Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for motora and 210 records were found.

Dissertação de Mestrado em Educação Especial apresentada à Faculdade de Motricidade Humana da Universidade Técnica de Lisboa
Dissertação de Mestrado em Ensino da Actividade Física-Educação de Infância do Ensino Básico apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra
Dissertação de Mestrado em Treino Desportivo para Crianças e Jovens apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Fisica da Universidade de Coimbra
Formação de professores
Dissertação apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física - Motricidade Infantil.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física.
As crianças com Perturbação do Espetro do Autismo (PEA) podem aprender a utilizar o seu corpo do mesmo modo que uma criança sem qualquer problema, apenas têm mais dificuldades em processar a informação e necessitam que os professores repitam comportamentos e estruturas. A dificuldade de socialização pode provocar um atraso no desenvolvimento psicomotor. Por sua vez, as atividades físicas são promotoras de uma boa saúde e bem-estar da criança com PEA e a sua motricidade pode vir a desenvolver-se de modo a conseguir uma envolvência com o corpo (consigo próprio) e com o espaço (meio envolvente). Objetivo: o presente trabalho centra-se na observação dos efeitos da atividade física adaptada nos fatores psicomotores Práxia Global e Práxia Fina de uma criança com espectro do autismo, a frequentar o jardim de Infância. Métodos: aplicou-se a bateria psicomotora (BPM) de Vítor da Fonseca, traçou-se o perfil psicomotor da criança e seguidamente extraíram-se os resultados relativos a estes dois fatores, por serem os mais fracos, e, concebeu-se e aplicou-se um plano de atividades físicas adaptadas. No final do programa voltou-se a aplicar a bateria psicomotora. Resultados: da análise á primeira aplicação da BPM os fatores com pior perfil foram os das Práxias, tanto Global (1,3 - Fraco) como Fina (1 - Fraco), em que os resultados revelam uma realização imperfeita, incompleta e descoordenada em quase todos os subfactores. O plano de atividades físicas adaptadas foi elaborado tendo em vista sobretudo estes fatores (não descurando os outros) com vista a melhorar o desempenho da criança fazendo-a evoluir nas suas competências psicomotoras ao nível das Práxias. O plano foi aplicado durante 7 meses, com 3 sessões por semana de 40 minutos. Por fim, voltou-se a aplicar a BPM, cujos resultados apresentam melhorias evidentes nos diferentes subfactores da Práxia Global obtendo assim um valor considerado bom, com realização controlada e adequada (3,2 - bom). Apesar da Práxia Fina continuar a apresentar melhorias pouco evidentes (1,4 - Fraco), um dos subfactores –Tamborilar – evoluiu bastante, mas mesmo assim é o fator psicomotor com mais dificuldades de realização para a criança. Conclusão: constatamos que o plano de atividades físicas adaptadas produziu efeito positivo no perfil das Práxias desta criança, uma vez que o seu perfil evoluiu mostrando em alguns subfactores um excelente índice de disponibilidade motora.
As actividades expressivo-motoras desde sempre foram consideradas entre as mais educativas, tornando-se um instrumento didáctico na escola e na vida Social. A dança, como actividade expressivo-motora que é, é construída em conjunção com a música, as suas imagens e a sua emotividade. A escuta musical participada e a participação interpretativa e criativa na escuta musical, além de fazerem coordenar, lateralizar, organizar a nível espácio-temporal, levando à interiorização sem forçar os mesmos conceitos psico-motores de base, favorecem a socialização através de aplicação de regras que levam a uma gratificação quer individual, quer colectiva que se associa ao êxito alcançado. Assim a educação motora, sonora e musical e a educação visual correlacionaram-se entre si, efectuando ligações com a história, a geografia, a literatura, as línguas estrangeiras e teatro, levando a um ensino menos abstracto, portanto mais vivo, mais envolvente e mais focalizado. As danças populares são, de uma maneira geral, harmoniosas, alegres, bem ritmadas, comunicativas e expressivas, são ricas em posições e passos e são dançadas em conjunto. As danças populares são um grande contributo para o desenvolvimento global e integral da criança/jovem, devendo ser ensinadas nas nossas escolas.
Dissertação apresentada ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física – Motricidade Infantil.
Esta pesquisa tem como objectivo fundamental o estudo da variabilidade intra-individual dos comportamentos de ensino do professor de Educação Física, encarados de uma perspectiva multidimensional relacionada com a gestão do tempo de aula, com as situações de ensino, com os comportamentos e com a promoção da actividade motora, em função da leccionação das modalidades desportivas ginástica, atletismo, voleibol e basquetebol.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física – Desporto Adaptado.
No âmbito do Desenvolvimento Motor, o objectivo da presente pesquisa é analisar o desenvolvimento do Auto Conceito, estando organizado em três partes distintas. Na primeira parte procede-se a uma delimitação conceptual do termo Auto Conceito e à caracterização de modelos de interpretação estrutural do Auto Conceito. Na segunda parte procede-se a uma caracterização do Auto Conceito Físico e da Imagem Corporal. Na terceira parte procede-se à descrição e caracterização das linhas de investigação realizadas sobre o Auto Conceito / Imagem Corporal e, em jeito de conclusão, apresenta-se um resumo das investigações realizadas. Procurou-se focalizar a análise das seguintes linhas: evolução ontogenética; diferenciação segundo o sexo; relação entre o Auto Conceito/Imagem Corporal e variáveis do envolvimento – práticas educativas familiares; estatuto sócio-económico-cultural da família, ordem de nascimento; espaço habitacional; interacção com outros; actividade física (este último ponto, dada a sua extensão será motivo de artigo a publicar no próximo número). Finalmente e em jeito de conclusão, apresenta-se um resumo das investigações realizadas.
Este projecto procura enquadrar-se em preocupações recentes quanto à valorização de contextos de estimulação não formais na área da actividade lúdica e motora. O desenvolvimento do projecto orienta-se em fases distintas. A primeira corresponde à identificação das características do comportamento motor das crianças de acordo com os seus quadros de vida. Para o efeito temos em curso uma investigação sobre o actual “status quo” das realidades adaptativas da motricidade das crianças em função das condições de vida e dos constrangimentos físicos, sociais e culturais da sociedade actual. Na sua operacionalização procedemos a um levantamento dos modos de interpretação do “mundo” da vida infantil pelas próprias crianças com base em métodos qualitativos como: - Planos diários de ocupação temporal, - Mapas subjectivos e objectivos da habitação e do bairro, - Entrevistas narrativas, - Entrevistas semi-estruturadas, - Entrevistas de propriedade, - Documentação fotográfica e registos vídeo. Na sequência convidamo-los a assistirem a um destes registos realizado em Castelo Branco.
Educaçäo física
Desenvolvimento motor
Capacidade psicomotora
Motricidade
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco, com vista à obtenção do grau de Mestre em Educação Física na Especialidade de Gerontomotricidade.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Enfermagem Veterinária. Só estão disponíveis as páginas iniciais, incluindo o Resumo e o Índice geral.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Enfermagem Veterinária. Só estão disponíveis as páginas iniciais do trabalho incluindo o Resumo e os Índices.
Desenvolvimento motor
Desenvolvimento motor
O interesse dos investigadores sobre os níveis de aptidão física da população infanto-juvenil assenta, por um lado, na preocupação de melhor entender a sua relação com a saúde e bem-estar e, por outro, compreender a sua ligação com a performance desportiva-motora. Com o presente estudo pretendemos conhecer os níveis de aptidão física das crianças que frequentam o 1.º Ciclo do Ensino Básico na vila da Sertã, tendo em conta a variável género, e verificar o efeito da Atividade Físico-Desportiva Orientada inserida no Programa de Atividades de Enriquecimento Curricular (AECs) sobre a Aptidão Física dessas mesmas crianças. A amostra compreendeu 70 crianças (38 meninas e 32 rapazes). O instrumento usado no estudo para recolha dos resultados foi a bateria de testes Fitnessgram (2003). A comparação de médias em variáveis quantitativas medidas numa escala racional, foi realizada através da análise de variância de medidas repetidas. A comparação de proporções em variáveis qualitativas medidas numa escala nominal, foi realizada através do teste qui-quadrado e teste de McNemar. Os resultados demonstraram que os níveis de aptidão física das crianças são considerados satisfatórios pois na maioria das provas foram classificadas como aptas ou super-aptas. Os resultados demonstraram ainda que os meninos obtiveram, em cada um dos momentos de avaliação, melhores médias que as meninas à exceção das provas senta e alcança “direita” e “esquerda”. Em todas as provas houve uma melhoria significativa nos resultados quer dos meninos quer das meninas nos dois momentos de avaliação, à exceção das provas “senta e alcança” direita e esquerda, onde houve um decréscimo significativo entre os dois momentos. Os resultados demonstram, que o trabalho desenvolvido durante as atividades de enriquecimento curricular contribuíram favoravelmente para a melhoria obtida na maioria das provas de aptidão física entre o primeiro e o segundo momento de avaliação.
Dissertação apresentada ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física.
Desenvolvimento das crianças
Dissertação
Dissertação
Dissertação
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Trabalho de Projeto apresentado a Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários a obtenção de grau de Mestre em Educação Especial - Domínio Cognitivo Motor.
As Actividades Rítmicas como actividades expressivo-motoras que são, desde sempre, foram consideradas entre as mais educativas tornando-se num instrumento didáctico na escola e na vida social. As Actividades Rítmicas como actividades expressivo-motoras são construídas em conjunção com a música, gestos e emotividade. A escuta musical e a participação interpretativa e criativa na escuta musical, além de fazerem coordenar, lateralizar, organizar a nível espácio-temporal, levando à interiorização sem forçar os conceitos psico-motores de base, favorecem a socialização através de aplicação de regras que levam a uma gratificação quer individual, quer colectiva que se associa ao êxito alcançado. As Actividades Rítmicas são, assim, um grande contributo para o desenvolvimento global e integral da criança, implicando forçosamente uma linguagem gestual/movimento dentro de um ritmo musical, exploração de vários materiais, exploração de espaço em contextos diferentes, desenvolvimento da criatividade, desenvolvimento da sociabilização, isto é, fazendo apelo às diferentes capacidades da criança, arrastando consigo prazer, satisfação e bem estar.
Atualmente, tem-se verificado uma grande preocupação por parte dos profissionais do desporto em desenvolver e implementar estratégias e técnicas de aperfeiçoamento motor, com o objetivo de otimizar os gestos técnicos desportivos e consequentemente a performance do atleta. Desta forma, o Imagery pode servir como uma metodologia complementar para a melhoria do processo ensino-aprendizagem de habilidades e destrezas motoras, assim como o seu nível de performance. Apesar de se registarem vários estudos sobre o Imagery, poucos são os que abordam a temática que pretendemos investigar relativamente à comparação de géneros e dentro da modalidade proposta.
Dissertação de Mestrado apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física na Especialidade de Gerontomotricidade.
Trabalho de Projecto Final apresentado na Escola Superior de Educação de Castelo Branco para obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Música, área de especialização de Guitarra.
Dissertação de Mestrado em Desenvolvimento de Software e Sistemas Interativos apresentada à Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Música, área de especialização de Guitarra.
Dissertação de Mestrado em Desenvolvimento de Software e Sistemas Interativos apresentada à Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco, com vista à obtenção do grau de Mestre em Actividade Física, na Especialidade de Motricidade Infantil.
Trabalho e Projecto final apresentado na Escola Superior de Educação de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Actividade Física na Especialidade de Motricidade Infantil.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física – Especialidade Motricidade Infantil.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física – Especialidade Motricidade Infantil.
Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
Estudo de caso de metodologia qualitativa, realizado em 2014 numa criança com Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção (ADHD) e Deficiência Mental (DM), sendo-lhe aplicado o Programa Cognitivo Comportamental - Villar e Llorente, para comparar os resultados com os de uma criança dita “normal” do ensino básico. Analisámos os dossiers individuais e outra documentação necessária à caraterização e descrição dos sujeitos e do seu contexto escolar. Objetivos orientadores: conhecer os serviços de apoio para os alunos com essas necessidades especiais; aprofundar a temática da DM e propor estratégias de intervenção para os professores. Utilizamos as técnicas da observação participante, Escala de Conners, entrevistas semiestruturadas a professores e pais, notas de campo e a triangulação. Verificamos resultados positivos com o programa, que corroboram outros estudos idênticos. Propusemos estratégias de orientação aos professores do ensino regular e apoio aos pais, de modo a melhorar aprendizagem e comportamento desses alunos
Dissertação apresentada na Escola Superior de Educação de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco, com vista à obtenção do grau de Mestre em Actividade Física, na Especialidade de Motricidade Infantil
A procura do sucesso pedagógico tem levado ao desenvolvimento e à adopção de metodologias, estratégias, modelos, experiências ou programas de formação de professores que possam contribuir para melhorar as habilidades de ensino e a competência para ensinar. Pretendíamos saber se a aplicação de distintas formas, métodos ou modelos de preparação de professores para a prática docente, tinha tradução, mais tarde, durante a prática pedagógica ou estágio, em diferenças significativas na sua acção. Para o tentar saber, decidimos preparar os participantes através de quatro processos, perfeitamente tipificados, relacionados com o que é prática comum em algumas das instituições de formação, como o ensino com pares, o microensino com colegas, o microensino com alunos reais, e uma preparação clássica sem a utilização de qualquer um destes modelos, e mais tarde, durante a sua prática pedagógica, efectuar a análise do processo de ensino que nos permitisse encontrar as respostas pretendidas. A observação das cento e quarenta e quatro aulas que os quarenta e oito professores de Educação Física, em situação de prática pedagógica do estágio para professores do segundo ciclo do ensino Básico, leccionaram a mil cento e dezassete alunos, permitiram-nos ficar com uma imagem, sob diferentes perspectivas, desses aspectos do comportamento de professores e alunos. A interrogação dos professores e dos alunos possibilitaram um conhecimento de alguns dos aspectos que não se vêm mas que interferem e condicionam o processo de ensino aprendizagem. O estudo colocou em evidência as diferenças na acção dos professores preparados pelos distintos procedimentos, permitindo-nos concluir que a formação de professores de Educação Física através dos modelos de preparação para a prática docente utilizados, em termos globais, não se traduz numa conduta comportamental diferente, mas em termos particulares, ficou evidente que essas diferenças eram significativas para alguns aspectos em análise.
The study was initiated because one of the authors had a child in the family with Duchenne muscular dystrophy (DMD). The author was concerned about what could be done to improve the quality of life of this child. The hypotheses explored whether hydrotherapy could bring any relief or advantage in functional mobility to an individual with DMD and whether a water environment facilitates mobility, pleasure, and joy for a young child with Duchenne muscular dystrophy. Our sample had three individuals, all of them boys, 9-11 years of age. Two were the control group and didn’t practice any kind of physical activity and the other one was our two-year longitudinal case study during which he experienced hydrotherapy practice two times a week for forty-five minutes each. We applied the Egen Klassifikation (EK) scale to quantify the degree of movement limitation present at each of five measurement points over the two years. The variables analyzed were the physical activity issues and the EK scale values. The descriptive results showed that all three individuals increased their EK scale values over time, showing the inevitable progression of the disease. The individual who participated in the water activity sessions had the slower increase that we inferred, meant less deterioration in functional movement. No inferences can be drawn from these limited data, especially because only one individual experienced the water activities. This study does provide the impetus for subsequent, larger controlled studies to see if they could replicate these initial case study results.
Este relatório retrata a prática de ensino que foi desenvolvida durante o estágio realizado no âmbito da unidade curricular de Prática de Ensino Supervisionada, assim como o trabalho de investigação desenvolvido no âmbito da unidade curricular de Projeto do Ensino Artístico, relatório este dividido em duas partes. A primeira pare, referente à Prática de Ensino Supervisionada, onde é feita a caracterização da escola e dos alunos, apresentando planificações e relatórios de aula, apresentando também uma reflexão critica do trabalho realizado ao longo da referida prática. Apesar de ter uma boa base ser uma peça de extrema importância para o sucesso, no entanto esta é frequentemente efetuada de uma forma leviana o que leva, na maior parte das vezes, a pouca preparação por parte do aluno para a prática do instrumento. Com o intuito de tentar colmatar essa falha, na segunda parte, é apresentada a investigação com o título “A Importância do estudo base e a disciplina no estudo, como suporte para o sucesso e o bom trabalho.”, na qual foi dada acesso ao aluno, durante o terceiro período, a um conjunto de exercícios, que o preparam para prática instrumental, usando uma base em lopping o que faz que seja disciplinado na sua realização.
Apesar de ser cada vez maior a acessibilidade às TIC e de haver cada vez mais um maior número de dispositivos digitais a sua utilização tem estado confinada, principalmente, aos mais jovens e aos cidadãos que apresentam níveis superiores de literacia. Quer isto dizer, que na presente sociedade da informação, há uma «fractura digital» que engloba ainda um número significativo de cidadãos: mulheres, desempregados, cidadãos com baixos índices de literacia e os idosos. Estamos conscientes que o mundo se encontra num processo de envelhecimento e, como consequência, esta faixa de cidadãos será cada vez mais numerosa tornam os idosos como um grupo prioritário no sentido de se promoverem acções que permitam a sua info-inclusão. A presente comunicação tem como objectivo alertar para a necessidade de se tomarem iniciativas que visem a formação dos idosos em TIC para que esta sociedade da informação seja, realmente, info-inclusiva.
Este Poster pretende divulgar algumas experiências realizadas no âmbito de várias acções de Formação Contínua para Educadores de Infância, realizadas ao longo de seis anos (1996/2002), em torno da temática “A Avaliação na Educação Pré-Escolar”. As acções promovidas em torno desta temática pretenderam dar resposta a necessidades de formação identificadas por Educadores de Infância. De facto, durante muitos anos os curricula da Formação Inicial de Educadores de Infância apresentavam um déficit de formação, na área do Desenvolvimento Curricular e Avaliação, situação que contribuía para o empobrecimento das suas práticas profissionais.
O papel da música na aprendizagem tem sido um dos principais interesses em recentes investigações e existe um elevado grau de vantagens, por estas enunciadas, no que refere ao desenvolvimento das crianças, tanto a nível cognitivo como a nível do desenvolvimento pessoal, social e académico. Estudos neurológicos direcionam os efeitos da música para a sua dimensão espacial. A importância da agilidade que a música proporciona, ao nosso cérebro e ao nosso corpo, guia-nos para o seu sentido abstrato, pondo em perspetiva diferentes orientações: visual, auditiva e sinestésica. Sobre o estudo da música a pessoas Deficientes Auditivas, e dada a escassez de estudos sobre a relação da música e a Deficiência Auditiva em Portugal, propusemos então um estudo em que se relacione o papel da orientação que o professor de música tem de ter, e que permita uma perspetiva de sucesso e de autoestima no aluno Deficiente Auditivo, aferindo o papel do Envolvimento entre A (o Aluno Deficiente Auditivo) com B (o Professor) através de C (a Viola Dedilhada). Constatámos através da adaptação da Escala de Envolvimento da Criança (Laevers, 1994), que existiu envolvimento por parte do aluno Deficiente Auditivo, e que esse envolvimento, de acordo com a escala, se traduziu, maioritariamente aos momentos de observação, em nível 4 - “Atividade contínua com momentos intensos”; ocorrendo, só em dois momentos, se traduzir: um, em nível 5 – “Atividade intensa mantida”; e outro, em nível 3 – “Atividade mais ou menos contínua”. Verificámos também que, em vista da melhoria das metodologias de atuação docente, a inovação, em contraposição à maneira tradicional como se ensina música, se tornou numa ferramenta eficaz na gerência e no aperfeiçoamento do processo de aprendizagem do aluno Deficiente Auditivo.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico.
O projecto de trabalho que apresentamos tenta dar resposta a alguns dos principais objectivos do Plano Nacional de Leitura, centrando-se na intervenção em contextos não formais com crianças com necessidades educativas especiais. Tendo como base a investigação das últimas décadas sobre o desenvolvimento da literacia junto desta população e, muito particularmente, a metodologia para a aprendizagem da leitura em crianças com Sindroma de Down de Troncoso e del Cerro (2004), uma equipa interdisciplinar de professores da ESECB dinamizou, durante três anos, um Clube/ Ateliê de Leitura com crianças e adolescentes com défice cognitivo. Nesta comunicação pretendemos dar conta da organização das sessões, dos critérios subjacentes à escolha das estratégias e dos materiais utilizados, mas também à selecção dos livros que fomos explorando ao longo deste projecto. Os registos efectuados, bem como a sua posterior análise, permitiram aferir as aprendizagens e as dificuldades de cada criança envolvida. A riqueza das interacções construídas no decurso dos três anos permitiu operacionalizar o carácter interdisciplinar do projecto, experimentar e ampliar metodologias de trabalho e conceber materiais adequados aos nossos objectivos.
Dissertação de Mestrado apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física.
Projeto do Ensino Artístico implementado no Conservatório Choral Phydellius. Aprenta dados sobre a dislexia e o ensino do piano recolhidos através da revisão e análise de da literatura e análise de relatórios de aula. Consiste na aplicação de um sistema de notação musical adaptada.
O projecto Ambiente e Vida : rochas, solo, clima e seres vivos teve como principal objectivo mobilizar e conjugar esforços no sentido de contribuir para uma melhoria da cultura científica, tecnológica e artística, através da realização de actividades de investigação e de experimentação. Assim, dado que a melhoria da cultura científica envolve a promoção de conhecimentos científicos, de capacidades investigativas e de atitudes favoráveis perante a Ciência e o trabalho científico, de forma abrangente e multidisciplinar, foi criado em cada uma das instituições envolvidas – escolas do 1º CEB do Agrupamento de Escolas João Roiz de Castelo Branco; Associação Educar, Reabilitar, Incluir Diferenças (ERID); Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Castelo Branco; Câmara Municipal de Castelo Branco/Museu do Canteiro, em Alcains – o”antinho do Ensino Experimental das Ciências”. Este projecto visou também aprofundar e alargar conhecimentos, capacidades e atitudes que projectos anteriores, no Âmbito do Ciência Viva e de outros projectos nacionais e internacionais, sugerem ser importantes para o desenvolvimento da cultura cientifica desde a mais tenra idade.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física.
Trabalho de Projecto apresentado na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.