Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for práticas and 1,939 records were found.

Dissertação apresentada à Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco para obtenção do grau de Mestre em Ensino de Música
Dissertação apresentada à Escola Superior de artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco para obtenção do grau de Mestre em Ensino da Música - Instrumento e Classe de Conjunto
Dissertação apresentada à Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco para obtenção do grau de Mestre em Ensino da Música - Instrumento e Classe de Conjunto.
Trabalho apresentado para conclusäo do curso de Estudos Superiores Especializados em Inspecçäo Escolar
Dissertação para a obtenção do grau de Mestre em Supervisão. Área de especialização: Língua estrangeira/inglês, apresentada à Universidade de Aveiro.
Relatório de Estágio apresentado ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Apresenta-se o percurso desenvolvido na primeira fase do projecto Ciência Viva nº 287 intitulado “Ciência, Tecnologia e Sociedade: Experimentar e Agir para a Compreensão”, cuja concretização assume uma atitude de articulação entre investigação, formação de professores e inovação. Pretende-se explorar algumas das fronteiras entre a escola e a investigação em Educação em Ciências, tendo como meta a promoção de práticas inovadoras no ensino experimental das Ciências, focando o desenvolvimento de competências para a compreensão da trilogia Ciência-Tecnologia- Sociedade [CTS]. Num trabalho colaborativo entre a equipa e os professores do 1º Ciclo do Ensino Básico [1º CEB], encara-se a prática e as escolas como contextos de reflexão usando a formação como um processo para se consolidarem parcerias entre instituições de investigação e escolas do ensino básico. Neste contexto, organizou-se um conjunto de workshops para os professores envolvidos no sentido de estes ganharem confiança para se optimizar a implementação das actividades propostas e a utilização dos recursos/materiais preparados. Tais sessões permitiram também à equipa conhecer, de modo particular, dificuldades que emergem dos novos desafios com que os professores se deparam, no âmbito da Educação em Ciências. Reconhecendo os contextos educativos como contextos dinâmicos, importa, assim, analisar estas dificuldades numa abordagem sistémica e complexa para melhor interpretar esses desafios e elaborar futuras propostas de apoio aos professores. Tais propostas poderão inserir-se em projectos de investigação fundamentados, tendo em atenção princípios que constituem o paradigma da complexidade, tais como a totalidade, recursividade, imprevisibilidade.
Na sociedade atual os hábitos de desporto e lazer viram-se cada vez mais para a utilização do meio natural para a sua prática, como é o caso da Orientação. O impacte da orientação no ambiente tem duas facetas, por um lado a degradação da sua qualidade, através dos resíduos que são deixados inadvertidamente nas áreas onde se realizam as provas, por outro lado na destruição de vegetação e perturbação de espécies de animais. Ambas as categorias de impactes podem ser minimizadas desde que se cumpram um conjunto de regras de boas práticas ambientais. O estudo em causa teve como objectivos a avaliação do impacte do Grande Prémio de Orientação de Terras do Bouro sobre a flora e vegetação da serra de Santa Isabel, e da sua capacidade de regeneração subsequente ao evento. Este evento realizou-se nos dias 11 e 12 de Novembro de 2006, e consistiu numa prova da Taça de Portugal de Orientação Pedestre. A primeira etapa correspondeu a uma prova de distância média e a segunda etapa a uma prova de distância longa. Com este trabalho pretende-se contribuir para um melhor conhecimento dos impactes originados pela realização de provas de orientação sobre a vegetação, de forma a fornecer informação que possibilite uma melhor gestão ambiental deste tipo de eventos desportivos.
Na sociedade atual os hábitos de desporto e lazer viram-se cada vez mais para a utilização do meio natural para a sua prática, como é o caso da Orientação. O impacte da orientação no ambiente tem duas facetas, por um lado a degradação da sua qualidade, através dos resíduos que são deixados inadvertidamente nas áreas onde se realizam as provas, por outro lado na destruição de vegetação e perturbação de espécies de animais. Ambas as categorias de impactes podem ser minimizadas desde que se cumpram um conjunto de regras de boas práticas ambientais. O estudo em causa teve como objectivos a avaliação do impacte do Grande Prémio de Orientação de Terras do Bouro sobre a flora e vegetação da serra de Santa Isabel, e da sua capacidade de regeneração subsequente ao evento. Este evento realizou-se nos dias 11 e 12 de Novembro de 2006, e consistiu numa prova da Taça de Portugal de Orientação Pedestre. A primeira etapa correspondeu a uma prova de distância média e a segunda etapa a uma prova de distância longa. Com este trabalho pretende-se contribuir para um melhor conhecimento dos impactes originados pela realização de provas de orientação sobre a vegetação, de forma a fornecer informação que possibilite uma melhor gestão ambiental deste tipo de eventos desportivos.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Licenciado em Engenharia Biológica e Alimentar.O texto integral do documento foi cedido pela autora do trabalho para colocação no Repositório de Trabalhos de Fim de Curso.
Dissertação de Mestrado em Desenvolvimento de Software e Sistemas Interactivos apresentada à Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Dissertação de Mestrado em Desenvolvimento de Software e Sistemas Interactivos apresentada à Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Dissertação compreendida nas provas do concurso de provas públicas para professor coordenador na área científica de ensino da sociologia da educação
Provas Públicas apresentadas à Escola Superior de Educação para concurso de acesso à categoria de Professor Coordenador na área científica de Ensino da Sociologia da Educação
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de mestre em educação pré–escolar e ensino do 1º ciclo do ensino básico.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de mestre em educação pré–escolar e ensino do 1º ciclo do ensino básico.
A etnografia, no âmbito do conceito de tradição, revela um conjunto de bens culturais, como os costumes, crenças e valores, práticas culturais, comportamentos, memórias que são transmitidas de geração em geração no seio de uma comunidade, preservando-os. Nos dias de hoje, são notórias determinadas manisfestações, no que respeita ao Design de Moda e Têxtil, na criação de vestuário e acessórios, permitindo uma maior visibilidade de uma forma contemporânea e modernizada. Devido a uma decadência, assim como a perda de determinados aspectos relativos à tradição de determinadas zonas, surge a necessidade da sua recuperação, através da criação de produtos que evidenciam e valorizam características culturais, com o fim de atrair e cativar o público, aumentando o interesse e a procura de produtos com estas particularidades. A instituição “Os teares do Estreito”, apoiada pela Junta de Freguesia do Estreito Vilar Barroco, concelho de Oleiros, consciente da declinação da prática da tecelagem na zona e da preocupação com falhas identificadas a nível da procura de produtos com características culturais e tradicionais, propôs gerar soluções para tais problemas que teimam em pressistir. Perante a deteção das necessidades, delineou-se um projeto que visa a criação de um produto ou coleção, no âmbito do Design de Moda e Têxtil, recuperando e valorizando a utilização de técnicas em teares de forma contemporânea, da zona do Estreito, concelho de Oleiros. Na sequência da elaboração de um diagrama projetual, reuniram-se as diversas fases da investigação para dar uma resposta qualitativa, e formularam-se questões de partida: 1. De que modo o Design Têxtil pode evidenciar e valorizar os costumes e tradições, neste caso, na zona do Estreito, concelho de Oleiros? 2. Qual o contributo e benefício do Design Têxtil para a instituição “Os teares do Estreito”, na conceção e produção de um produto ou coleção? 3. De que forma é possível a integração de conceitos, métodos, costumes e tradições, da zona do Estreito, num produto moda? De um modo experimental, surge a necessidade de recorrer a uma metodologia de investigação mista - não intervencionista e intervencionista, procurando dar resposta às diversas questões e apresentação de um argumento. Na investigação não intervencionista, procurou-se provar as questões de partida, mediante a aplicação de diversas técnicas, tais como a pesquisa documental e entrevistas. A investigação intervencionista resume-se a uma componente projetual, aliada à conceção criativa no âmbito do Design de Moda e Têxtil e Marketing de produto
Dissertação apresentada à Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Cuidados Paliativos do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Dissertação apresentada à Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Cuidados Paliativos do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Engenharia das Ciências Agrárias – Ramo Agrícola.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso em Engenharia Biológica e Alimentar apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto Superior de Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa para obtenção do Grau de Mestre em Economia Agrária e Sociologia Rural.
Dissertação de Mestrado apresentada à Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.
A animação sociocultural (ASC) significa o processo contínuo e global de ação e intervenção numa comunidade territorial, pretendendo promover compromissos de consciencialização e participação ativa nos indivíduos (cidadania, civismo), contribuindo para a sua formação pessoal e social. A comunidade converte-se em protagonista dinâmica do próprio desenvolvimento dos individuos contribuindo para a sua satisfação e qualidade de vida. Numa perspetiva ampla a ASC enquadra áreas de atividades e realidades diversas, que integram formas variadas de: ocupação dos tempos livres e de ócio; ações de alfabetização (funcional, digital); recreação, ludicidade e de expressões; atividades físico-desportivas; recuperação do património natural, cultural e artistico; consciencialização ecológico-ambiental; recuperação de práticas de arte popular; atividades gastronómicas, etc. O autor, numa análise hemistica à ASC, estrutura o artigo em quatro pontos: aproximação conceptual à problemática da ASC; os âmbitos e componentes da intervenção sociocultural; modelos de animador e a ASC no território de desenvolvimento de atividades. Por último, propõe-se um projeto de intervenção sociocultural num centro de tempos livros (associativismo).
Evidenciando a relevância do papel da inter-relação entre a escola e espaços de educação não formais, associada a experiências criativas e inovadoras de aprendizagem, apresenta-se um estudo desenvolvido com alunos de 4º ano do 1º Ciclo do Ensino Básico, tomando como problemática de investigação compreender em que medida a realização de atividades práticas no Jardim do Paço de Castelo Branco estimula a aprendizagem das ciências/matemática e se repercute nas aprendizagens de âmbito curricular. Nessa perspetiva, construímos e validámos recursos didáticos cujo objetivo é promover aprendizagens em ciências/matemática, realizadas num ambiente de educação não formal, complementando os espaços formais com aspetos decorrentes da relação com o meio social e cultural. Apresenta-se e analisa-se uma das atividades propostas numa visita de estudo ao Jardim do Paço desenvolvida com base na observação e medição das sombras dos alunos. Em termos de envolvimento afetivo e de atitudes, os resultados foram muito positivos e relevantes, tendo, igualmente, ocorrido aprendizagens significativas e contextualizadas, ao nível de conhecimentos e de capacidades.
Trabalho de Projecto Final Apresentado na Escola Superior de Educação de Castelo Branco para obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.
O presente artigo tem como objetivo apresentar os resultados de uma investigação com uma criança com Necessidades Educativas Especiais. Depois da caraterização da criança e dos contextos, partimos para uma intervenção estruturada, numa dinâmica de planificação, ação, avaliação e reflexão, geradora de práticas educativas diferenciadas e impulsionadoras do uso das tecnologias de informação e comunicação, através da utilização do software GeoGebra, como facilitador na aprendizagem da matemática, na qualidade de software educativo. Pretendemos aumentar a eficiência na realização de tarefas, diminuir as limitações e desenvolver ao máximo as capacidades da criança. Os resultados alcançados indicam-nos que a criança ao longo das sessões conseguiu ultrapassar com mais facilidade algumas das suas limitações, pelo que o software GeoGebra se revelou promotora de sucesso nas aulas de matemática
Tese de Doutoramento apresentada à Universidade de Aveiro para obtenção do grau de Doutor no ramo de Didáctica na especialidade de Didáctica das Ciências
No âmbito do Desenvolvimento Motor, o objectivo da presente pesquisa é analisar o desenvolvimento do Auto Conceito, estando organizado em três partes distintas. Na primeira parte procede-se a uma delimitação conceptual do termo Auto Conceito e à caracterização de modelos de interpretação estrutural do Auto Conceito. Na segunda parte procede-se a uma caracterização do Auto Conceito Físico e da Imagem Corporal. Na terceira parte procede-se à descrição e caracterização das linhas de investigação realizadas sobre o Auto Conceito / Imagem Corporal e, em jeito de conclusão, apresenta-se um resumo das investigações realizadas. Procurou-se focalizar a análise das seguintes linhas: evolução ontogenética; diferenciação segundo o sexo; relação entre o Auto Conceito/Imagem Corporal e variáveis do envolvimento – práticas educativas familiares; estatuto sócio-económico-cultural da família, ordem de nascimento; espaço habitacional; interacção com outros; actividade física (este último ponto, dada a sua extensão será motivo de artigo a publicar no próximo número). Finalmente e em jeito de conclusão, apresenta-se um resumo das investigações realizadas.
O estudo, de âmbito teórico e no contexto português, aponta para a importância das relações entre a escola, a comunidade e a autarquia (parcerias e partenariado), como vetor do desenvolvimento e da inovação. Para isso, deve-se partir da construção real de práticas de cooperação entre as comunidades locais e as instituições sociais e educativas, numa partilha de iniciativas e de projetos comuns com a escola (projeto educativo). A constituição de comunidades territoriais de educação é uma forma de desenvolver os valores e manter as tradições, o património ambiental, cultural e artístico, a promoção dos recursos e das sinergias, com o objetivo de um desenvolvimento em rede, de uma cidadania europeia e para o intercâmbio de proximidade. O autor estruturou o estudo em quatro pontos. No primeiro aborda as parcerias entre a escola e a comunidade local, destacando o signifi cado de parceria e o papel do partenariado na realidade educativa portuguesa. No segundo ponto explica-se a relação interativa entre parceria, participação e poder local. No terceiro ponto analisam se as lógicas e as dinâmicas de parceria “educação – escola” e, no último ponto a parceria “escola – autarquia”, de modo a promover a participação dos atores educativos, da escola e da comunidade.
A resolução de problemas inerentes à criança, ou seja, ao ser humano no seu período de desenvolvimento, tem vindo a tornar-se cada vez mais presente e necessário na sociedade. Assim sendo a Pediatria, que estende a sua intervenção desde o período pré-natal até à adolescência, traz-nos uma infinidade de áreas de atuação, em relação às quais a Fisioterapia se integra com um papel de grande importância, nomeadamente nas alterações do crescimento e desenvolvimento da criança. O papel do Fisioterapeuta na área da Pediatria exige um amplo conhecimento que permite abranger crianças desde as suas necessidades mais básicas, até às mais específicas. Os seus objetivos assentam em desenvolver, com qualidade e eficiência, as potencialidades da criança de modo a que esta adquira ou readquira, o máximo da sua função e independência integrada na família e na comunidade. É evidente a necessidade, cada vez maior, da aquisição e consolidação de novos conhecimentos técnico-científicos nesta área, por parte dos profissionais de saúde que têm nela um papel ativo. É neste contexto que surge o IV Seminário de Fisioterapia da Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias, designado “Intervenção em Contexto Pediátrico. A Realidade e o Futuro”, que teve como perspetiva a divulgação, partilha e reflexão acerca das práticas atuais e inovadoras nesta área, com tão vasto campo interventivo, assim como as perspetivas e necessidades para o futuro.
Comunicação apresentada no 4.º Congresso Florestal Nacional que decorreu em Évora em 2001.
Trabalho de projecto final apresentado na Escola Superior de Educação de Castelo Branco para a obtenção do Grau de Mestre em Educação Especial - Domínio Cognitivo e Motor
O envolvimento do comportamento alimentar nos idosos permite compreender as relações socio-afetivas, com a promoção da saúde, o nível de satisfação e qualidade de vida, reconhecendo que há diversos fatores (biológicos, sociais e psicológicos) relacionados com as práticas alimentares. A investigação qualitativa realizada com 40 idosos (idades entre 65 anos e 95 anos), frequentadores de centros de dia do concelho de Castelo Branco (E1, E2, L1, L2) teve como objetivo: compreender o significado da componente socio-afetiva da alimentação no quotidiano naqueles idosos; identificar os aspetos situacionais envolventes ao seu comportamento alimentar. Aplicamos entrevista semiestruturada (14 questões) em aberto, além dos itens de identificação utilizando no seu tratamento (análise de conteúdo) o discurso do sujeito coletivo, sendo as respostas agrupadas por questões, destacando as “evidências narrativas” do conteúdo discursivo, devidamente agrupados em “nexos com a ideia central correspondente” para formar o discurso do coletivo. Concluímos que os idosos não mostraram muita relação “pregressa” com a alimentação, tendo a maioria sentindo saudades dos momentos alimentares com a família ou conjugues. As narrações convergem para o “agora” com os amigos dos centros de dia, proporcionando a alimentação vínculos socio-afetivos, amizades, convívio, etc. – “comer em companhia”.
O presente artigo expõe o projeto de índole curricular em desenvolvimento e tem como finalidade demonstrar que o vestuário profissional (fardamento) representa um canal de difusão da imagem de uma instituição e pode ser promotor da sua identidade visual. Cada vez mais e nas diversificadas situações, o fardamento tem problemas que um designer de vestuário e têxtil pode solucionar. Conhecedores de algumas necessidades ao nível do fardamento, os responsáveis do Departamento de Comunicação e Marketing do Centro Hospitalar Cova da Beira (C.H.C.B.), comunicaram o seu interesse na possibilidade de reavaliação do caráter visual do vestuário profissional ao nível de front office, solicitando a apresentação de soluções práticas para a inexistência de vestuário profissional uniformizado. Desta forma, delineou-se como objetivo geral para o projeto, a Criação de uma proposta de fardamento e acessórios para os profissionais das unidades de atendimento (front office) do C.H.C.B. com base numa nova Identidade Visual Corporativa, garantindo o conforto no desempenho das várias atividades e funções. É certo que a imagem de uma instituição perante a perceção do público, nasce de uma quantidade de elementos que refletem os seus valores, a sua atividade e o seu profissionalismo. Hoje em dia, essa identidade não aparece só nos estacionários mas também, e cada vez mais frequente, no fardamento que os colaboradores vestem e exibem.
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Intervenção Social Escolar – Área de especialização em Crianças e jovens em risco.
O presente documento constitui o Relatório Ambiental da proposta de Revisão do Plano Diretor Municipal (PDM) de Oleiros e foi elaborado de acordo com o disposto no Decreto-Lei n.º 316/2007, de 19 de Setembro e no Decreto-Lei n.º 232/2007, de 15 de Junho. Segundo a alínea a) do n.º 1 do art. 3.ª do D.L. n.º 232/2007 de 15 de Junho, que transpôs para a ordem jurídica interna as Directivas n.os 2001/42/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27 de Junho, e 2003/35/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 26 de Maio, estão sujeitos a avaliação ambiental “os planos e programas para os sectores da agricultura, floresta, pescas, energia, indústria, transportes, gestão de resíduos, gestão das águas, telecomunicações, turismo, ordenamento urbano e rural ou utilização dos solos...”, onde se incluem os Planos Municipais de Ordenamento do Território (PMOT) e respetivas revisões. É neste âmbito que se realiza a presente Avaliação Ambiental Estratégica. Para a sua elaboração foram seguidas as orientações do “Guia de Boas Práticas para a Avaliação Ambiental Estratégica – Orientações Metodológicas” da Agência Portuguesa do Ambiente (2007). De acordo com o referido Guia, no Relatório Ambiental serão identificadas as potencialidades do PMOT que possam contribuir para uma melhoria das condições ambientais e de sustentabilidade e pela identificação e prevenção de ações que possam causar impactes negativos.
O objectivo deste estudo é investigar as competências pessoais que são necessárias para a criação de novas empresas e para o desempenho da função empresarial. Tendo em conta a revisão bibliográfica, foi desenvolvido um modelo sobre as características pessoais dos empresários, fundamentado na teoria sobre as competências individuais e na teoria sobre o entrepreneurship. O modelo de investigação inclui os seguintes elementos: antecedentes pessoais, conhecimentos empresariais, motivações empreendedoras, auto-eficácia empreendedora e envolvente institucional, sendo desenvolvidas hipóteses de investigação relacionadas com estes elementos. O estudo é composto por uma amostra de 481 alunos do ensino superior, que frequentam cursos relacionados com a área tecnológica e a área empresarial, sendo os dados recolhidos através de um questionário de administração directa. Os resultados obtidos indicam que, o sexo, os antecedentes familiares empreendedores e os factores designados por conceptual, necessidade de desenvolvimento pessoal e a auto-eficácia empreendedora estão relacionados de forma positiva com a formação da intenção empreendedora. Convém acrescentar que os resultados obtidos permitem também verificar, quando comparada a intenção empreendedora dos alunos a curto prazo e a médio prazo, a não existência de diferenças significativas nas variáveis. No capítulo sobre as conclusões deste estudo são apresentadas as implicações teóricas e práticas, assim como as limitações e sugestões para futuras investigações.
Este estudo insere-se na história social da criança portuguesa errante e em conflito social. Utilizaremos uma metodologia hermenêutica de análise e histórico-descritivo, no âmbito da representação social da infância que se construíram e reconstruiram no contexto da história da educação social. Temos como objetivos: compreender as perceções feitas, pelas fontes e documentos, à volta da infância errante e em conflito social (séc. XIX-XX); conhecer a perceção e práticas da infância abandonada e errante através dos modelos do sistema jurídico; compreender o contexto histórico social da perceção dos adultos e da sociedade em relação a essa infância.
Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Engenharia das Ciências Agrárias – Ramo Animal.