s implementation comprises presential training for multidisciplinary groups to help with the process of change and increase the quality of services provided, resorting to teamwork and Information and Communication Technologies. The strategic guidelines identified for ICF´s implementation in the Health System are focused on ICF`s development for the operationalization of the National Health Service.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco, para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Intervenção Social Escolar – Especialização em Crianças e Jovens em Risco.
Dissertação apresentada na Escola Superior de Educação de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco, com vista à obtenção do grau de Mestre em Actividade Física, na Especialidade de Motricidade Infantil
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico.
Tese de Doutoramento em Psicologia, na especialidade de Psicologia Pedagógica, apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, sob a orientação científica do Professore Doutor Manuel Viegas Abreu. No final da Tese de Doutoramento foram incluídos os anexos (p. 440-554).